História Mais quente - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon, Dra. Caitlin Snow, Iris West
Tags Snowbarry
Exibições 159
Palavras 766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Fantasia, Ficção Científica, Hentai, Romance e Novela, Super Power
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eu pretendia posta esse capítulo amanhã. Mais como eu adoro vocês eu postei hoje. Espero que gostem...

Capítulo 17 - Sangue.


Fanfic / Fanfiction Mais quente - Capítulo 17 - Sangue.

Estou no córtex andando de um lado para o outro com um Cisco muito nervoso tentando mim acalma.

_Barry será que da para você senta logo? Essa sua andaria pelo córtex já está mim deixando maluco cara.- exclamou o Cisco colocando a mão na cabeça. Sem outra opção resolvi senta- mais a imagem daquele cara botando a mão na Catlin e ela gemendo no ouvido dele está mim deixando louco de fúria. Eu tive que sair e deixá-la sozinha..porque se eu visse a cara do sujeito era perigoso eu voa em cima dele.

_Cara. Da pra parar de bate esse pé?.- o Cisco falou chamando a minha atenção novamente. Nem tinha notado quando eu tinha começado a bater o pé novamente.

_Foi mal car..-eu ia mim desculpe quando ouvir um barulho estranho.

_Ouviu isso Barry?.- perguntou o Cisco um pouco alarmado. Eu só confirmei com a cabeça e juntos nos seguimos o som do Barulho.

_Você acha que é um meta Bar?.- perguntou o Cisco sussurrando.

_Não sei..mais acho melhor estamos alerta.- falei da mesma forma que ele para não sermos ouvidos. Andamos mais um pouco até chegar na área do estacionamento. Chegando la não acreditei no que os meus olhos viram.

_CATLIN.- ouvi o Cisco grita correndo até a Catlin. Mais eu já estava com a cabeça dela no meu colo. Meu coração se encheu de tantos sentimentos diferentes que não consegui suporta e ja estava chorando que nem um bebezinho. Era. "Culpa" Fúria" e Medo..principalmente medo de perde minha Cait.

_Cait..oque aconteceu com você meu amor?.- perguntei enquanto soluçava muito com as lágrimas. Eu embalava ela calmamente nos meus braços. Enquanto pedia desculpas sem parar. Eu estava pouco consciente de um Cisco desesperada ligando para uma ambulância do meu lado. Minha Cait. Com a roupa toda rasgada. A cara surrada e com tanto sangue espalhado por sua pele alva. Os seus seios de fora..tão feridos e vermelhos. Marcas de vermelhidão espalhadas por todo o seu corpo. ESTRUPO com certeza. A minha parte ainda alerta, a parte da fúria. Logo chegou a essa conclusão tão asquerosa. Ao longe ouvi sirenes chegando.

_Vai fica tudo bem Cait..não se preocupe.- falava o Cisco enquanto passava a mão no cabelo da melhor amiga agora todo ensanguentado do seu precioso sangue que ninguém JAMAIS deveria ter a audácia de tira uma só gota. Os paramédicos logo chegaram e começaram o trabalho de colocá-la na maca enquanto o Cisco que ainda chorava tentava ajuda. E eu? Estava tão pouco consciente do mundo lá fora. Olhava para as minhas mãos manchada do sangue da minha melhor amiga, da minha médica..e principalmente minha amada. Comecei a bater na minha cabeça incansavelmente. Sim eu merecia senti dor..muita dor. Como a minha Cait sentiu.

_Barry para ta? A Cait precisa de você agora. Eu preciso de você agora tbm.- falou o Cisco engasgado com as lágrimas assim como eu enquanto segurava as minhas mãos. Apenas assenti com a cabeça. Ele está certo...terei tempo para mim punir depois. A Catlin precisa de mim nesse momento.

_Vamos.- assim subimos na ambulância e fomos para o Hospital.

EM ALGUM LUGAR EM CENTRAL CITY.

_Então você teve a audácia de encosta na minha Rainha...hum..interessante.- falava o Homem escondido pelas sombras.

_B-bem quem mandou ela ser tão gostosa?.- respondeu o Homem que se encontrava acorrentado no ar pelos punhos que ja sangrava. O Homem cercado pelas sombras apenas deu uma risada sinistra que fez o outro homem se encolher de medo agora.

_Owm..não se encolha de medo agora. Você ainda tem muito pelo que paga.- Falou o Homem das sombras antes de enfia um dardo bem no olho do homem acorrentado que agora gemia de dor.

_N-não P-por favor.- choramingava o homem acorrentado.

_Como foi mesmo que você disse? Ahh "agora eu vou até o fim".- foi a última coisa que o homem das sombras disse antes de gira uma faca no estômago do homem acorrentado que agora engasgava com o próprio sangue.

HOSPITAL GERAL DE CENTRAL CITY.

eu estava cansada sozinha e com medo.em uma floresta escura que mim encara incansavelmente.

_B-barry por favor..S-socorro.- pedia enquanto lágrimas rolava pelo meu rosto que ainda doía pela surra que eu levei.então eu ouvi a risadinha fria dela.

_Barry? O flashzinho imprestável que nem foi capaz de te salva das mãos imundas daquele verme?.- perguntou ela com um sorriso debochado no rosto acompanhado de um olhar frio e cortante.

_N-não tinha como ele saber.- o defendi. Minhas lágrimas não parava de cair lembrando do episódio horrendo que aconteceu comigo.

_Aceite que você precisa de mim Cait.- falou agora com um sorriso convencido no rosto.

_NUNCA NEVASCA.- rosnei para ela e logo em seguida acordei em uma cama de hospital.


Continua...


Notas Finais


Eu amo os comentários de vocês gente, de verdade. Entendam que eu ainda postarei um capítulo detalhado sobre o Salvamento da nossa querida Cait...mais ainda não era o momento. Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...