História Mansão Teen pra Garotos Gays - Capítulo 16


Escrita por: ~

Exibições 120
Palavras 1.153
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Orange, Romance e Novela, Saga, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus amores! Capítulo novíssimo! Não deixem de comentar oque acharam! Beijos!

Capítulo 16 - O Caderninho


Fanfic / Fanfiction Mansão Teen pra Garotos Gays - Capítulo 16 - O Caderninho

          Biel e Andrew se deitaram na beira da piscina pra tomar sol, os dois estavam de sunga, daí Biel olhou pra Andrew e falou:

- Se você tá pensando em voltar pra aquele lugar, eu vou fazer de tudo pra te manter do meu lado! Eu vou te encher de carinho! Te amo lindo!

  Biel começou a beijar Andrew delicadamente, depois pegou um brozeador e começou a passar primeiro nas pernas de Andrew, enquanto passava massageava ele, depois começou a passar no abdomên, no peitoral e nos braços de Andrew, Andrew sorria e relaxava com aquela massagem carinhosa, daí Biel falava:

- Andrew! Eu te amo! Não volta pra mansão! Eu quero levar a sério oque temos juntos!
- Amor, eu já disse que não vou embora! A cada dia que passamos juntos eu sinto que você me ama de verdade!
(Andrew então carrega Biel o beijando muito e o pôe deitado)
- Oque é isso Andrew?
- Agora é a minha vez de passar bronzeador em você!

  Andrew primeiro mandou que Biel relaxasse e começou a beijar todo o corpi dele, Biel sorria lindamente enquanto Andrew fazia isso, daí Andrew começou a passar o bronzeador em Biel que ria bastante pois sentia cocégas, Andrew massageava Biel com muito carinho e com muita delicadeza, até que Biel puxou Andrew e pulou na piscina, os dois mergulhavam e se beijavam embaixo d'água, quando saíram pra respirar um pouco se apoiaram na beira da piscina:

- Biel! Você tá louco? Tá certo, que eu amei namorar em baixo da água, mais vai que eu me afogo!
- Que nada amor! E se você se afogasse eu tô aqui pra te salvar! Te amo môzão!
- Também, mozão! Vem cá me beija!
(Biel e Andrew se beijam, daí Andrew estranhou uns sorrisos e uns olhares que Biel lançava enquanto se beijavam, daí Andrew fala)
- Oque houve amor? Porquê tá rindo? Eu tô fazendo algo errado?
- Não! É que eu tô com vontade...
- Vontade de quê?
- De tranzar! Vamo lá, vamo mô!
- Jura amor? Agora?
- E tem hora pra isso? Vamo lá! Eu quero um pouquinho de carinho! Vamos mô!
- Tá vamo!

 Andrew e Biel foram pro quarto de mãos dadas, e ao chegarem no quarto Andrew senta na cama e Biel senta no colo dele tirando a sunga, daí começaram a dar um beijo de língua delicioso, Andrew chupava Biel no pescoço e apertava a bunda dele, depois Biel pediu pra Andrew chupar os mamilos dele, Andrew atendia a todos os pedidos de Biel, ele queria satisfazer Biel, daí os dois começaram a se lamber um ao outro ao mesmo tempo, daí Biel falou:

- Mô, agora eu quero que você me faça ter uma experiência como passivo, eu nunca fui passivo numa relação, e eu quero que você me satisfaça!
- Então vem cá! Vai ser um prazer tirar sua virgindade!

 Então Biel tirou a sunga de Andrew e começou a chupar o pênis dele, Andrew gemia de tanto prazer, daí Biel ficou de quatro e Andrew começou a chupar o ânus de Biel que suspirava bem fundo, Andrew acho melhor parar pra não machucar Biel, só que Biel não deixou que ele parasse dizendo que queria deixar ele louco de prazer, Andrew então continuou a estimular o ânus de Biel enfiando um dedo de cada vez dentro, depois pôs bastante lubrificante no pênis e sentou, Biel sentou no colo de Andrew e Andrew com todo cuidado alojou o pênis dele no ânus de Biel, Biel então começou a sentar no pênis de Andrew aceleradamente, Andrew gemia de tesão ouvindo os gemidos de Biel, ele sentava sem dó e ainda rebolava no pênis dele, logo os dois gozaram e foram tomar um banho bem quente.
    Enquanto tomavam banho conversavam:

- E então Biel? Você gostou da sua primeira vez como passivo?
- Amei! Você soube me dar prazer amor! Eu não senti tanta dor! Mano, eu te amo! Eu ainda vou me casar com você!
- Nossa! Que pressa em casar!
(Daí começa uma tempestade bem forte)
- Andrew, essa tempestade veio em boa hora sabia?
- Porquê?
- Porquê o frio serve pra gente dormir bem agarradinho!
- Amor, ainda são cinco da tarde!
- E oque que tem mô? Vamo ficar juntinho!
- Então tá! Também tô àfim!

 Andrew e Biel vestiram seus pijamas e voltaram pro quarto se beijando, se deitaram na cama e Biel pediu:

- Andrew, me abraça? Eu quero dormir de conchinha!
- Tá carente né mô?
- Eu tô carente! Eu tô precisando ficar bem agar radinho com você! Vem cá!
- Tá com frio?
- Bastante!
- Então é melhor mesmo eu te aquecer!
- Meu lindo! Vem vamo dormir um pouco!

 Biel e Andrew logo dormiram bem coladinhos, Biel estava louco de amor por Andrew e sabia que ia fazer de tudo que deixasse o Andrew feliz, Andrew estava apaixonado também, porém tinha medo de isso tudo não passar de uma fantasia, afinal quando ele investiu em um namoro foi traído.
      Daí Andrew acordou no meio da noite, a chuva ainda estava bem forte e Biel dormia tranquilo, Andrew começou a fazer carinho nele e também o observou enquanto dormia, até que ele lembrou de algo que havia lhe despertado a curiosidade, ele lembrou daquele caderninho que Biel passou um tempinho escrevendo, ele então levantou sem fazer barulho e procurou o tal caderno, ele logo achou, mas quando ia abrir pra ver oque tinha escrito deixou o caderno cair no chão e Biel acordou assustado com o barulho:

- Oque houve amor?
- Nada Biel!
- Oque você tá fazendo com o meu caderno na mão?
- Porquê? Eu não posso olhar?
- Eu acho melhor não! Você só vai poder saber oque está escrito quando estiver na hora certa!
- Nossa amor, você nunca falou comigo assim? Oque você tá escondendo?
- Eu não tenho nada pra esconder de você amor! E eu não quero ser grosso com você! Eu só quero que confie em mim!
- Olha Biel, eu não sei, eu...
- Você confia em mim?
- Bem... Eu confio!
- Então para com isso e vamo dormir! Vem cá vem! Mô, eu te amo, desculpa se eu fui grosso!
- Não Biel! Você não foi grosso! O problema sou eu! Eu sou muito ciumento! Já que me decepcionei com o último relacionamento que tive!
- Amor! Olha nos meus olhos! Eu prometo que oque está nesse caderninho só prova que na verdade o meu amor por você é infinito, e quando você descobrir oque tem nele você vai saber o quanto eu te amo!

  Biel puxou Andrew o abraçando e o beijando muito, faziam carinho um no outro, Biel tinha um plano que com certeza daria certo, e se ele desse certo logo Andrew se casaria com ele.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...