História Man Of My Live - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Demi Lovato, Ian Somerhalder, Justin Bieber, Nick Jonas, Selena Gomez, Taylor Swift
Personagens Ariana Grande, Demi Lovato, Ian Somerhalder, Justin Bieber, Nick Jonas, Personagens Originais, Selena Gomez, Taylor Swift
Tags Amor De Amigos
Exibições 23
Palavras 1.173
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá meu Exército de Unicórnio Maravilhosos leia as notas finais!!!

Capítulo 7 - Caio


"Um monstro esta mais perto do que você pensa e você nem sabia"

Jonathan Scott

Tasmânia, Austrália, 21.12.2016

Justin olhava para Taylor ainda fazendo um olhar interrogativo para ela, era um olhar com insegurança, ele passou a mão em seu topete loiro e respirou fundo.

-Quando mamãe se casou com Adam, ela nunca contou para a gente sobre você.

-Mamãe tinha contado para mim, não contou para você por que ela tinha medo.

-Medo?

-Medo de fazer as mesma coisas que papai fez.

-Mais mamãe sempre foi ruim para papai.

-Você que pensa, você sempre prefira papai do que ela, desde pequeno Justin, papai colocava coisas na sua cabeça que o fazia odiar mamãe.

-Papai falava que mamãe tinha um amante, um outro homem e que deixaria a gente.

-Mas papai estava certo de uma coisa, ela tinha um amante...

-Que era meu pai, Justin. - Taylor falou*

-Mais Justin ela só começou a estar com esse homem no final do casamento de papai e o dela.

-Mais ai ela deixou a gente Demi!

-Justin ela queria cuidar da Taylor, ela amava a gente!

-Uma mãe que abandona os filhos não ama.

-Justin, por favor entenda, mamãe queria cuidar de Taylor mais não no mesmo teto que papai, queria ter uma família com Adam e ter a Taylor, ela tentava pegar a gente mais papai não deixava levar nós dois, até que ela foi a justiça e o Juiz falou que éramos de papai.

-Por que ela depois dos dezoitos nunca veio atrás de nós?

-Por que quando você estava com seus dessesete ela foi morta.

-Por quem?

-Pelo papai.

-Como assim?!

-Papai estava com raiva dela por ter o trocado.

-Ele queria matar meu pai, mais não conseguiu. - Taylor disse quase chorando*

-Papai era um monstro Justin.

-Não, Não, Não... Mamãe era um monstro.

-Justin por favor ela amava nos três só que meu pai pediu para ela morar com ele e comigo, podia até trazer vocês dois, nossa mãe falava para meu pai o que Jeremy fazia com ela, por isso que ele pediu para ela vir morar com a gente.

-Você tirou ela de nós. - Ele disse com os olhos de raiva*

-Justin, não é culpa dela, mamãe apenas queria que Taylor tivesse uma vida normal, sem o papai aquele homem louco, ela queria que fossemos para o mesmo local que ela mais o Juiz não deixou.

-Mais se mamãe não tivesse ficado com o Adam e nem tivesse a Taylor ela ficaria com a gente.

-Não, ela pegaria nós dois e iamos fugir para outro lugar.

-Papai não era um monstro.

-Pela amor de Deus Justin, pare de proteger Jeremy.

-Ele é seu pai também Demi.

-Sim, um pai que nunca amei, um pai que precisava de um psicólogo, um pai que quase ia estrupar a filha mais a mãe chegou a tempo levando um grande tapa na cara.

-Por que vocês nunca me disseram isso?

-Por que você sempre ia ao lado de papai e mamãe tinha medo de você ficar contra a gente.

-Mais mamãe...

-Justin apenas entenda nossa lado.

Justin olhou para as duas com um olhar de raiva para Taylor e um olhar de curiosidade para Demi, não sabia que Demi sofria com o Jeremy, o pai deles, como será meu pai? E como será a minha mãe? E por que eu amo ficar olhando as estrelas? Vi que Justin olhava para o chão.

-Justin, mamãe sempre falava sobre vocês quando eu era menor, ela amava vocês e ela aprendeu a me amar também.

-Eu... Eu... Eu amava ela.

-Tudo bem, ela sabia que você amava, Justin.

Taylor se levantou e se agachou ficando ao seu lado e o abraçou forte e vi lagrimas grossas caindo dos olhos cor de mel dele, segurei o choro me levantei indo para dentro deixando eles no momento família deles, fui a cozinha e sentei na ilha que tinha, peguei uma maça vermelha e comi um pedaço, eles foram entrando na cozinha e Justin sentou ao meu lado pegando a maça da minha mão e a comendo, Taylor ficou de costa para a pia e Demi também.

-Bom já que troxe você aqui sã e salva, tenho que levar essa pequena lora para Adam, enquanto eu tenho coisas obscenas para fazer em meu quarto com o meu noivinho madico/gatão/gostoso.

-Boa sorte amiga.

-Obrigada, até quarta feira.

-Adeusinho - Disse gritando*

Escutamos barulho da porta se fechando e olhei para os olhos cor de mel de Justin e vi seus olhos vermelhos e ele sorriu, sorri também e limpei uma lagrima parada em sua bochecha, ele desceu da ilha e pegou a minha cintura me fazendo descer também, fomos para a sala e ele ligou a Tv e deitei no sofá me esticando inteira e ele foi a uma prateleira pegando álbuns de fotos.

-Para que esses álbums?

-Nick não te disse? Você só venho para a minha casa para eu te ajudar.

-Ah sim, me ajudar a lembrar.

-Isso ai, mais quando você se senti meio tonta me fale, ok?

-Claro príncipe.

Ele pegou uma foto a onde tinha uma mulher que eu sempre pensava e eu criança ao lado dela olhavamos para as estrelas.

Flashback

Tasmânia, Austrália, 19.7.2005

Vi mamãe novamente no quintal olhando as estrelas junto com um homem de cabelos pretos, olhos castanhos claros e pele bronzeada e Nick também estava lá e todos olhava para o céu, sentei no colo da mamãe e apontei para um estrela que passava.

-Olha mamãe - Disse apontando a estrela*

-É linda né?

-É o Caio?

-Eu não sei meu amor, talvez seja, por que não fala com ele?

-Deixa eu falar com ele primeiro mamãe?

-Não mamãe eu quero fala com o Caio primeiro.

-Vocês dois, parem de graça.

-Mais papai - Disse Uníssonos*

-Sem papai, Ari começa a falar.

Mostrei a língua para ele e ele ficou com cara emburrada, olhei para o céu respirando fundo e fechando os olhos.

-Oi Caio, tudo bem? Bom aqui estou eu a Ari, adivinha quem esta aqui? eu, mamãe, papai e o Nick, bom eu queria saber como você esta ai? Como está a vovó? E o vovô? Sabe quando você vai volta? Eu quero logo te ver, ou te conhecer, eu quero que sabe que eu te amo muito.

Atualmente

Senti Justin me cutucando forte e abri meus olhos sentindo algo escorrendo do meu nariz e indo a minha boca, passei a mão no líquido e olhei vendo meu dedo indicador e o dedo do meio com sangue, olhei para Justin que estava com papel nas mãos e eu sentei no sofá e ele começou a limpar calmo.

-Obrigada.

-Só to aqui para cuidar da minha amiga.

-Justin, quem é Caio?

Ele olhou para mim como se tivesse visto um fantasma e ele engoliu a saco e terminou de passar o papel colocando na mesa de vidro no meio da sala e sentando na mesa.

-Caio era seu irmão gêmeo.

-Eu tinha um gêmeo?

-Quando você estava saindo da barriga da tia Anne você começou a empurrar o Caio mais para dentro da barriga e você saiu e ele ficou enroscado no cordão umbilical o fazendo morrer lá dentro, depois que você saiu tiveram que fazer uma cessaria para tirar o bebê morto dentro da tia Anne e ela teve depressão após parto, ela não queria tocar em você por que sentia raiva de você por ter "matado" seu irmão.

-Eu... Matei o meu irmão?


Notas Finais


Meu Exército me desculpe por ter demorado pra Caralho!!!! Eu estou tão ocupado cm o último bimestre e com um gato q eu estava catando mais ele terminou cmg pq eu sou super Dogona 😂😂 mais aqui estou eu, bom agora eu vou postar todas as quartas ok meu Exército? Não esquece amo vcs viu?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...