História Mansão Teen pra Garotos Gays - Capítulo 2


Escrita por: ~

Exibições 549
Palavras 1.404
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Orange, Romance e Novela, Saga, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente! Vamos agora com mais um capítulo! Por favor sintam - se a vontade pra comentar oque acharam!

Capítulo 2 - Hoje é a Festa


Fanfic / Fanfiction Mansão Teen pra Garotos Gays - Capítulo 2 - Hoje é a Festa

  Andrew pegou no sono, estava dormindo apenas de cueca, até que acordou assustado com o barulho da porta que se abriu brutalmente, ele achou que fosse o David mais logo percebeu que era um outro garoto que foi falando:

- Você é o Andrew não é?
- Sou sim, e vc quem é?
- Sou Mitchell.
- Mitchell?
- Mitchell Hope, prazer em conhecê - lo!
- Em que posso ajudar?
- Você pode me ajudar chegando pra lá, sou seu colega de quarto, e você tem que dividir essa cama comigo!
- Você é o meu colega de quarto?
- Sou sim, aposto que a primeira coisa que você estranhou quando entrou aqui no quarto foi a cama de casal né? Vou te explicar o porque, é que somos colegas de quarto, só que quando rolar um clima e nós quisermos tranzar precisamos estar na mesma cama né?
- Você tá doido cara? Eu acabei de te conhecer!
- Andrew, você acha que aqui é assim que funciona, pois não é não, basta você achar alguém interessante e ter um lubrificante em mãos pra garantir um sexo gostozo por aqui! Você vai cansar de tanto tranzar, afinal você parece um deus grego e lindinho desse jeito, todo mundo vai ficar de olho em você!
- Olha Mitchell, obrigado pelos elogios, mais antes de qualquer coisa eu não sou desses que sai tranzando com o primeiro que vê pela frente!
- Acho bom você mudar de pensamento até hoje à noite, afinal hoje vai ocorrer o evento Red Light Special.
- Estou sabendo...
- Meu querido, você não sabe de quase nada, sabe qual é a roupa que você vai ter que usar na festa? Nenhuma! Todos tem que estar pelados durante a festa! E só pra você ficar ciente, a festa começa hoje à noite e só acaba na noite do dia seguinte!
- Eu podia apostar que isso tá semelhante à uma orgia!
- Pois é né? Deixa eu me arrumar que só faltam 20 minutos pra festa!
(Mitchell tira toda a sua roupa e fica completamente pelado, Andrew ficou realmente encantado porquê além de lindo ele era gostoso)
- Porquê você não tira uma foto Andrew, daí você pode tocar uma punheta enquanto me admira!
- Hahahá! Engraçadinho, até agora, desde o primeiro minuto que pisei aqui eu só ouço falar de sexo e homens nus, só isso!
- Então é melhor ir se acostumando ok? Aqui é assim mesmo, a gente sabe desfrutar de um bom momento de sexo!

Passou - se um tempo e Andrew e Mitchell ainda conversavam e pareciam estar demonstrando interesse um pelo outro, até que Mitchell falou:

- Andrew, falta 5 minutos pra irmos pra festa, então acho bom você tirar essa roupa pra que nós possamos ir!
- Olha cara, eu tenho vergonha, nunca tirei minha roupa toda na frente de outro cara não!
- Mais eu não me importo, você vai ter que se acostumar com isso, andar pelado por aqui é uma coisa totalmemte normal!
- Então tá!
( Andrew então tirou a roupa e ficou completamente pelado, Mitchell arregalou os olhos e abraçou Andrew enquanto acariciava suas costas, beijou e lambeu seu abdômen e desceu com seus beijos até o pênis de Andrew, daí ele lambia a cabeça do pênis enquanto Andrew gemia deliciosamente, porém quando estava perto de gozar interrompeu)
- Para Mitchell! Olha, desculpa, mais você tem que saber que só vou fazer isso quando chegar a hora certa e com a pessoa certa!
- Não posso te obrigar né! Você ainda não teve uma primeira vez com outro garoto?
- Não, tentei ter uma primeira vez com uma mulher mais não senti o minímo de prazer!
- Vou te respeitar tá! Mais espero que você me escolha pra fazer isso! Vamos logo pra festa! Já tá na hora!
- Vamos!

Daí Andrew e Mitchell foram pra o local da festa, a festa não iria acontecer no salão de festas mais sim na área de lazer que tinha um imenso espaço, assim que Andrew observou percebeu que a festa se tratava de um festival de suruba, todos estavam pelados, tranzando e além de tudo, contrataram protitutos e stripers pra que aquela suruba gay ficasse completa, Mitchell falou com Andrew que iria no bar beber um drink então Andrew aproveitou a situação pra conhecer melhor o lugar e as pessoas, até que ele foi passando por perto da piscina e estavam um grupo de garotos se masturbando enquanto assistiam um cara lá metendo em um prostituto, daí o cara virou pro Andrew e falou:

- Ô novato! Eu sou o Taylor, vem aqui participar da diversão, vamos fazer sexo à três você vai ser o último da fileira, ou seja vem cá me foder!
- Não valeu! Prefiro observar por enquanto!
- Peraí novato? Você não gosta de me ver fazer isso?

Assim que perguntou isso o Taylor começou a meter mais rápido no prostituto que gritava:

- Me foda! Ahhh! Ai! Amm! Vai, isso, mete esse pauzão gostoso nesse rabo! Ahhhhh, ahhhhhh, AHHHHHH!

      O pau do Andrew ficou duro rapidamente e ele achou melhor sair dali, e foi direto para as mesas dos stripers, ao chegar lá viu um garoto lindo, com um corpo definido e maravilhoso tranzando com um stripper em cima da mesa, daí o garoto olhou pra ele também e ficaram parados encarando um ao outro, daí o garoto desalojou o seu pênis do ânus do stripper e foi em direção à Andrew que saiu e o evitou, porém o garoto ficou o olhando de longe a noite toda e do nada sorria como se estivesse encantado com Andrew, daí Andrew sentiu alguém o encoxar por trás, era o Spike o motorista da limousine, ele estava pelado e Andrew logo pensou: Se ele com aquele uniforme é sensual imagina agora que tá pelado!
Daí Andrew curioso pra saber quem era aquele garoto perguntou pro Spike:

- Spike, você pode me dizer quem é aquele cara que tá ali me olhando perto das caixas de som?
- Aquele é o Jake T Austin, o maior pegador aqui da mansão!
- E você já tranzou com ele?
Já! E ele é uma verdadeira máquina de tranzar! Mais se fosse você não me metia com ele, aproveita que eu tô aqui Andrew e vamos ali naquele canto!
- Desculpa Spike, fica pra uma próxima tá? Acho que vou ficar com o Mitchell essa noite, ele foi tão carinhoso comigo essa tarde!
- É Andrew ele foi carinhoso com você de tarde, agora é a vez daquele prostituto ali!
(Dizendo isso Spike apontou Mitchell que estava sentando no pau de um prostituto)
- É Spike, você tem razão, parece que o carinho que ele queria me dar de tarde agora pertence a outro! Pra mim esta noite já deu oque tinha que dar, vou dormir!
- Mais a festa só vai acabar amanhã à noite!
- É melhor eu ir dormir Spike, já disse que por hoje chega!

Andrew foi voltando pro quarto e enquanto voltava ele percebeu que estava chamando a atenção de vários outros garotos além do tal Jake T Austin, quando ia entrando no corredor dos quartos um desses garotos o puxou e roubou um beijo dizendo:

- Então quer dizer que uma pessoa pode mesmo ter lábios de mel, não é só um modo de falar! Você deve ser o Andrew!
- Sim! Sou! E você quem é?
- Eu me chamo Nathan, Nathan Kress! Se estiver precisando de alguém pra conversar me chama no seu quarto ou vai lá no meu tá?
- Tá, eu não vou esquecer Nathan!

Nathan voltou pra festa e Andrew tomou o caminho do quarto sorridente, afinal tinha dado um beijo num gatão e ainda por cima ele não era só bonito e também era super sarado, com a pele lisa e clarinha e mamilos rosados e um tanto saltados porém gostosos até de olhar.
         Andrew estava chateado, enclusive com o Mitchell, afinal de contas ele fez uma bela declaração pra ele no quarto e agora estava dando a sua bunda pra qualquer garoto de programa,  e pra esquecer isso ele achou melhor voltar pro quarto e dormir, ele pegou a chave do quarto porém percebeu que o quarto não estava trancado e sim fechado e apenas com um giro de maçaneta poderia abrir a porta.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...