História Mais uma fic frans(#pior nome ever) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mario, Sonic The Hedgehog, Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Luigi, Mario, Mettaton, Miles "Tails" Prower, Muffet, Papyrus, Sans, Sonic The Hedgehog, Toriel, Undyne
Exibições 50
Palavras 780
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capitulo 1



 Antes de começar, desculpa por ficar todo esse tempo sem capitulo em nada, mas vocês sabem como as escolas funcionam.


 Pov sans

 Eu estava em casa comendo o espaguete do papyrus. Eu admito. Ele esta melhorando. Se ele continuar assim, ele pode abrir um restaurante.(que só ira vender espaguete) o telefone começou a tocar.

 - eu atendo! - eu falo indo ao telefone e atendendo. Era a toriel - ola sans - ela falou, mas ela parecia com pressa - oi tori. O que foi? - eu pergunto - asgore me pediu para ajudar-lo a construir as novas regras relacionadas a humanos. Você e o papyrus podem cuidar de frisk para mim por uns dias? - ela me pergunta ainda com pressa - é claro!

 Logo em seguida ela terminou a ligação. Eu vou para o meu quarto para esperar-los chegarem. Ah! Quase me esqueci! Melhor avisar o papyrus! - papyrus! - eu o chamo. Ele vem para o meu quarto - o que foi?! - ele me pergunta com raiva. Hehe. Eu acho que interrompi a culinária dele - tori nos pediu para cuidar de frisk por uns dias, ok? - eu o pergunto, e logo em seguida, a expressão dele passou de raiva para felicidade - nyehehe!!! É claro que a humana pode passar uns dias na nossa casa!!! - ele me responde, fechando a porta do meu quarto. Eu me sinto.... Estranho. Eu acho que sinto alguma coisa por frisk, mas eu não sei bem o que é(sans sabe o que é amor, mas ele nunca sentiu antes e por isso não sabe como é a SANSação)

 3 horas depois...

 Estava começando a anoitecer. Eu escutei uma batida na porta(no underground não tem carro). Eu acho que elas chegaram. - eu atendo! - eu falo, me teletransportando para frente da porta. Quem estava do outro lado deu duas batidas na porta. - quem é? - eu pergunto, entrando na piada - toriel - que tipo de piada sera? - toriel quem? - eu pergunto, esperando pela resposta que provavelmente sera muito engraçada - você não sabe nada! Quer um tuTORIEL?! - eu comecei a rir descontroladamente. Eu abro a porta e Frisk entra. - tenho que ir. Cuidem bem dela. - ela nos pede, quase fechando a porta - tchau mamãe! (Frisk tem seis anos nessa fic) - toriel fechou a porta. O papyrus estava na cozinha. - papyrus! Ela chegou! - eu falo, e logo em seguida, ele corre o mais rápido possível para a sala. - ola humana!!! - ele chega na sala, muito feliz pelo fato de frisk estar aqui - oi papyrus!!! - ela fala, o abraçando. Papyrus retribuiu o abraço e perguntou - o que quer fazer humana? - eu acho que ele esta se referindo sobre do que vamos brincar, já que frisk ama brincar - * pensa * eu já sei!!! * toca no ombro do sans * esta com você! * corre * - papyrus também começou a correr. Eu acho que isso foi um " vamos brincar de pega-pega!!! " eu entro na brincadeira e começo a perseguir-los pela casa. 

 De madrugada...

 Frisk foi dormir no quarto do papyrus com ele. Eu escutei gritos de choro vindo do quarto do papyrus. Eu entro no quarto e vejo frisk chorando enquanto abraçava o papyrus - por favor humana não chore!! Eu vou chorar também!!! - não funcionou. - o que esta acontecendo? - eu pergunto - sans! A humana, frisk, esta muito triste!!! E eu não sei porque!!! - eu também não sei. Ela nunca começa a chorar do nada - não posso ajudar. Você sempre foi o melhor deixando-a feliz - eu respondo quase saindo do quarto, mas o papyrus faz pose - na verdade!!! Eu! O grande papyrus!!! Sou o melhor em qualquer coi - ele foi interrompido por frisk saindo da cama e andando até mim. - huh..... Kiddo? - eu pergunto, mas logo em seguida, ela me abraça - * cora * h-hey! S-se acalma! - eu retribui o abraço. - sans! Porque não dormimos todos juntos?! - ele me perguntou enquanto se levantava - não. Eu sempre durmo no meu quarto - eu fui interrompido por frisk tentando me puxar em direção a cama, como se ela estava chorando por mim - tudo bem. Eu durmo aqui. - eu falo levando frisk no colo até a cama. - hora de uma OSSOneca! - frisk começou a rir sem parar. - não o apóie humana!!! - ele gritou de raiva - * abraça o sans *- ela me abraçou de novo. - * cora *( de novo) v-vamos dormir... - eu falo, caindo no sono.


Notas Finais


Eu acho que esse foi um dos grandes.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...