História Mais um clichê, por que não? (versão Naruhina) - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Kiba Inuzuka, Kushina Uzumaki, Menma Uzumaki, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Kibaino, Naruhina, Nejiten
Visualizações 154
Palavras 1.020
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Música: Clarity - Foxes feat Zedd.

Capítulo 34 - Clarity.


Fanfic / Fanfiction Mais um clichê, por que não? (versão Naruhina) - Capítulo 34 - Clarity.

Tenten


Ao acordar fui a procura de comida.

Caminhei até a cozinha, e encontrei Neji, sem camisa, preparando ovos mexidos.

- Bom dia algodão doce - Disse Neji sorrindo de lado.

Aquela visão era maravilhosa.

Espera, DESDE QUANDO O NEJI TINHA COVINHA NAS COSTAS?

Mordi os lábios inconscientemente.

Peguei uma xícara de café e fiquei encostada na porta, o observando preparar o café dá manhã.

- E onde está o pessoal? - Perguntei bebericando o café.

- Kiba caiu dá cama, e está tomando banho, Naruto vê Hinata...- Sorriu de canto ao falar o nome dos dois - Veja na rede você mesma. - Disse o mesmo com um sorriso sacana.

Não estava entendendo muito bem.

Fui até aonde estava a rede de Hinata, e vejo os dois abraçados dormindo, serenos.

Era uma cena tão adorável, mas eles tinham que comer.

- ACORDEM POMBINHOS - Gritei acordando os dois.

E logo em seguida senti uma coceira em minha garganta e comecei a tossir sem parar.

- Quando imaginei a Tenten me acordando, não foi bem assim - Disse Hina levantando, coçando os olhos.

- Digo o mesmo - Disse Naruto, bocejando.

Ia rir com a graça dos dois, mas comecei a espirrar.

Espirrei umas cinco vezes.

- Tenten, você está bem? - Perguntou Hinata, inutilmente tentando arrumar os cabelos.

- Estou ótima - Menti.

Ninguém merece um resfriado nas férias.

- CAFÉ DA MANHÃ - Gritou Neji, chamando a todos.

Sentamos todos, e começamos a comer.

Eu não estava com um pingo de fome, não conseguia sentir o gosto de nada.

- Não está bom Tenten? - Perguntou Neji, preocupado.

- Não, imagina, é que eu não estou com muita fome - Menti novamente.

Comecei com a seção de espirros novamente.

- Tem um fazenda aqui perto - Disse Kiba mexendo no celular - Vamos lá - Disse o mesmo sorrindo.

- Claro, adoro ir a fazenda - Disse Hinata.

- E você já foi a alguma?- Perguntou Neji, irônico.

- Não, mas se tivesse ido a alguma, iria adorar - Disse Hinata se levantando indo pegar sua bolsa.

Quando estavam quase todos prontos para sair, me pronuncio.

- Eu não vou - Disse, fungando.- Tô muito gripada.

- Você não quer que a gente fiquei aqui com você? - Perguntou Hina, preocupada.

- Imagina baixinha, sou forte, é só eu tirar um cochilo e já melhoro - Disse, tentando não preocupa-la.

A mesma ainda meio desconfiada, concordou indo com todos.

Neji me olhou antes de ir juntos com eles.

Logo depois deles saírem, fui deitar na cama.

Estava exausta, e com bastante frio.

Tentava dormir, mas não conseguia.

Ouço barulho dá porta batendo, e de alguém subindo as escadas.

E vejo Neji, entrando no quarto com uma sacola de remédios.

- O que você está fazendo aqui?- Perguntei, confusa.

- Vim cuidar de uma teimosa, que não toma remédio. - Respondeu Neji, vindo até mim.

Ficando por cima de mim.

Neji ficou me olhando por um tempo, tirou alguns dos meus cachos de minha testa, e encostou a sua testa na minha.

Era uma sensação tão boa, estar tão próxima a ele desse jeito.

- Você está com febre - Disse o mesmo se levantando, saindo do quarto e descendo as escadas em seguida.

Não demorou Neji voltar com um copo d'água, e me entregou junto com uma pílula.

- Toma - Disse Neji, me entregando a pílula.

- Você está perdendo toda a diversão da fazenda - Disse, colocando a pílula em minha boca, bebendo a água em seguida.

- Não conseguiria me divertir sabendo que você está doente - Disse Neji, tirando os remédios dá sacola.

Não sei se era pela febre mas, senti meu rosto esquentar depois dá resposta de Neji.


Mergulho quente em ondas frias


Onde o passado volta à vida


Se o medo de um dor egoísta


vale a pena o tempo todo


Segure firme antes de batermos


Porque nós dois sabemos como isso termina


Um relógio ticks até quebrar seus óculos


E eu me afogo em você mais uma vez


Terminei de tomar o remédio, e me deitei na cama.

- Obrigado. - Murmurei para Neji.

Fechei os olhos até sentir o mesmo deitar na cama.

Me virei para o mesmo.

- O que pensa que está fazendo? - Perguntei.

O mesmo não respondeu nada, apenas se deitou e em seguida me puxou pela cintura, fazendo nossos corpos ficarem mais próximos.

- Você está com febre, tem que receber mais calor - Disse Neji, olhando em meus olhos.

Essas eram as borboletas que a Hinata tanto falava?

Me virei ficando de costas, não conseguia ficar olhando muito tempo para os olhos de Neji , eles me deixavam nervosa.


Porque você é uma parte de mim


Queria não precisar


perseguir incansavelmente,


e continuar lutando sem saber o porquê


Se o nosso amor é um tragédia, porque você é o remédio?


Se o nosso amor é uma insanidade, porque você é a minha claridade



Neji beijou meu pescoço me fazendo arrepiar.

- Vou espirrar em você - Disse, fungando.

- Eu não ligo - Respondeu, me abraçando por trás, colocando sua cabeça na dobra de meu pescoço.

Fico feliz dele não poder ver meu rosto agora, o sorriso que estava estampado nele era um tanto bobo...


Hinata


- Não acredito que você conseguiu ser mordido por uma cabra Kiba - Disse entrando na casa.

- Coisas imprevisíveis sempre acontecem comigo - Disse Kiba dando de ombros.

- Mas você colocou sua mão na boca dela - Disse Naruto ligando as luzes.

- Coincidência.- Disse Kiba.

Fazendo eu e Naruto revisarmos os olhos.

Andar com o Kiba é sempre uma aventura.

- Será que a Tenten já está melhor?- Perguntou Naruto.

- Espero que sim, Neji veio trazer os remédios, ela deve estar bem melhor. - Disse, subindo as escadas até o quarto de Tenten.

Abri a porta do quarto devagar e vi Neji abraçado com Tenten, enquanto a mesma tinha um pequeno sorriso nos lábios.

Sai saltitando.

- Então? - Perguntou Kiba.

Estava tão feliz que só conseguia fazer gestos com as mãos.

Juntei minhas mãos as entrelaçando, pulando.

- Ela tá imitando um canguru?- Perguntou Kiba para Naruto.

- Eu acho que não - Respondeu Naruto, meio em dúvida.

Bufei.

- Neji e Tenten estão dormindo. - Disse sorrindo com os olhos - Juntos - Disse, pulando.

Fazendo Naruto soltar um sorriso de lado.

E Kiba perguntar.

- Sem ser por anatomia humana? -Perguntou.

- Não Kiba - Respondi - Isso é, querer cuidar de alguém que você ama - Respondi indo pra cozinha.

- Estranho - Ouço Kiba murmurar.


Notas Finais


O próximo capítulo me deu muito trabalho, mas tenho certeza que vocês iram gostar! ❤
Postarei ele mais tarde, esperem ansiosos, valerá a pena!
Eu espero jsjsisjs
Comentem ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...