História Mammy Swan. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Emma Swan, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Swanqueen
Exibições 537
Palavras 1.764
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus leitores, muito obrigada pelo carinho de cada um nem sei como agradecer. Nunca pensei que a fanfiction seria tão bem aceita assim, isso é uma honra para mim. - Sou eternamente grata, confesso que a cada capitulo tenho medo de decepcionar. Me desculpem por qualquer coisa por favor.
Seja bem vinda @ Milena Silva, um segredo sou muito chata mas confesso que sou uma pessoa maravilhosa. - Estou aqui para o que precisar de mim. Eu que lhe agradeço pelo carinho, e atenção. - Prometo ser uma excelente amiga para Você, as vezes chata, insuportável, inconveniente. - Mas estou aqui, olha ! - Você é incrível, fofa, prometo não lhe decepcionar. Farei o possível para não lhe machucar. - Esse ano chega a cota, de machucar alguém... - Tenho um defeito, machuco todos a minha volta. - Me perdoa.

Meus leitores, não deixam para manhã o que se pode fazer hoje. - A vida é curta, pequena sejam ousados. Coisa Que Eu mesma não sou, há momentos que se deve se arriscar sai da acomodação. Falar o que se sente, tenho um lema nunca me despeço de ninguém pois não sei o dia de amanha. - Espero estar viva, mas se não estiver. Pelo menos não iludi ninguém falando que ia voltar.

Não perca a oportunidade
de beijar, de abraçar, de amar,
de viver plenamente cada momento,
de sentir com todos os sentidos.
Quem já não pode mais fazer isso
sabe que muitas vezes não dá
pra voltar atrás e a saudade
é que vai falar...
..."Sinto tua falta."
Ângelo Claudino

Capítulo 4 - O inesperado.


Na pensão da Vovó.
- Chego na Pensão da Vovó, e subo para meu antigo quarto antes da maldição. - Já não falei para não me ligar, nossa relação acabou ! - Você mentiu para mim, não se aproxime de mim por favor Ruby Lucas ! - Não quero ouvir sua voz, não insista.
- Eu te amo Emma, vamos ser felizes por favor ! - Eu faço o que Você quiser, para ter Você ao meu lado. Não me abandona, podemos realizar seu sonho juntas. - Vamos ter nossa " Babby Girl", prometo ser uma boa Daddy !
- Você, faria isso por mim ?
- Sim, Eu te amo minha loirinha dos olhos verdes ! - E estou disposta a tudo para ter Você ao meu lado, dormir de conchinha, tomar banho juntas, comer brigadeiro de panela, assistir filme no sofá da sala comendo pipoca ... - Como nos velhos tempos ! - Fala Ruby, se aproximando de Emma e beijando seus lábios. - Vamos ser felizes, por favor ! - É um beijo calma, e cheio de amor. Que se separa apenas em busca de ar para os pulmões.
- Tudo bem Ruby, é a ultima chance que lhe dou. - Eu te perdoou, agora preciso ir !
- Onde vai ? - Posso ir com Você ?
- NÃO ! - Fala Emma, que sai e deixa Ruby no quarto sozinha.
- Você é minha Emma Swan ! - Fala Ruby, que segue o cheiro da namorada. Que entra na Mansão abandonada. - O que Emma foi fazer ali ? - Preciso descobrir !
- Volto para a Mansão, graças a Deus que Regina não acordou ! - É 18:00 horas, está dormindo um sono agitado deve estar sonhando. - Está tão fofa com a fralda plástica, e uma blusa rosa. Coloco a mão em sua fralda e sinto que fez xixi. - Minha Babby Girl é tão fofa, dormindo abraçada ao seu ursinho de pelúcia branco. - Posso ficar olhando a noite toda para minha pequena Babby, quando ouço uma voz reconhecida e me viro. - VOCÊ ! - O que faz aqui ? - Pego Ela pelo braço, e levo para o escritório. - Como entrou em minha casa ?
- Quem é Ela ? - É por isso que não quer voltar ? - Eu te amo Emma, Você é minha ! - Fizemos planos de uma vida juntas, de um futuro. - Você não pode me abandonar, fazer isso comigo ! - Fala Ruby chorando.
- Calma, respira, Eu te amo Ruby ! - Fala Emma abraçando a menina dos cabelos vermelhos, Você é a minha namorada mas ciumenta, e beija os lábios de Ruby. - Regina é minha Babby Girl, Eu sou a sua "Mammy". - Estou no processo de transformar Ela em um bebê, acabei de encontra com Regina faz apenas dois dias que a conheço. - Não chore, vem vou te levar para conhecer Regina. - Ela é fofa, mas as vezes desobediente nada que um castigo não resolva. - As duas sobem para o quarto , e encontram Regina dormindo abraçada a seu ursinho com a chupeta rosa nos lábios. - Ela não é linda ? - Fala Emma, toda feliz que vai até a Babby e a cobre com uma coberta.
- É uma bonequinha, e já foi castigada ! - Fala Ruby, olhando para as pernas de Regina com marcas de chicote.
- Você me conhece, e sabe que odeio crianças mal educadas. Que desobedecem as regras, Regina tem uma pequena dificuldade em aceitar regras mas estou cuidando !
- Emma ! - Eu te amo meu amor, vamos viver a nossa vida, construir uma família Eu, Você e a Regina ! - Seu sonho vai se realizar, pense Emma por favor ! - Eu prometo ser uma boa namorada para Você, e uma Daddy para Regina vou cuidar e educar nossa Babby. - Imagina quando for trabalhar na delegacia, com quem Regina vai ficar ? - E se ficar de platão, ou ter que viajar para Boston ? - Eu quero cuidar de Você Emma, e da Regina meu amor ! - Por favor, me de uma oportunidade de mostrar que mudei.
- Ruby tem razão, quem vai ficar com Regina para mim quando estiver na delegacia. - Ou na casa de meus pais, e até mesmo em Boston. Não havia pensado, olho para minha Babby dormindo. Ela não pode ficar sozinha, precisa de cuidados. Tem que ser uma pessoa de confiança, que seja amorosa com Regina. - Eu amo Ruby mesmo tendo me machucado, tudo o que quero é uma família. - Agora tenho essa oportunidade, vejo Regina se mexendo na cama e abrindo os olhinhos lentamente. Estão moles, cansados, vermelhos, e ao se virar na cama faz uma carinha de dor. - Babby ! - Você está com dor ? - Estou preocupada, as costas de Regina estão machucadas devido ao castigo com o chicote. Vejo Regina balançando a cabeça, como um sim. - Palavras Regina, quero que fale ! - Você está com dor ?
- M-Ma ... mmy, meu corpo está dodói. - Fala Regina com lágrimas nos olhos, olhando para Ruby.
- O coração de Emma se derrete, Regina está manhosa. - Depois de um castigo, está mas compreensível espero que fique assim. - Volte a dormir, Você precisa descansar fecha os olhinhos Babby ! - Mammy está aqui, agora durma !
- N-não estou com sono m-ma ... mmy ! - Quero ir ao banheiro !
- REGINA MILLS ! - Já conversamos sobre ir ao banheiro, está com fraldas. - Não precisa ir, pode fazer na fralda depois mammy troca. - Agora descanse, é uma ordem não me faça ficar decepcionada com Você ! - Dou 5 minutos para dormir, vou marcar no relógio. Fala Emma, que marca a hora.
- M-Ma ... mmy ! - Por favor !
- REGINA ! - Nada de banheiro, agora durma já se passou um minuto. É uma ordem, ou quer ser castigada. - Fala Emma pegando o chinelo do chão, e mostra para Regina que chora.
- M-Ma ... mmy n-não, e abraça o seu ursinho, lágrimas cai de seus olhos .... - Está cansada, e fecha os olhinhos dormindo.
- Ruby presencia toda a cena, está com ciúmes, raiva de Regina mas não pode demostrar para Emma. - Vai fazer de tudo para Emma Swan ser somente dela, pode ver nos olhos da namorada que ama Regina. O modo autoritário, e amoroso que fala. Seus olhos verdes brilham ao lado da Babby Girl, que por sinal é linda. Tem belas curvas em seu corpo.
- Ela é linda Emma, tão fofa ! - Dorme como um anjinho. Fala Ruby, olhando para Regina.
- Regina é única, E a minha Babby Girl ! - Não sei o que seria da minha vida sem Regina, já me apaguei a Ela em apenas dois dias. - Ela é minha bonequinha. - Ruby ! Você está disposta a viver ao meu lado e de Regina ?
- Sim ! - Eu vou até o inferno para ter Você Emma, ao meu lado Eu te amo. - Prometo ser uma boa namorada para Você, e uma Daddy para Regina. - Só preciso que confie em mim, e me ame como antes.
- Se Eu não te amasse não estaria lhe dando a oportunidade de voltar para a minha vida, para o meu coração Ruby ! - Não joque fora a oportunidade de sermos felizes, de ter uma família. - Eu preciso de uma namorada que me ame, e aceite meus defeitos e qualidades.
"Para realizar os seus sonhos você não precisa de muito. Comece de onde já está. Use o que você já tem. Faça tudo aquilo que você pode.Olhe no horizonte... Você já esta enxergando os seus sonhos?"
- Eu te Amo amo Emma ! - Fala Ruby, abraçando a loira e olhando para Regina que dorme. - Também amo nossa Babby, prometo fazer de tudo para Regina ser feliz seremos uma família. - Vou fazer o jantar, para comemorar a nossa volta. E desce para a cozinha. - Emma observa Regina que dorme, abraçadinha a seu ursinho. Levanta sua blusa, e vê as marcas do chicote, estão vermelhas. Pega uma pomada e passa, seu coração se aperta sua Babby geme de dor. - Será que fez a escolha certa, tendo aceito Ruby de volta em sua vida. - Agora tem Regina, seu coração está sangrando, ama as duas mulheres. Cada uma tem a sua beleza tanto física externa e interna.
Não existe nenhum truque pra ser bonita!
"É preciso acreditar em você mesma, na sua beleza interior, no seu ser inestimável, nunca desista de lutar!"
Luana Andrade de Oliveira
- Ruby Lucas, cabelos vermelhos, olhos verdes como esperança, personalidade forte, corajosa.
- Regina Mills, cabelos pretos, olhos pretos como a imensidão da madrugada, personalidade sensível, amorosa, teimosa.
- O que vou fazer ? - Regina Mills, ou Ruby Lucas ? - Meu coração está dividido, beijo a testa de Regina e a cubro. - Desço para a cozinha, e ajudo Ruby a terminar o jantar que é macarronada Bolonhesa com um vinho tinto. - E comemoramos o retorno do nosso namoro, o jantar ocorre bem, depois subimos para um quarto de hospedes e dormimos juntas. - Mas meu pensamento está em Regina, não paro de pensar em minha pequena. Estou preocupada com minha Babby Girl, está meio doentinha e agora dormindo sozinha. - Me levanto sem acordar Ruby, e vou para a cozinha preparo uma mamadeira morninha como Regina gosta, e levo para minha Babby. - Está dormindo, e coloco em seus lábios retirando a chupeta. Que suga todo o leite, sem nem ao menos abrir os olhos. Está tão fofa, troco sua fralda e vejo que está assada, cuido de sua assadura aplicando pomada. E me deito ao seu lado abraçando seu corpo, pequeno. - Durmo inalando seu cheiro de maça da minha Babby, a noite passa tão rápido. Acordo no outro dia com o barulho de meu celular tocando. - Alô, sou Eu mesma estou indo daqui 10 minutos estou aí. Olho para o lado e vejo Regina dormindo, como um anjo. O que vou fazer agora ? - Não posso deitar minha princesa doentinha sozinha !

"Para realizar os seus sonhos você não precisa de muito. Comece de onde já está. Use o que você já tem. Faça tudo aquilo que você pode. Olhe no horizonte... Você já esta enxergando os seus sonhos?"

 

 


Notas Finais


"Algumas oportunidades não voltam apenas porque você se arrependeu."
Clarice Lispector


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...