História Mansão Creepypasta - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~parkcah

Postado
Categorias Jeff The Killer, Lendas Urbanas, Mario, Minecraft, Motoqueiro Fantasma, Pokémon, Slender (Slender Man)
Personagens Balloon Boy, Ballora, Bendy, Bonnie, Bonnie Hand Puppet (Bonbon), Bonnie the Bunny, Boris the wolf, Chica the Chicken, Circus Baby, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Funtime Foxy, Funtime Freddy, Golden Freddy, Herobrine, Jeff, Joey Drew, Mario, Nightmare, Nightmare Balloon Boy, Nightmare Bonnie, Nightmare Chica, Nightmare Foxy, Nightmare Freddy, Nightmare Mangle, Personagens Originais, Pikachu, Sammy Lawrence, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Jason The Toymaker, Jeff The Killer, Sexo
Visualizações 25
Palavras 673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Medo do passado..........!!!! PT 2


Continuação do flashblack

Acordo com minha cabeça girando, tento me levantar mas tem alguém me abraçando impedindo de me levantar, olho pro lado e vejo que era o Jason, faço carinho em seus cabelos vermelhos chamativos e aos poucos ele abre seus olhos, quando ele me vê acordada me abraça muito forte.

Jason- finalmente você acordou!! -se levanta da cama ainda me abraçando e retribuo da mesma maneira

Eu- fiquei quanto tempo desacordada??

Jason- 2 dias inteiros -fico surpresa

Escuto a porta sendo aberta devagar, olho pra ela vendo o Toby me olhando com um sorriso enorme, Jason para de me abraçar e fala no meu ouvido:

Jason- ele passou esses dois dias no seu lado e quase não comia nada

Sem perceber as lágrimas caiam em meu rosto, mas eram lágrimas de felicidade, finalmente alguém que se importa comigo, depois de anos sendo tratada como uma marionete, corro até o Toby e o abraço forte, ele retribui da mesma maneira me levantando me fazendo cruzar minhas pernas em volta da sua cintura, ele segura meu rosto e me beija, um beijo que transmitia carinho e saudade, quando menos percebo estou deitada na cama com ele por cima de mim passando suas mãos em meu corpo, eu estava no meu primeiro beijo, e a primeira vez com um garoto em uma cama mesmo não sendo nada, ele para o beijo por falta de ar e me olha intensamente.

Toby- senti tanta sua falta, me senti tão sozinho sem você no meu lado

Eu- mas agora vou está aqui, sempre no seu lado -eu sorrio e ele faz o mesmo com um brilho em seus olhos

Toby- eu te amo Maria -fico vermelha e ele ri, é a primeira vez que alguém fala que me ama, o Toby foi o primeiro garoto que eu me apaixonei

Eu- também te amo, sempre te amei des da primeira vez que eu te vi -ele sorri e volta a me beijar

Toby- temos sorte que o Slenderman te colocou no meu quarto, mais privacidade -olho pelo quarto e vejo que estamos sozinhos, Jason deve ter saído quando eu abraçei o Toby

A parti dai tive a melhor noite de todas, mas sem sexo, só beijos e carinhos, ele sabe que ainda sou virgem e não quero perde ela tão cedo, no dia seguinte o Slenderman me amostrou toda a mansão e onde era meu quarto, e naquele momento, sabia que minha vida ia mudar de ponta cabeça.

Fim do flashblack

Meia hora depois

Eu já estava melhor com a situação dos meus pais, tava vendo Rick e Morty com o Masky, Maira e Ben de boas quando o Puppeteer entra na mansão desesperado.

Eu- o que ouve Puppet?? -o chamo pelo apelido que eu dei pra ele, em homenagem a fnaf que é seu jogo favorito 

Puppet- eu vi ela.......a Vitoria -fala correndo indo pro seu quarto, eu tava comendo pipoca e me engasguei quando ele falou Vitoria, faz mais de 2 anos que não vejo ela, o Masky me ajuda a desengasgar e voltar a respirar novamente, Puppet volta com um kit de primeiros socorros, me desespero e vou junto com ele pela floresta procurando ela

Olho mais pra frente e vejo ela, encostada em uma árvore, com uma de suas mãos na barriga, Puppet a vê e corre até ela, vou junto com ele e tento distrai-la enquanto ele mexe no ferimento dela.

Eu- como você veio aqui Vi??

Vitoria- seus pais.......me capturaram e........me forçaram a ajuda-los a te........encontrar -fala tentando respirar 

Eu- e você conseguiu fugi -ela afirma com a cabeça- vou mata-los um dia, mas agora vamos voltar pra mansão

O Puppet pega ela no colo e vamos para a mansão, entramos e ele à leva para seu quarto pra cuida dela, volto pra sala e tento me concentrar no desenho mas não consigo, pensar que meus pais capturaram minha amiga pra força-la à me encontrar é passar dos limites, a morte deles vai ser totalmente planejada, lenta e dolorosa como deve ser.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...