História Maldito skatista - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bad Boy, Comedia, Comedia Romantica, Danones, Hopemin, Jihope, Jimseok, Jungkook, Kooktae, Kookv, Lemon, Namjin, Seokmin, Skatista, Taehyung, Taekook, Vkook, Yaoi
Visualizações 337
Palavras 2.300
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Descobri apenas hoje que tenho uma paixão fulminante por itálicos.
Deixam os textos e pensamentos mega estilosos.

Amando vcs acompanhando e curtindo a fic, amrs. Ela já cresceu tanto e é tão recente <3 173 favs, luv u.

Boa leitura, :** (estão gostando das minhas capas? <3)

Capítulo 4 - Tipo Eu


Fanfic / Fanfiction Maldito skatista - Capítulo 4 - Tipo Eu

ㅡ Aigoo, tão bom!! ㅡ Comento enquanto ando, arrancando alguns risos de Jungkook enquanto seus olhos se alteravam em olhar para mim e para meu sorvete de morango. Me fazendo ficar um pouco envergonhado.

ㅡ É... eu meio que me arrependi de não ter comprado um pra mim também. ㅡ Diz enquanto andamos devagar, já havíamos chegado na nossa esquina e eu havia me tranquilizado bastante por não ter morrido no caminho.

No fim das contas, sair um pouco não havia sido tudo de todo o mal.

Talvez eu possa arriscar dizer que o passeio na casa do Namjoon foi até divertido.

ㅡ Ah, que pena não é? ㅡ Digo desinteressado dando de ombros, quando ele me olha com certa irritação.

Aish, o que eu fiz agora!?

ㅡ É! Então eu quero um pouco do seu! ㅡ Ele diz alto tentando tomar meu sorvete da minha mão.

Rio histérico e dou tapas leves na sua mão.

ㅡ Pabo!! Calma! Vai derrubar! ㅡ Falo parando de andar, já estávamos na frente de nossas casas e seu toque em minha mão também atrai um pouco de meu nervosismo.

ㅡ Me dá logo!!

ㅡ C-calma! ㅡ Rio meio tenso. ㅡ Toma. ㅡ Dou uma lambida e entrego após ver que não cairia mais. ㅡ Não toma tudo!

Eu havia lhe entregado o sorvete direto do lado que eu não havia lambido, para que ele não precisasse virar o mesmo, mas ele pareceu nem se importar, virando o doce e o chupando no mesmo local que eu havia colocado a boca.

ㅡ Eca!!! ㅡ Grito, forçando uma careta de falso nojinho e ele parece ficar um pouco mais bravo, girando os olhos para mim ao invés de rir.

Eu tentei ser divertido apenas!

ㅡ Além de engomadinho e engessado você também é enjoado e fresco? ㅡ Pergunta retórico arqueando uma sobrancelha para mim, sem parar de chupar o sorteve. Que audácia!!! ㅡ Olha o que eu faço então. ㅡ Ai, não...

Dá um último sorriso maléfico antes de voltar sua atenção ao sorvete e lambe o mesmo de todos as formas e lados possíveis, pregando sua baba em praticamente tudo, inclusive num pouco da casquinha.

Um verdadeiro porquinho.

ㅡ Eca eca eca!!! ㅡ Grito tomando o sorvete de sua mão, agora quem tem uma expressão brava sou eu enquanto ele ri alto.

ㅡ Não quer mais? ㅡ Pergunta se aproximando, me deixando um pouco trêmulo. O que está acontecendo comigo? ㅡ Eu posso ficar com ele se não quiser...

ㅡ NEM VEM! SAFADO!! ㅡ Afasto meu sorvete de si e aponto o dedo para o menor, não aguentando segurar o riso quando ele dá de ombros pra mim de forma infantil e logo se vira rumo a sua casa.

Mas já vai?

ㅡ Tchau pabo! Lembre de mim quando estiver tomando sorvete com a minha saliva de calda! ㅡ Grita de lá, me fazendo ficar envergonhado.

Mas mal sabe que isso não é problema nenhum.

...

O que eu estou pensando!?!? É claro que é um problema!!

ㅡ Tchau... ㅡ Vou morrendo a fala ao ver que ele já havia entrado antes de me ouvir.

Aish, eu sou tão tonto! Fiquei que nem um bobo pensando aqui parado e agora ele até já entrou e eu nem me despedi.

Ele deve me achar um esquisito e mal educado.

Droga!!

ㅡ E lá vamos nós. ㅡ Sussurro para mim mesmo começando a andar pra casa e lamber meu sorvete novamente.

Uau! Parece que eu e Jungkook acabamos de trocar saliva!

...

Porque estou rindo disso?

ㅡ Ora ora. ㅡ Ouço uma voz feminina bem a minha frente na porta de casa e dou um pulo, quase me desequilibrando caindo de bunda na grama do quintal.

Mas que é?!?

ㅡ QUE SUSTO MÃE!!

Ela apenas ri, porém aparentado estar um pouco nervosa comigo -o que houve?- e estende a mão para que eu lhe dê um pouco de sorvete pra ela.

Dou umas lambidas em todo ele antes. Apenas para aproveitar -o sorvete, não a baba do JK!- E logo entrego pra ela, seguido de um "pode ficar com o resto".

ㅡ Obrigada, mas... ㅡ Diz experimentando o sorvete. ㅡ Precisamos conversar.

...


......

ㅡ Eu fui praticamente forçado!! ㅡ Fiz drama. ㅡ Não é culpa minha.

ㅡ Não estou dizendo que alguém tem culpa, Taehyung. Até porque você já é um menino grande. ㅡ Ela suspira. ㅡ Só quero que me avise. Não precisava nem passar aqui. Mas você tem seu celular, mesmo dizendo ser ser contra tecnologia, e podia muito bem ter me mandado uma mensagem ao invés de sair direto da escola para a casa de um amigo, e ficar lá até de noite.

É... eu vacilei mesmo.

Mas pelo menos ela foi compreensiva.

Como eu me lembraria de lhe avisar? Estava tão bom lá!!

ㅡ Foi a minha primeira vez saindo, omma. Acho que estava animado demais para lembrar de algo. Me desculpe... ㅡ Digo meio tristinho dando um sorriso fraco de canto e ela me abraça.

Retribuo o abraço.

ㅡ Pode ir aonde quiser. Apenas me avise quando for demorar que nem hoje. Fiquei preocupada!

ㅡ Desculpe de nov...

ㅡ Mas fiquei tão mais tranquila quando vi você voltando com o filho dos Jeon's! ㅡ Me interrompe. ㅡ Me faz ver que não estava voltando sozinho por aí nesse escuro! E uau! Vocês já estão se dando be...

ㅡ Não, mãe. ㅡ Girei os olhos quando ela praticamente vomitou suas palavras animadas para mim sobre ele. Que diferença fazia eu ter voltado com Jungkook ou não!? Ele não era nem gente pra ser considerado uma "companhia"! ㅡ Não estamos nos dando bem.

Logo esse assunto agora que estávamos conversando bem!?

ㅡ Seus amigos te obrigaram a voltar junto com ele também? ㅡ Pergunta com a cara mais engraçada do mundo de quem está ansiosa e segurando o riso.

É.. talvez eu seja um pouco mentiroso mesmo.

ㅡ Não, m-mas eu posso me defender! Tenho uma ótima explicação! ㅡ Acusei, vendo ela rir e levantar as mãos em rendição. Prossegui com minhas desculpas. Era verdade no final das contas. ㅡ Eu voltei com ele porque eu não sabia o caminho pra voltar pra cá de onde eu estava. ㅡ Confesso envergonhado.

ㅡ É claro! Você mal sai de casa!! ㅡ Praticamente grita enquanto gargalha alto.

Por que eu fui ter uma mãe tão escandalosa, santo Buda!?

ㅡ MÃE! ㅡ Alguém me tira daqui? ㅡ Fala baixo! E eu não saio porque você não deixa!!

ㅡ Quem disse que não deixo amore!? ㅡ Ela fala que nem uma bêbada quando está animada. Que cruz. ㅡ Eu não deixava quando você tinha 11 anos. Agora você vai onde quiser! Desde que me avise, claro. ㅡ Fala séria o final.

ㅡ Ah e porque eu nunca fui avisado disso?? Hm??

ㅡ Oras. Você nunca nem pediu pra sair.

ㅡ Não tenho com quem s..

ㅡ Agora tem! ㅡ Fala voltando a se animar. ㅡ Uh uh, eu vi você dividindo o sorvete com o Jonguk na rua de casa. Tão amigos...

Pff!!!

E essa agora?

ㅡ É Jungkook o nome dele, mãe. Jung-Kook! E não, eu não estava "dividindo". Ele só.. pediu um pouco e eu dei. Ele que me comprou mesmo. ㅡ Péssima idéia falar essa última frase. Péssima idéia falar essa última frase. PÉSSIMA IDÉIA ESSA ÚLTIMA FRASE! Não vou deixar ela ficar com esse sorrisinho cúmplice. ㅡ OMMA!! Vou dormir! Bye.

ㅡ Aigoo está me expulsando da própria minha casa? ㅡ Fala se levantando, começando a controlar os risos.

Finalmente.

ㅡ Estou te expulsando do meu quarto. Vai. ㅡ Digo a empurrado suavemente, ela apenas vai enquanto sorri.

Para e me olha.

ㅡ Estou feliz por você ter encontrado um amigo perto de casa. De verdade. ㅡ Diz me dando um sorriso sincero. Retribuo da mesma forma, mesmo que não considere Jungkook um amigo. ㅡ E porque se deus quiser talvez isso faça você esquecer essa droga de idéia de ser monge! Porque pelamor!

ㅡ MÃE, TCHAU!! ㅡ Bufo e fecho a porta.

Mas que saco! Por que as pessoas tem que se meter tanto no meu sonho!?

Sonho...

É esse meu sonho?

...

Desculpa Buda.

É esse meu sonho sim.

...


......


{...}

ㅡ Que aula chata. Queria ir embora.. ㅡ Sussurro pra Hoseok virando a cabeça "discretamente" para trás.

ㅡ Você sempre foi um aluno tão aplicado, não acredito que está reclamando de uma aula explicativa pra mim! ㅡ Sussurra de volta pra mim.

Quando o Hobi se tornou tão chato?

ㅡ Aigoo, por que você não me ajuda a criticar as coisas? Eu só quero reclamar. ㅡ Cruzo os braços e faço um bico infantil, virando para frente por um instante quando o professor nos encara com rosto de poucos amigos. ㅡ Você é sem graça.

Levo um soquinho fraco na cabeça dado por Hobi.

ㅡ Hey!! ㅡ Protesto baixo e soprado.

ㅡ E você não cresce mesmo. ㅡ Responde tentando segurar a risada.

Imediatamente o professor percebe e solta seu livro na mesa com força, fazendo um barulhão e nos assustando.

ㅡ COMO OS GAROTOS ACHAM QUE A EXPLICAÇÃO NÃO É NECESSÁRIA ㅡ Grita falando com a sala mas olhando diretamente para nós dois. Que cara mais estressado!! Culpa do Hobi. ㅡ Então acho que posso parar por aqui e já aplicar o trabalho. Vocês tem a internet para pesquisar mesmo. Chega de explicação.

Encerra se virando para a lousa começando a escrever algo enquanto a sala vai a loucura, fazendo barulho e reclamando comigo e com Hoseok por termos conversado na hora da explicação.

Hoseok, você é um idiota.

ㅡ P-professor! Me jogaram uma bolinha de papel! ㅡ Grito pra ele seguando a bolinha, que apenas ignora.

Aish!! Essa escola é um circo mesmo!!

ㅡ Que bom, senhor Kim. Talvez goste de ser tratado com o mesmo nível de respeito que você trata seus professores na hora da explicação. ㅡ Diz quando termina de escrever o objetivo e tema do trabalho de inglês no quadro negro e se vira de volta para nós -a sala-. ㅡ Regras e temática do trabalho prescritas na lousa, o mesmo será feito em duplas e eu quem vou escolher.

Ouço a sala avacalhar novamente com um "aaahhh", e até tento fazer junto para que ele desista, mas recebo um olhar de reprovação para comigo e fico quieto.

Eu odeio isso daqui!

ㅡ Hey! Com quem você quer cair de dupla no trabalho?? ㅡ Hobi cochicha para mim me cutucando.

ㅡ Que pergunta é essa!? Você oras. ㅡ Respondo óbvio e ele faz uma cara surpresa.

Por que a surpresa?

ㅡ S-sério?

Me viro para trás o encarando.

ㅡ Claro. Por que essa cara?

ㅡ É que... ㅡ começa a dizer e para no caminho, olhando pra baixo e assumindo um rosto aparentemente chateado.

Decepcionado?

ㅡ O que foi??

ㅡ E-eu... ㅡ Faz uma pausa e respira fundo. ㅡ Eu estou me sentindo culpado por não querer cair com você.

COMO É!?!?

ㅡ Por que não quer cair comigo!?!? ㅡ Pergunto perplexo, falando um pouco mais alto mesmo sem perceber e atraindo a atenção de Jimin e Jungkook, que antes conversavam. Hoseok parece ficar ainda mais envergonhado e a vermelhidão no seu rosto é nítida. O que ele está pensando!? ㅡ Com quem você quer sair??

ㅡ Eu... ㅡ Olha para os lados, esperando os meninos pararem de encara-lo.

ㅡ Fala!!

ㅡ C-com o Jungkookie..

...

Traidor.

...


......

Fim da aula. Já haviam sido decididos praticamente todos os pares, com exceção do nosso grupo, o que significa que cairíamos juntos com duplas formadas entre nós mesmos.

Menos Namjoon, que caiu de dupla com um tal de Kim Seokjin. Ele é da nossa sala (senhor óbvio, eu) mas nunca chama muita atenção ou conversar muito, então não se sabia muito dele.

ㅡ Jung Hoseok e... ㅡ O professor começa a dizer e vejo o garoto ficar tenso. Tsc. Jungkook não, Jungkook não, Jungkook não, Jungkook n... ㅡ Park Jimin.

AEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!

TOMA!!!

ㅡ Segura essa dupla aí porra!! ㅡ Falo animado virando pra trás tentando não ficar histérico, já que o professor chato ainda estava na sala.

Mas eu queria mesmo era gritar.

Hoseok apenas me lança um olhar de fúria. Que meda!

Agora...

Não.

Espera.


Se ele caiu com o Jimin ao invés de mim.

Só sobrou eu e o...

Eu quem caiu de dupla com o Jungkook!?!?

...


......


{...}

ㅡ Eu não acredito que caí de dupla com você!! ㅡ Falo revirando os olhos fingindo estar irritado enquanto ando ao lado do menino rebelde, já chegamos na nossa rua.

Ele estava tão gato hoje.

...

!!!

ㅡ Eu é quem devia estar reclamando. ㅡ Responde desinteressado.

Seus braços estavam cruzados e ele parecia um tanto pensativo enquanto andava encarando o nada.

ㅡ Por que? ㅡ Pergunto arqueando uma sobrancelha para ele, que nem vê meu gesto.

ㅡ Porque você é chato, Taehyung. ㅡ Bufa.

Oras, chato era ele!

ㅡ Onde está o menino quase legal de ontem que até me comprou um sorvete? Ainda está ai?? ㅡ Digo brincando passando a mão na frente do seu rosto como se estivesse o acordando. ㅡ Oii, Jungkook!?

Ele apenas respira fundo e desaproxima minhas mãos de si.

ㅡ Eu estou irritado.

ㅡ Por que? ㅡ Pergunto um tanto preocupado.

Não com ele, claro.

Preocupado com o possível motivo da sua irritação ser eu apenas.

ㅡ Nada.

ㅡ Você não queria sair comigo de dupla no trabalho? ㅡ O fito. ㅡ Queria sair com o Hoseok...? ㅡ Sussurro quase inaudível a última parte.

ㅡ Você acha que o mundo gira em torno de você não é? ㅡ Se vira pra mim pela primeira vez no dia.

Eu quero odiar ele, quero ficar irritado com as suas atitudes grosseiras, mas só consigo ver como fica atraente estando bravo. O que eu me tornei?

...

Atraente para uma garota, não pra mim. Pff!

ㅡ Não... ㅡ Entorto o lábio.

Ele suspira pesado novamente.

ㅡ Vem, vamos fazer esse trabalho. ㅡ Diz e se vira para o rumo contrário a minha casa.

Rumo de sua casa.

N-na sua casa!?

ㅡ Qual o problema? ㅡ Me olha.

Nada. ㅡ Sinto minha mão suar um pouco e o sigo.

Por que minhas pernas tremiam?

ㅡ Eu estou irritado porque... ㅡ começa a falar aleatoriamente para mim enquanto destranca sua porta. ㅡ Eu estou afim de uma garota. Ela é da nossa sala e é muito popular, então estou um pouco amarelo de chegar e perguntar se ela tem alguém. Você pode me ajudar? ㅡ Pergunta fazendo uma careta.

Por que eu senti meu peito apertar ao ouvir isso?

Por que meus olhos estão começando à arder?

...

Por que sinto como se quisesse me virar e sair correndo daqui!? 


Notas Finais


PORQUE VOCÊ AMA ELE PORRA!!
Mentira, ama não.
Ou ama, não sei .q Eles quem fazem as coisas eu só escrevo.

TaeTae ficando saidinho e rebelde, Hobi esquisito, Jeon ta bravo hoje. Será que ele está apaxonado pela popular girl mesmo?

A mão chega suar .q

Espero que estejam gostando <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...