História Mais um clichê, por que não? (versão Naruhina) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Kiba Inuzuka, Kushina Uzumaki, Menma Uzumaki, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Kibaino, Naruhina, Nejiten
Visualizações 220
Palavras 2.295
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Musica: Get over me - Nick Carter feat. Avril Lavigne

O livro falado "Sábado a Noite" é o meu livro favorito dá minha escritora favorita Babi Dewet.
Ela que me inspirou a começar a escrever e devo muito a ela por isso.
Aconselho que leiam os livros dela, vocês vão adorar❤.

Capítulo 20 - Get over me.


Fanfic / Fanfiction Mais um clichê, por que não? (versão Naruhina) - Capítulo 20 - Get over me.

Hinata


De todos os dias para eu perder a hora e pro meu querido motorista ter uma virose é logo no dia que a diretora pede para todos os participantes chegarem mais cedo que o normal.

Ótimo Hinata, bela forma de demonstrar profissionalismo.

O que me fez vir correndo para a escola, apenas me dando tempo para colocar uma saia e uma blusa.

E agora vocês perguntam "e o seu inseparável tênis Hinata?" EU COLOQUEI ELE NO MEIO DO CAMINHO.

Antes a minha preocupação era conseguir chegar a tempo para o informativo dá diretora mas agora estou com receio de conseguir entrar na sala de aula.

Passei desesperada pelas portas de entrada e fui correndo para a minha sala, rezando umas cinco Avé Marias, três Pai Nosso e dez Bultaoreune.

Cheguei em frete a sala.

Seja o que G-Dragon quiser.

Quando estava prestes a bater na porta, sinto alguém me cutucar.

- Você acabou de chegar senhorita? Tem justificativa? - Perguntou o professor "Severo", me olhando seriamente de braços cruzados, aparentemente também ter acabado de chegar.

- Eu? acabando de chegar? - Perguntei, me fazendo de desentendida, forçando o meu melhor sorriso.- Claro que não.

- Então porque está fora dá sala? E ainda por cima com a sua mochila? - Perguntou ele, me analisando, percebendo que eu estava vermelha e respirando rapido.

Merda, maldito sedentarismo.

- Hã, é que eu... - Eu já estava olhando para todos os cantos, esperando surgir uma luz em minha mente, até que ela veio. - Eu estava...Menstruada! Isso! Eu fui no banheiro para me trocar. - Disse com (provavelmente) o meu sorriso mais falso.

- Hum, claro. - Disse o professor ainda desconfiado. - Então entre, tenho que começar a minha aula. 

Abri a porta e fui correndo para a minha carteira.

ISSO, VALEU RESTOS DE MUCOSE UTERINA.

- Acabou a folga, abram seus caderno, irei começar a ditar. - Disse o professor colocando sua maleta na mesa.



Finalmente, bateu a maravilhosa campa do almoço, sai de casa sem tomar café, estava esperando a hora dá minha barriga começar a discutir com o professor pra ver quem me incomodava mais.

Fui para a fila, e quase dei um grito por ter o meu prato favorito, miojo com brócolis, o mundo voltou a ficar ao meu favor.

Peguei meu querido prato favorito, e fui a procura de uma mesa, quando vejo Tenten, Neji e Kiba, sentados numa mesa, me chamando a atenção, balançando os braços que nem lulas.

Fui até a mesa e me sentei.

- Olá people. - Disse nem os olhando direito, estava prestando mais atenção no meu almoço, colocando uma grande quantidade de comida em minha boca.

- Oi, tava presa baixinha? Nunca te vi com tanta fome. - Disse Tenten, me olhando curiosa, mas ainda com um sorriso divertido no rosto.

- E tinha logo que comer logo miojo com brócolis? Eca.- Disse Neji, olhando com nojo para a minha comida. - Miojo vai, mas brócolis?

- Brócolis são legais, são nutritivos, não engordam e ainda fazem me sentir como se estivesse comendo várias árvores em miniatura. - Disse Kiba, pegando um dos meus brócolis e colocando na boca.

- Quando você ler "Sábado a Noite" vai entender o meu amor por miojo com brócolis. - Disse, respondendo Neji, colocando outra garfada de miojo em minha boca.- Ah, a diretora falou quando vai começar as classificações? Tive certos "problemas" e não consegui chegar a tempo para o informativo.- Perguntei, de boca cheia.

- Relaxa, ela disse que começaram nesse sábado, dizendo ela que só teríamos uma semana, para ver se funcionamos sobre pressão, mas tenho certeza de que é porque ela quer se livrar logo da gente - Disse Neji, entediado.

Assenti.

Estava começando a sentir falta de algo, na verdedade, de alguém especificamente.

- Mas, onde está o Naruto? - Perguntei, curiosa.

- Demorou exatamente quanto tempo Kiba? - Perguntou Neji, com uma expressão divertida.

- Exatamente, três minutos e nove segundos. - Respondeu Kiba, olhando para o seu relógio.

- Droga. - Falou Tenten, passando uma barrinha de chocolate para Neji, que estava com um sorriso triunfante.

- Apostamos de quanto tempo demoraria para você perguntar sobre o Naruto, a Tenten postou que ia ser mais de quatro minutos, e eu menos. - Disse Neji, dando uma mordida em sua barrinha.

- Nem pra você controlar esse seu coração Hinata. - Disse Tenten, emburrada.- Respondendo sua pergunta, ele foi falar com os amigos dele, sobre um trabalho ou algo assim, eles estão naquela mesa alí. - Disse a mesma, apontando para uma mesa um pouco longe dá nossa.

Me virei,  procurando a cabeleira loira de Naruto, quando o vejo discutindo sobre algo com os seus colegas, aparentemente bem concentrado, quando de repente nossos olhares se cruzam e ele abre um dos seus lindos sorrisos pra mim.

Estava pronta para retribuir o lindo sorriso de Naruto, quando uma criatura chamada Sakura senta em seu colo, dando um beijo em sua bochecha, me fazendo murcha o meu sorriso no mesmo instante.

Virei de volta, de frente para Tenten e Neji que me olhavam preocupados.

- Garota, abusada. - Murmurei com raiva, colocando outra garfada em minha boca.- Quem ela pensa que é pra chegar assim?

- A Ex dele? E em horas de seca, ficante? - Respondeu Neji, batendo em si mesmo logo depois de falar.

- Valeu mesmo, gênio. - Disse Tenten, sarcástica.

- Como é? Ficante? Ex?- Perguntei, inflando as minhas bochechas.

- É que bem... não que eles ainda sejam, são, quer dizer. - Dizia Neji, tentando se explicar, se enrolando.

- Começou, agora termina! - Disse  o olhando com raiva.

Neji e Tenten, se entreolharam e suspiraram pesadamente e Tenten começou a falar.

- Eles namoraram uma época mas a Sakura quis terminar com ele, sempre que ela quer se pegar com ele de novo, ela consegue, Naruto nunca foi bom em dizer não. - Explicou Tenten.

- Hinata, você entortou o garfo. - Disse Kiba, apontando para o garfo em minha mão, agora torto.

- Foi mal. - Disse seca, me levantando.

- Hinata, aonde você vai? - Me perguntou Tenten, preocupada.

- Só vou dar uma volta. - Disse, quase rosnando, andando para a saída pisando duro.

Eu era o que pra ele então? Um passa tempo? Uma nova "experiência"? Ele queria testar algo novo? Como ele não me contou isso, nos éramos namo...

Não, não éramos namorados, éramos apenas amigos que se pegavam? Ele tem o total direito de ficar com quem quiser, mas mas... ARRRRG.

Continuei andando um tempo pelo corredor para esfriar a minha cabeça, quando começo a escutar uma música enquanto estava passando pelo auditório.


Eu estraguei tudo, te levei para casa 


A minha sorte é tanta, você é uma louca 


Agora estou trancando a minha porta 


Você estava com as minhas cartas, roubou meu celular 


E como foi que você mudou a minha senha? 


Eu não aguento mais isso (não aguento mais)



Eu conhecia essa música perfeitamente, eu que a compus mas, não sozinha.

Entrei rapidamente no auditório indo em direção ao palco e vi alguém que me fez abrir um dos meus maiores sorrisos.


Da primeira vez, foi incrível 

Duas vezes, você já estava agindo como louca 

Três vezes 

Você disse que era meu filho, meu filho



Uma banda estava tocando e como vocalista não podia ser ninguém menos que Sasuke.

Sasuke foi o  melhor professor de baixo que já tive, tínhamos quase a mesma idade, então adorávamos conversa, ele era praticamente meu melhor amigo, ele vivia falando sobre  histórias malucas que vivenciou com suas ex's namoradas, o que nos rendeu uma ótima música e lindas risadas, fiquei arassada quando meus pais o demitiram por ele estar sendo uma "influência alternativa".


Fui até a frente do palco, acenando para Sasuke, sorrindo, que me devolveu com um sorriso maior ainda.

Você me liga todas as noites 

Falando sobre você e eu 

Estou desligando, este é o meu último adeus 

Então como eu posso deixar claro 

Que não existe um 'você e eu'? 

O que eu posso fazer para te tirar da minha vida? Me esqueça

Agora, eu tenho uma garota no nível máximo de carência 

Tentando colocar um anel no meu dedo Só me quer porque sou um cantor

 Me esqueça


Ele continuou cantando animado com sua banda, fez gestos me chamando para subir no palco, fui para a lateral do palco, subi um pequeno lance de escada, passei pela coxia e finalmente entrei no palco, feliz como nunca, ele repetiu o refrão mais uma vez, fazendo gestos dando ao entender  para a banda, que eu iria cantar a próxima parte.

Peguei um dos microfones disponíveis no palco.

Coitados, não devem estar entendendo nada mas pareciam estar se divertindo com a situação.


Você invadiu minha casa, roubou minhas chaves 

Fez uma cópia só para poder me observar 

Mesmo quando estou dormindo (Seu esquisito) 

Mas não é aí que a história acaba Você me persegue, tipo, todo fim de semana 

E está assustando meus amigos (assustando meus amigos)



Estava cantando de frente para Sasuke, sorrindo, pulando, não estava contendo a animação de estar com ele novamente.

Da primeira vez, foi incrível 

Duas vezes, você já estava agindo como louca 

Três vezes, você quer ter um filho meu, um filho meu


Repetimos o refrão mais duas vezes, dessa vez juntos.

Aos poucos o auditório ficou com um número significativo de pessoas( dá maior parte feminina) sinto que elas adoraram o Sasuke.


Por que você não entende a mensagem? 

Supere e simplesmente esqueça Algumas coisas não foram feitas para dar certo Oh woah 

Por que você não entende a mensagem? 

Supere e simplesmente esqueça Algumas coisas não foram feitas para dar certo 

Me esqueça

 Me esqueça 

Algumas coisas não foram feitas para dar certo


E terminamos a música com o nosso típico pulo rockstar.

Logo depois de acabarmos de cantar, abracei Sasuke pelo pescoço ficando na ponta do pé.

Sasuke era nove centímetros mais alto que eu, ainda continuava com os seu lindos cabelos negros bagunçados (quais eu sempre tive inveja) e com as suas típicas camisas listradas.

- Senti sua falta praguinha. - Disse sorrindo.

- Também senti a sua, carrapatinha. - Disse Sasuke, me abraçando pela cintura me levantando no ar me fazendo rir.

Logo depois ele me colocou no chão ainda rindo junto comigo, olhei de relance para a platéia e pude ver Naruto, com uma expressão nada agradável.


Naruto


Fui para o refeitório junto com Tenten, Neji e Kiba, mas não pude passar muito tempo com os mesmo, por ter que conversar com os meus amigos de sala sobre um dos projetos que o professor de música rítmica passou pra gente. 

Começamos a discutir sobre como faríamos o trabalho, incluindo o estilo de música e dança que escolheriamos.

Estávamos aparentemente de acordo com tudo, estava apenas discutindo os últimos detalhes quando desvio o meu olhar e cruzo com dois lindos olhos perolados que eu conhecia muito bem.

Hinata estava olhando pra mim, ela estava linda, era inevitável não pensar nisso toda vez que a via.

Foi automático eu abrir um largo sorriso ao vê-la, ia me levantar para ir falar com a mesma, quando sinto alguém sentando em meu colo.

- Oi lindão. - Disse Sakura, me dando um beijo na bochecha, me resultando em uma bela careta.

Olhei de volta para Hinata, mas a mesma já estava de costas.

Droga.

- Sakura, já conversamos sobre isso. - Disse entediado tirando Sakura de meu colo.

- Mais eu não concordei com aquela conversa. - Disse a mesma, passando as unhas pelo meu peitoral.

Olhei de novo para mesa procurando Hinata, mas quando vejo, ela já estava saindo do refeitório, pisando duro.

- Mas eu sim. - Disse grosso e curto retirando sua mão de meu peito.- Se não se importa, tenho coisa melhor pra fazer do que ter que conversar com você. - Disse levantando, não dando tempo dela revidar, deixando-a lá, só tive tempo de de ouvir a vaia dos meus colegas pela minha resposta dada a ela.

Fui atrás de Hinata, queria explicar as coisas a ela.

Fui olhando em sala em sala e nada de acha-la, quando ouço sua voz vindo do auditório, acompanhada por outra...masculina?

Entrei no auditório, e a mesma estava cantando, sorrindo, com um baixista qualquer de camisa listrada.

Chego mais perto do palco aonde tinha certo público feminino, que sinceramente, não ajudaram em nada.

- Eles não formam um lindo casal? - Disse uma das meninas que estavam na minha frente.

- Ele é tão bonito, e ainda é um fofo. - Disse outra.

- Já shippo. - Disse mais outra.

Fechei meus punhos de tanta raiva que eu estava, lindo casal? Eu e ela somos um lindo casal, ele e ela não são nada bonitos juntos!

Porque ela tinha que estar lá?!

No final ela ainda o abraça e ele a levanta no ar.

Que merda!

Agora todo baixista que aparece ela tem uma queda?

Ela desceu do palco, com um sorriso largo no rosto.

Fui ao seu encontro.

- Hinata. - Disse chamando sua atenção.- Precisamos conversar.

- Agora não dá Naruto. - Naruto? Cadê o Naru? - Tenho muita coisas pra falar com o meu velho amigo, porque não volta lá com a sua bailarinazinha? Estavam bem felizes a última vez que eu os vi. - Disse Hinata, de modo irônico.

- Era sobre isso q...- Fui interrompido.

- Naruto, não precisa mentir, eu vi, você parecia super feliz com a sua "amiguinha". - Disse Hinata, revirando os olhos.

- Digo o mesmo sobre você e o seu "amigo"? - Disse entre aspas.- O que é? Vai se apaixonar por todo baixista que aparecer?- Disse, encarando Hinata.

Não podia ser flauta? Tamborim ? Tinha que ser logo baixo?!

Geralmente sou bem calmo, não fico de cabeça quente por nada, mas aquilo não era nada, ver outro homem tocando Hinata e a fazendo sorrir como eu a faço, não era nada.

- Como é? Não sou eu que não consigo dizer não a um rostinho bonito. - Disse Hinata, me olhando desafiadora.

- Você ouviu, vai pegar agora todo baixista que aparecer? - Perguntei, tão irritado quanto ela.

- E se eu quiser? - Disse Hinata de braços cruzados empinando o nariz.

- Então isso não te torna tão diferente dá Sakura. - Disse antes de dar as costas e sair do auditório.


Notas Finais


Acharam mesmo q eu não ia fazer uma treta por falta de comunicação? Jsjsksjsks
Já aviso q adoro fazer uma treta
Ksjsjsj
Comentem! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...