História Maldita Rotina ~ Sterek - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dylan O'Brien, Teen Wolf, Tyler Hoechlin
Personagens Breaden, Chris Argent, Corey Bryant, Danny Mahealani, Derek Hale, Dylan O'Brien, Ethan, Isaac Lahey, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Melissa McCall, Meredith Walker, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Theo Raeken, Tyler Hoechlin
Tags Sterek, Teen Wolf
Visualizações 281
Palavras 485
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 27 - Ser uma pessoa normal


 Derek passou no meio da multidão, algumas pessoas perceberam um homem muito alto, com roupas, proporcionalmente pequenas e sujas com manchas de sangue. O pai de Stiles estava cuidando da ronda nas ruas do centro da cidade e viu Derek, um pouco perturbado. Ele até pensou em se dirigir a ele e perguntar o que aconteceu, mas ao se aproximar, perdeu ele de vista no meio das pessoas e suas risadas escandalosas.

Ele foi até a rua em que seu carro estava parado, agora o carro estava metade destruído e arranhado, talvez alguém tenha se revoltado e feito aquilo, até porque, o carro estava alguns metros arrastado pro lado. Derek apenas entrou e respirou fundo, antes de acelerar e passar por cima de alguns sacos de lixos e derrubar barracas. Ele deu uma passada em casa, para se trocar, não poderia ir pro trabalho com daquele jeito, tinha que se parecer apresentável, como uma pessoa normal.

Derek estava levando a sério demais esse papo de ser normal, ele queria negar o que ele era, o que ele nunca deixaria de ser. Um humano normal era um termo bem melhor pra Derek, do que um lobisomem que aconselha a vida com um marido, um emprego e amigos, sem perder o controle. Ele estava com o coração um pouco descompassado, fora do mundo, ele só se encontrou de novo quando Viktor lhe chamou a atenção.

- Oi? Derek? Alô?

- Ah, oi.

Viktor estava bem próximo de Derek, ele parou um pouco para pensar o quanto tinha preso em seus pensamentos, para Viktor chegar tão perto.

Derek deu uma de ranzinza e deixou o homem falando sozinho, com a mão estendida.

Após poucos, pouquíssimos minutos, Derek saiu renovado na porta de sua casa, Viktor ainda o esperava do lado de fora, o homem analisava os arranhados do carro e tinha uma expressão de curioso.

- O quê aconteceu?

Derek fingiu que não ouviu, jogou as chaves para cima e as pegou de volta, fazendo o carro destravar e ele entrar triunfalmente, ele conseguiu.






Scott e Lydia eram os que estavam mais próximo da escada, então foram os primeiros a descer para socorrer Stiles. O garoto já estava desmaiado, inconsciente. Sua cabeça sagrava e seu braço estava totalmente quebrado, era possível ver o novo formato de seu braço, era possível sentir seus ossos quebrados, pedacinho por pedacinho. Scott tirou parte da dor, mas era tanta que ele se jogou no chão e começou a gritar de tanta dor. Há essa altura, Lydia molhava a camisa de Stiles de lágrimas, ela fazia de tudo para tentar acordá-lo, mas Liam veio logo atrás para acalmá-la e fazer ela o soltar. Melissa foi imediatamente chamada e o tempo passou a se passar de segundos a milhares de segundos, um minuto durava horas na concepção dos demais. A luta havia sido ganha, mas o que importava agora era Stiles, que mantinha seu pulso baixo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...