História MALIS - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Escolar, Fantasia, Semideuses
Visualizações 7
Palavras 578
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Sejam bem - vindos à mais um capítulo da saga MALIS, boa leitura.

Capítulo 5 - Entendendo o mistério


Fanfic / Fanfiction MALIS - Capítulo 5 - Entendendo o mistério

voluntária ou involutária, da vida de um ser humano; assassínio, assassinato. - Homicídio.  

A aula começou e eu não tirava da cabeça a idéia de uma menina ter sido morta, não prestei muita atenção na aula, o que irá me prejudicar bastante, quando o toque para o intervalo tocou, pulei a parte de ir ao refeitório e fui ao banheiro, então olhei no espelho. 

- Como isso aconteceu? 

Voz: - É bem simples, pessoas morrem o tempo todo.

Escutei a voz então olhei para o espelho, e vi Malis, uma mulher que até hoje não sabia a origem, mas ela sempre esteve comigo, respirei fundo e então massageei meus olhos com as pontas dos dedos.

- O que você fez desta vez? Sempre por onde passa há morte, foi você? 

Malis: - Vocês mortais, são tão...previsíveis e parcialmente inúteis, que me dá fadiga de vim aqui para matá - los.

Então ela sumiu, e ouvi a porta do banheiro abrir, logo vi Remo, revirei meus olhos.

Remo: - Eae molenga, os pais da ga rota estão aqui, e adivinha? Ela morreu no dormitório dela, e adivinha? Encontraram ela com drogas. - Falava enquanto arrumava meu cabelo, e bem, aparentemente Nicole era uma garota bonita, e Remi já havia ficado com ela, logo, eu teria acesso às melhores informações. 

- Como você sabe disso tudo? - perguntei curioso, embora não gostasse de Remo, ele poderia ser Digamos que necessário para que eum obtivesse as informações certas.

Remo: - Vantagens de ser um Todd, meu irmão gêmeo, Remi, ele já ficou com ela, então a família dela gosta bastante dele, embora não saiba sua verdadeira natureza. - Dava de ombros, então saindo do banheiro deixando o novato sozinho. 

- Caramba, isso tá muito estranho, Tenho certeza de que sei quem foi...Ou quase certeza. 

Saí do banheiro, então somente assim indo até o refeitório, peguei minha refeição e comecei a perambular pelo local procurando alguma mesa.

Mason: - Hey, Nathanael! - Acenava para ele enquanto gritava, bem gritar não faz mal, tomava meu suco de uva, enquanto comecei a escutar a voz. Voz: - Aparentemente mataram alguém. - Fiz uma expressão confusa,  enquanto via Kane se aproximar devagar e também pensativo. - Como você sabe? Voz: - Eu sou a personificação da loucura, e de certa forma, tenho contato com os olimpianos.

- Olá, ficou sabendo da morte? 

Me sentei olhando para ela, de maneira confusa, ela parecia falar sozinha, porém não duvidava de nada, afinal aparentemente ela era louca.

Mason: - Lissa não é a personificação da loucura, então como você está em minha mente? - Por alguns momentos voltei minha atenção para Nathanael, assentindo com a cabeça. - Sim! Quem não saberia da garota que caiu nos encantos de Remi Todd? Lissa: - Eu sou sua mãe. - Soltava um grito, me levantando, fazendo com que algumas pessoas olhassem para mim, não sentia mais a voz em minha cabeça, então voltava a me sentar.

- Certo...enfim, pode parecer loucura, mas acho que sei com resolver isso. 

Mason: - Como? - Olhava para ele de forma curiosa, então cruzando os braços. 

- É complicado, tem que ser de noite, sei que vai parecer loucura, mas nós iremos convocar uma pessoa que conheço. 

Mason: - De noite eu trabalho, pode ser meia noite? - Anotava em uma agenda para agenda penas me recordar.  

- Meia noite, é o melhor horário. 

Logo o sinal tocava novamente anunciando que os alunos teriam de voltar para as salas, então segui até minha sala.


Notas Finais


Novamente, espero que tenham gostado, aguardem para mais capítulos e que, Malis esteja com você.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...