História Mande Esperança - Min Yoongi, Suga (Reescrevendo) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Monsta X
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Ki Hyun, Rap Monster, Suga, V
Tags Adolescência, Bangtan Boys, Bts, Kpop, Min Yoongi, Myg, Romance, Suga
Exibições 42
Palavras 863
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura ♡

Capítulo 1 - Um garoto triste


Fanfic / Fanfiction Mande Esperança - Min Yoongi, Suga (Reescrevendo) - Capítulo 1 - Um garoto triste

Kihee's point of view

 

Era o primeiro dia de primavera e a Coréia ficava tão linda naquela estação, eu estava indo a caminho da minha escola que não era muito longe dali, até que sinto alguém cutucar meu ombro direito, olho na direção e não vejo ninguém, bom devia ser coisa da minha cabeça, dou mais alguns passos e sinto de novo, agora no esquerdo, dou uma leve risada e me viro de uma vez pegando meu amigo no flagra.

 

- Aha! Jungkook, sabia! - Vejo ele dar um sorriso amarelo.

- Bom dia baixinha, como se sente nessa manhã? - Ele pergunta enquanto voltávamos a caminhar.

- Muito feliiiiiiiiiiz! - Digo super animada dando piruetas até ficar um pouco tonta.

- Talvez seja porque encontrou seu oppa favorito mais cedo hoje? - Ele lança outra pergunta me segurando para que eu não caísse.

- Nada haver, que eu saiba eu te odeio. 

- Mas o que? - Ele ri - Ata, me odeia tanto que vive na minha cola.

 

Resolvi não responder, aliás eu sabia que na verdade é o contrário, ele que vive em cima de mim.

 

- Bom dia Kook e Naki! - Saúdam alegres nossos amigos ao chegarmos na escola.

- Iai? Como estão felizes hein? - Dou um sorriso pela felicidade deles.

- Ah, Naki é que a primavera é tão bonita! - Namjoon explica.

- É minha época favorita do ano! - Diz Taehyung com seu sorriso fofo.

- Oh, sim, com certeza e é exatamente o motivo pelo qual eu estou tão feliz hoje - Digo olhando para Jungkook que balança a cabeça negativamente, Jimin, Jin e Hoseok logo entendem o que estava se passando novamente e riem com a cena.

[...]

O sinal da escola tocou e entramos para nossas salas, e eram as mesmas aulas tediantes de sempre, eu realmente não consigo prestar atenção nelas, na maioria das vezes fico desenhando na minha mesa ou passando bilhetinho para o Kook, Tae ou Jimin, que são da mesma sala que eu, mas por incrível que pareça minhas notas sempre foram boas, sempre tiro 9,0 ou 10,0 e nos casos extremos 8,0. 

No final das aulas, fiquei um tempo a mais na escola para resolver um trabalho que o professor de Fotografia havia passado em grupo, nosso grupo era eu, Taehyung, Jimin, Jungkook e um garoto da nossa sala chamado Kihyun, o trabalho constituía apenas em tirar fotos de coisas, lugares ou pessoas que nos chamassem atenção e depois deveríamos explicar na frente dos outros alunos e do professor por que aquilo nos chamou atenção, assim que terminamos de escolher quem ia ficar encarregado do que fazer, fomos cada um para nossas casas. Eu, Jungkook e Kihyun iremos tirar as fotos porque segundo o Jimin somos os mais criativos do grupo.

 

[...]

 

Ao entrar em casa logo grito para meus pais que tinha chegado, como não tive resposta, pego meu celular e vejo que era uma quinta-feira, dia da semana em que meus pais ficam mais tempo no trabalho.

Fui à cozinha, como era de esperar minha omma tinha deixado o meu almoço preparado, assim que fiz minha alimentação subo as escadas, indo em direção ao meu quarto, troquei minha roupa e deitei na cama. 

Comecei a pensar em algo para fotografar, sem sucesso, resolvo dar uma olhada na janela do meu quarto pra ver se conseguia inspiração, eu poderia tirar fotos da estação, porém Kihyun tinha dito que já ia fazer isso, eu ainda estava procurando algo na janela quando vejo um garoto atravessando a rua que me chama atenção, ele possuia uma pele bem pálida e seus cabelos pintados de um tom de rosa estavam levemente bagunçados em seu rosto por causa do vento, sem pensar duas vezes peguei minha preciosa câmera e fui atrás do garoto, eu estava apenas à alguns metros dele, quando o mesmo deixa suas chaves caírem, aproveito para me aproximar um pouco mais, enquanto ele se abaixa para junta-las, eu finjo estar tirando fotos das árvores, quando se levanta, discretamente ponho minha câmera em sua direção, a imagem parecia um pouco longe então tive que dar um zoom em seu rosto, ao fazer isso percebo que ele possuía um olhar triste, o que me fez abaixar a câmera por um momento, assim que fiz a ação, ele continuou a andar, para a minha infelicidade, chegando em seu destino, uma pequena casa de tons claros, mas que possuía um ar tão triste quanto o olhar do dono. 

Fiquei com uma cara emburrada, não tinha tirado uma única foto, e agora? Decido que no outro dia ia ficar de olho na rua de frente a minha casa, até o menino de pele pálida aparecer novamente, fiz meu caminho de volta pensando no mesmo. Por que um garoto tão lindo possuía um olhar tão sofrido? Nunca vi alguém tão triste na primavera! 

Quando chego em casa meus pais já estavam a minha espera, após eu falar como havia sido o meu dia e explicar que dei uma saída por conta de um trabalho, subi para fazer meus deveres de casa e estudar as matérias que eu não tinha prestado atenção, como sempre.


Notas Finais


YEYYY, primeiro capítulo, o que acharam?, sei que tá meio chato, mas foi só pra vocês conhecerem um pouco a Naki, próximo capítulo o Yoongi já entra gente! :)
Espero muito que vocês tenham gostado!
Beijinhos de Sugaaaar ♡ Kah


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...