História Manners - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jennifer Lawrence, Jogos Vorazes (The Hunger Games), Josh Hutcherson
Personagens Annie Cresta, Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson
Exibições 28
Palavras 808
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiii gente to tao animada por voltar com a fic, ia postar esse cap so quarta mas eu n aguentei pq sou ansiosa hahahahah.
Espero que gostem, to preparando coisas grandes

Capítulo 13 - Parece que eu sei me defender agora




   

-por que você falou que ele era idiota? Ele é muito legal - coro na hora - pelo menos você não mentiu quando falou que ele era bonito- fico sem reação.

 

   - eu sei que sou maravilhoso- ele diz para Prim. - mas então é verdade que você me acha lindo?

 

  Antes que eu pense em falar algo prim fala:

   - eu quero bolo.- meu deus que menina aleatória, mas ate que foi útil


 

 - o senhor maravilhoso vai fazer- ele abre a boca pra falar mas o corto - nem reclama, você falou que sabe cozinhar. 
 

- mas...


 

- sem mais pegar o dinheiro e a gente vai pro mercado.

 

  Subo , pego minha camera, o dinheiro e saimos. Chegamos no mercado compramos tudo e acaba que nem o filmo, voltamos pra casa e ele vai arrumando as coisa e o obrigo a botar um avental.

  -  NEM MORTO QUE EU VOU USAR UM AVENTAL ROSA COM FLORES. - rio dele 

  - vai sim meu amor, ou voce quer deixar uma menininha triste- falo isso e olho pra prim a incentivando a fazer bico.

 

  Ele pega o avental puxando da minha mão se dando por vencido e eu e prim rimos de sua irritação a gente so para quando ele fala: 


 

- podem parando de rir porque a katniss vai usar tambem- logo fecho a cara 

 

  - eu não vou colocar isso, ta louco??- ele me olha com uma cara de desafio.

 

  - entao parece que vou ter que colocar em você. 

 

  Quando diz isso saio correndo pela cozinha e prim ri, mas ele me alcança e bota o avental em mim,nem preciso dizer que fiquei reclamando, mas quando ele vai amarrar o avental ele passa as mãos pela minha cintura e me arrepio toda. POR QUE ESSSE MENINO TEM ESSE EFEITO EM MIM?


 

Ele me solta e quando olho pro lado prim esta tirando fotos.


 

- menina como você sabe que tem que tirar  fotos??


 

- o peeta me contou- faz sentido - o que aconteceu hoje? Você nao me acordou pra ir pra escola.

 

  Tinha me esquecido disso, o que eu vou falar pra ela? Se eu contar que minha mae teve um surto ela vai ficar triste e eu odeio ver ela assim, acho que peeta percebe minha demora pra responder e diz:


 

- sua irma ficou comigo hoje depois da aula pra definir umas coisas do trabalho.


 

Primeira vez que esse menino fala algo que preste.

 

  - entao vamos fazer bolo - falo- prim filma a gente por favor?


 

- claro e eu posso tirar fotos pro peeta tambem. 
 

Ela responde e todos concordamos, começamos a fazer o bolo, na verdade o peeta faz e eu fico parada porque eu nao tenho nenhuma aptidão pra cozinha. A prim fica filmando e tirando fotos, quando ja ta na hora de passar pra forma eu falo:
  - vamos por uma musica, isso aqui ta muito desanimado. 

 

  Eu pego meu celular e boto sex with me e começo a cantar e dançar e peeta so fica olhando, ops comendo com os olhos. Finjo que nao to vendo e viro de costas 

  - se você continuar me provocando assim eu te agarro agora- ele fala com uma voz tao sexy que faria qualquer menina gozar so de escutar.
 

- experimenta encostar um dedo em mim.  

  Quando ele vai responder a prim grita:
 

- EU TO VENDO ISSO AI- travamos na hora- vou pro meu quarto estudar a materia que eu perdi, nao se comam na minha ausência. 

  Nem olho pro peeta, passo o bolo pra forma e entao me abaixo pra coloca-lo no forno.

  -onde a gente tava mesmo?- pergunta se aproximando de mim.
 

- hum deixa eu ver- finjo estar pensando- na parte que eu falo pra voce nao encostar um dedo em mim.

  - se nao você faz o que? 

  Nem da tempo de responder pois ele me prensa na parede.
 

- acho que agora nao tem como você se defender- aquele filho da puta fala sorrindo safado

  - peeta me larga, vamos crescer um pouco ne? 
 

Ele  ignora o que eu falo (como sempre) e me beija mas dessa vez eu não correspondo, foi dicil? Foi mas consegui. Quando tenta afundar o beijo eu chuto seu "amiguinho" e ele me solta.

  - parece que eu sei me defender agora.

  Falo e saio andando pra ver tv e ele fica na cozinha muito puto, o bolo fica pronto, eu chamo a prim e vou chamar minha mae mas ela continua dormindo e prefiro nao acorda-la. A gente come o bolo e peeta ignora tudo que eu falo so responde a prim, ele da tchau ainda muito puto e vai embora, eu subo ajudo minha mae a tomar um banho, dou sua comida e vou dormir pensando em como vamos continuar o trabalho depois de hoje.
 
 


Notas Finais


O cap foi pequeno so pra dar continuidade pra historia, espero aue tenham gostado.
Comentem o que estao achando e o rumo que vocês querem que a historia tome.
Beijos bea


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...