História Mande Esperança ❥ Min Yoongi - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Tags Adolescência, Bangtan Boys, Bts, Kpop, Min Yoongi, Myg, Romance, Suga
Exibições 20
Palavras 1.201
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá meus amores! Estou postando mais um capítulo para vocês ♡
Sobre o primo da Naki, ele foi super inspirado no meu irmão KKK,
Perdoa os meus erros no Português e não desiste de mim!
Boa Leitura~ ☆•°

Capítulo 3 - Qual é o seu problema?


Fanfic / Fanfiction Mande Esperança ❥ Min Yoongi - Capítulo 3 - Qual é o seu problema?

》Na Kihee《

Eu não fazia idéia de onde estava, tudo estava escuro e era incrível como eu não sentia nenhum medo no momento, encontrei na parede o interruptor, o liguei, então o lugar clareou completamente, assim permitindo eu ter uma das visões mais incríveis da minha vida, uma montanha de pelúcias! Pelúcias de todos os tipos, tamanhos e cores, dei um sorriso tão largo, que temi que minha pele se rasgasse. Pulei em cima daquele "mar" de fofura e no meio de tantos fiquei apaixonada por um ursinho gigante que possuía tons claros de rosa e roxo, com coraçãozinhos ao redor do corpo, quando já estava para agarra-lo... 

... Sinto um líquido super-gelado ser jogado do nada na minha cara 

- AAAAAAAH! - Grito de desespero, arregalando meus olhos e sentando na cama, onde antes eu estava deitada 

- Na-Naki - Meu priminho de 9 anos fala com dificuldade, por causa do ataque de risos que estava tendo 

- Argh! Jeongmin, o que você está fazendo aqui? - Pergunto um pouco irritada 

- Sério, eu queria tanto ter gravado a sua cara - Ele ignora a minha pergunta ainda rindo 

- Responda, por que diabos está aqui e por que derramou um baude de água em mim? - Exijo explicações 

- Ok, olha, primeiro, hoje meus pais não vão poder me deixar na escola, então eu vou com você e segundo, sobre a água, sua mãe pediu para que eu te acordasse - Ele deu um sorrisinho de "santo" 

- Nossa, será que não dá pra me acordar de forma mais normal não? Agora xô, que eu preciso me arrumar!

Assim que ele saiu, fecho a porta dando um longo suspiro. Por que esse menino tinha que ser meu primo? E por que eu que tenho que levar ele pra escola? Tomei um banho e coloquei meu uniforme. Desci para tomar café da manhã com a minha família antes de sair. O caminho inteiro Jeongmin não parava de falar sobre os pokémons que havia pegado outro dia, por sorte dessa vez seus pais não deixaram ele levar o celular, pois sempre que ele vai comigo para escola, fica pedindo pra parar em vários pokéstops ou ginásios. 

- Pronto, agora vai falar de snorlax longe de mim - Digo ao chegarmos ao nosso destino 

Poucos minutos depois o sinal tocou e nem pude falar com meus amigos direito. Na aula passei um bilhetinho para Taehyung, Jungkook, Jimin e Kihyun, falando que não consegui tirar a foto no dia anterior, mas que se tudo desse certo hoje mesmo o faria, Tae no recreio veio perguntar sobre o que eu iria fotografar, respondi que isso era surpresa, pois fiquei com vergonha de falar que queria fotografar um garoto. Voltei para casa sem Jeongmin, porque o mesmo foi pra casa de um amigo. Almocei com meus pais, depois que eles voltaram para o trabalho, subi as escadas, troquei de roupa rapidamente e fiquei na janela rezando para que o garoto pálido passasse novamente. Esperei, esperei e nada, olhei às horas, já ia dar 3:00, lembrei que no outro dia quando o vi eram três e pouco, resolvi ficar ali por mais um tempo, o que valeu muito a pena, porque ele apareceu novamente, não podia perder a chance, peguei a câmera fotográfica e sai correndo de casa, barruei em algumas pessoas no caminho, pedi desculpas, mas não tirei meus olhos dele, chegamos em uma praça que não estava muito movimentada, o menino sentou-se em um banco e deu um suspiro de cansaço, eu estava um pouco atrás dele, o observando. Como é que eu ia fazer pra tirar uma foto dele sem que ele me notasse? Passei por ele indo até uma grande árvore que ficava um pouco mais na frente dos bancos, me encostei na árvore em um ângulo que ele não podesse me ver, não tinha como eu fazer essa fotografia, então percebi que pertinho dali havia uma casa rodeada de canteiros com lindas flores, andei até o local discretamente fingindo estar procurando o que tirar foto, virei meu rosto na direção do garoto, vi que ele estava concentrado em seus pensamentos, seus olhos estavam fechados e seus cabelos balançando com o vento, era o momento perfeito, me escondi entre as folhas, ajeitei a iluminação da minha câmera e finalmente tirei uma bela foto, porém um momento depois fui inventar de tirar mais uma, e o garoto acabou percebendo. 

- Ei! - Ele chamou minha atenção

Gelei no meio do canteiro.

- Ei garota! - Ele repetiu se aproximando de mim - O gato comeu sua língua? - Ele pergunta por não ter tido resposta 

- N-não - Gaguejo saindo das plantas

- Você estava tirando uma foto minha ou é minha impressão? - Ele pergunta friamente 

- E-eu? Não! Estava apenas tirando foto d-da paisagem - Tenho certeza que eu estava toda vermelha 

- Não minta! Você estava ou não? - Ele pergunta novamente 

- Bem, sim, eu estava... - Falo abaixando a cabeça 

Acho que mais tarde teria que procurar outra coisa para fotografar, realmente foi muita falta de respeito minha, tirar foto das pessoas sem autorização das mesmas, eu só estava esperando que ele pedisse minha câmera para apagar a foto. 

- Qual é o seu problema? Me dê essa câmera agora! - Eu o entrego a câmera e como eu estava esperando ele exclui a foto 

- Tome - Ele me devolve 

Eu pedi desculpas tão baixinho, que provavelmente o garoto não escultou, e me virei para ir embora, mas o mesmo me segurou pelo meu braço. 

- Ei, aonde pensa que vai? - Ele pergunta com as sobrancelhas em formato de V, fiquei sem entender - Vamos, tire uma foto melhor, eu sei que você consegue - Fala sorrindo pela primeira vez 

Seu sorriso era tão doce, era um dos sorrisos mais lindos que eu já tinha visto. O encarei por um tempo hipnotizada pelo sorriso, até que ponho a câmera na frente dos meus olhos novamente e tiro uma foto mil vezes melhor que a anterior, fico olhando para ela e dou um pequeno sorriso. 

- Qual é seu nome garotinha? - Ele pergunta, fazendo meu olhar parar no mesmo 

- Naki! Quer dizer meu nome é Na Ki Hee, mas me chamam de Naki - Respondo - E o seu? 

- Min Yoon Gi - fala - Posso te perguntar uma coisa? 

- An, claro... 

- Por que estava me fotografando? - Ele deu uma leve risada 

Expliquei que era por causa de um trabalho, expliquei também com bastante vergonha que ele tinha me chamado atenção, ele ficou feliz e estranhou que alguém como ele podia ter chamado a minha atenção, nossa conversa demorou apenas alguns minutos, até ele olhar para seu relógio e ver que já estava na hora de ir, quando Yoongi já estava alguns passos longe, gritei: 

- Min Yoongi! 

- Oi? - Ele se virou na minha direção 

- Eu posso te chamar de Suga? - Pergunto 

- Pode sim Naki, mas por que Suga? - Ele pergunta estranhando o apelido 

- Ah, porque você tem a pele branquinha como açúcar e seu sorriso... Ele é tão doce... - Explico completamente corada e com um sorriso envergonhado


Notas Finais


Iae, gostaram? Eu fiquei um longo tempo pensando se colocava um Yoongi bonzinho ou um frio, era pra ele ser frio no começo, mas ouve algumas mudanças na história...
Beijinhos e até o próximo capítulo!
Kah ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...