História Make me cry - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias WWE
Personagens AJ Lee, Bray Wyatt, Brie Bella, Dean Ambrose, Nikki Bella, Personagens Originais, Roman Reigns, Seth Rollins, Stephanie McMahon, Triple H (Hunter Hearst Helmsley)
Exibições 21
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Esporte, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente!
Tudo bem com vocês? Espero que sim.
FINALMENTE um capitulo novo..
Espero que gostem

Capítulo 24 - The letter


******

Entro no carro e bato a porta do mesmo colocando a mão no rosto.Bufo e ligo o rádio dando partida no carro e seguindo para o hospital.Estava com um engarrafamento insuportável e isso me faz ter mais raiva ainda.Dou tapa em uma das minhas pernas me assusto com o barulho do celular recebendo a mensagem.

" Para onde você está indo,Lia?Estou levando a Penelope para o hospital! Está passando mal.." - Visualizada 18:47 

Bufo e ligo para Sebastian apressada.

Ligação ON

- O que aconteceu com ela? - Falo fechando abrindo a bolça e pegando um remédio.

- Eu levei ela para comer algo e fomos embora.Quando cheguei em casa com ela a mesma começou a vomitar e desmaiou logo em seguida..- Suspira e eu mordo a língua .

- Eu estou indo ver o Dean.. Ele acordou agora..- Falo e ele faz algum som com a boca

- Estou indo para aí...- Fala com a voz rouca

- Você tem que me ajudar..Eu estou perdendo o controle!- Falo séria voltando a andar com o carro 

- Eu irei te ajudar!- Fala e eu desligo o telefone colocando ele no banco de trás.

Ligação OFF

Entro no estacionamento e paro o carro.Saio do mesmo e vou em direção ao elevador e aperto o botão para entrar no mesmo.Espero o mesmo abrir e entro me encostando no espelho.Olho assustada ao ver Cesaro entrando no elevador.O mesmo sorria  como se tivesse ganhado na loteria.Reviro os olhos e o encaro brava. A porta se fecha e ele vem em minha direção.

- Já disse que você fica ótima de branco?- Fala da minha roupa¹ e eu desvio o olhar e começo a encarar a porta

- Eu estou pouco me fodendo para sua bela opinião,Claudio.- Sorrio e ele ri se encostando do meu lado 

- Sério?- Fala sorrindo e eu bufo e pego meu celular

- O que você quer aqui?- Falo brava e ele ri e tira o celular da minha mão 

- Vim ver a Penelope. Ela está passando mal,não é?- É irônico - Isso é por causa de sua birra de não deixa-la comigo! Se tivesse deixado não precisaríamos de nos encontrar.- Fala me devolvendo o celular.

- Claudio..Porra,cara! A sua filha está passando mal e você vem me justificar alguma coisa?Eu deixei ela com o meu irmão porque eu confio nele!Eu não deixei com você porque eu não confio em você! - Falo brava e ele me olha sério.A porta do elevador abre   e eu saio com pressa e ele vem atrás de mim.Me viro para ele que me encara sério.Reviro os olhos e vou procurar o médico. 

                                                        ****

Levanto-me ao ver Sebastian vindo em minha direção e vou até ele. Cesaro me empurra para ver  a Penelope e pega-a levando para algum lugar.Fuzilo Sebastian com o olhar  que levanta as mãos em forma de rendição. Entro no quarto em que Dean estava e sorrio para ele.

- Você acordou! - Falo colocando a mão no rosto e ele ri.

- Acho que sim.- Fala e eu me aproximo me agachando pegando na sua mão.

- Como você está?- Pergunto me sentando no chão.

- Bem..Eu acho. E você,como está? - Fala sorrindo e eu olho para o teto sorrindo também.

- Bem.Acho que daqui alguns dias você poderá ir para casa.Mas sem lutar,claro.- Falo e ele balança a cabeça concordando.

- E a Penelope?- Pergunta 

- Ela está com o Cesaro.- Sorrio e ele perde o sorriso. - O que foi?- Pergunto intrigada. 

- Queria vê-la.- Fala mordendo o lábio inferior. - E a Renee? - Fala rindo. 

- Se ela for esperta foi para fora do país..- Falo brava e ele gargalha

- O que você fez?- Pergunta segurando o riso. 

- Dei umas tacadas nela.- Falo e ele ri alto. 

- Você não devia..Eu ia fazer isso..- Fala pensativo 

- Como assim,Dean?Você ia bater nela? - Pergunto séria. 

- Não.A Sasha iria me ajudar.. Você tem convivência comigo.Não pode bater nela!Pois se não separar você quase mata.- Ele fala e eu gargalho.

- Até parece..- Murmuro e ele arqueia a sobrancelha .

                                         Renee P.O.V

Entro na farmácia e saio pegando uns remédios e colocando-os na cesta. Pago-os e entro no carro e pegando uma garrafa d'água. E coloco-a do lado dos remédios.Dirijo até um lugar alto e paro meu carro no lugar.Começo a olhar para frente até pegar um papel e uma caneta.

Escoro o papel em um livro e começo a escrever..

"Eu gostaria de escrever uma vez na minha vida sobre o que eu sinto,senti por alguém.Gostaria de escrever sobre o que é amar alguém.Sobre o que é se sentir na responsabilidade de cuidar e a pessoa não dar a minima e te fazer se sentir mal consigo mesma.Sobre o que é te fazer ficar doida.Maluca. O que é que eu sinto . Um sentimento doentio . Há uns anos atrás..Eu conheci Dean Ambrose.

Eu de verdade gostei dele desde a primeira conversa.Um dia ele me apresentou sua "amiga" ,Lia.Mas eu sabia que não era apenas uma amiga.Ela nunca foi apenas uma amiga para ele. Mas ela namorava o Cesaro e o que me deixava mais com raiva era isso.Ela gostar do Dean.Estar escrito na cara dos dois que eles estavam juntos. 

  Por que eu não os deixei em paz? 

Porque era tarde demais..E eu tenho certeza que eu consegui fazer muito mal para ela. Mas ela continua bem.. Tem uma filha,namora o Dean..E então eu cansei. Fui até a casa dela .. Chamei o Dean e.. 

Ele está no hospital.Eu cansei de ver ela estar bem e eu estar mal.Eu cansei.

Eu gostaria de me amar acima disso tudo mas ele não deixa.Ele sempre está lá no BackStage  com aquela jaqueta de couro e aquele cabelo molhado,aquele chiclete que ele vive mastigando.. 

 

Gostaria que vocês só se amassem em primeiro lugar.." 

Termino de escrever e alguém bate na janela me fazendo olhar  assustada . Sorrio ao ver a Nikki e saio olhando para mesma.

- O que pensa que está fazendo? - Fala me dando um curto abraço 

- Tentando acabar com isso.- Falo engolindo o seco 

 

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...