História Mansão Teen pra Garotos Gays - Capítulo 4


Escrita por: ~

Exibições 550
Palavras 1.049
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Orange, Romance e Novela, Saga, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente! Mais um capítulo quentíssimo! Não esqueçam de comentar oque acharam! Bjs!

Capítulo 4 - Muito Prazer Justin!


Fanfic / Fanfiction Mansão Teen pra Garotos Gays - Capítulo 4 - Muito Prazer Justin!

  Andrew estava com um sorriso enorme estampado na cara, aquela tranza com David tinha sido inesquecível, ele então tomou um banho, se perfumou, e voltou pra festa, pra um gay não tinha coisa melhor que isso, uma festa apenas com garotos bonitos e gays, e todos pelados...
     Assim que se perfumou, penteou o cabelo e abriu a porta do quarto e quando virou o corredor se bateu com o Jake que não olhava tanto pra seu corpo mais sim pro seu rosto, daí Jake tentou falar oi com a sua voz meio trêmula e suando frio, daí Andrew falou:

- Oi, era isso que você ia dizer né?
- É, eu... Eu sou...
- Eu sei quem você é, o Spike me falou, você é o Jake, Jake T Austin né?
- É sim, sou eu!
- Sim, e oque você quer? Eu tô voltando pra festa, então se puder te ajudar...
- Não é isso... É que eu... Eu te vi e fiquei pensando em você desde ontem à noite!
- Jura? Pensando em mim que nem aquele stripper que você estava fodendo em cima da mesa?
- Não! Imagina! É que... Você é novo aqui e eu achei que precisava de alguém pra conversar, achei que precisasse de um amigo!
- No momento não, eu vou voltar pra festa agora tá? Desculpa eu não te ouvir agora, mas deixa pra depois, a gente pode conversar!

Andrew saiu deixando Jake que deu um soco na parede e chamou a si próprio de burro pensando:

Jake, deixa de ser bobo o Andrew nunca vai querer alguém feito você! Não se apaixone por alguém que acabou de conhecer!

Enquanto isso a festa rolava solta, muita tranza e pegação, alguns prostitutos já haviam ido embora pois estavam cansados de tanto tranzar, Andrew foi ao bar da piscina da mansão beber alguma coisa e o Nathan vendo ele indo em direção ao bar o parou e disse:

- Andrew! Deixa que eu pago!
- Jura? Acho que você tá querendo mais coisas além de beber!
- Pode ser que sim, e pra começar que tal um beijo pra esquentar as coisas hum?
- Tá então...

Andrew agarrou Nathan pela cintura e deu - lhe um gostoso e lambuzado beijo de língua, aí Nathan sussurrou no ouvido dele:

- Vai! Agora me dá uns chupões no pescoço!
(Andrew dava chupões em Nathan que chegava a morder os lábios de tanto tesão, aí Andrew devolveu o sussurro pra Nathan)
- Sabe oque eu tô louco pra fazer? Chupar esses seus mamilos deliciosos!
- E por quê não chupa agora?
- Por quê eu só vou esperar até que eu tenha você na palma das minhas mãos, agora chega! Me deixa beber!
- Tá delícia! Mais que dia eu vou estar na palma da sua mão?
- Aguarde e verá!

Andrew bebeu duas taças de vinho e foi direto pra beira da piscina onde um garoto lindo demais e com um corpo extremamente definido estava, o garoto virou pra Andrew e falou:

- Oi novato!
- Oi, beleza?
- Claro! Beleza agora que tô te vendo!
- Aposto que também está atrás de sexo não é?
- Eu? Eu não! Eu apenas tô curtindo a festa, qual é o seu nome?
- Desculpa, que indelicadeza a minha, eu me chamo Andrew, e você?
- Meu nome é Justin!
- Eu tava te olhando de longe e não pude deixar de notar que você é muito bonito!
- Gentileza sua! É o que todos dizem! Você também é bonito! Aliás bonito não, lindo!
- Obrigado pelo elogio Justin, você sabe como tratar um garoto gay que tá solteiro...
- Tá me dando uma cantada?
- Depende do jeito que você interpreta!
- Hahahahahá! Você é engraçado, é lindo, mais não tô atrás de namoro agora, eu tô pensando em descansar um pouco, me mudei pra cá há duas semanas e só terminei de trazer minha coisas agora! Tô exausto!
- Então tá!
- Mais não se preocupa! Vou pensar com muito carinho na sua proposta!

Dizendo isso Justin beijou a bochecha de Andrew e Andrew deu um sorriso e saiu, foi pra quadra da mansão onde havia um garoto quicando uma bola de basquete, o garoto era lindo, tinha um cabelo liso e brilhoso e uma pele lisinha e sarada, ele viu Andrew de longe e acenou, Andrew foi em direção dele e falou:

- Oi!
- Oi gato!
- Nossa! Você não é nada discreto né?
- E desde quando gay é discreto? Nossa... Seu pau deve ser bem grande... E bem grosso!
(Daí o garoto foi em cima de Andrew já tentando chupar o pênis dele)
- Calma lá! Eu nem sei o seu nome!
- Eu me chamo Zac Efron! Vem cá me beija vem!

Os dois se beijaram e enquanto se beijavam suavam pois a quadra não era coberta, Zac lambeu o tanquinho de Andrew e começou a chupar o pau dele rapidamente, Andrew logo gozou e Zac foi levantando e rindo perguntando:

- Gostou né garanhão?
- Claro que sim!
- Então vai se preparando que o seu pau vai doer muito hoje, todos aqui tem o costume de tranzar muito! Agora tchauzinho! Vou procurar outro pau pra chupar...

Zac deu as costas e voltou pra área da festa, Andrew deu muita risada com aquela situação, apesar de Zac ser um gay afeminado sabia chupar um pau como ninguém.
    Logo chegou 12:00 horas e todos foram almoçar, e logo depois voltaram pra tranzar novamente, até parecia que fazia anos que não gozavam, Andrew ainda queria se divertir mais um pouco então chegou onde estavam os prostitutos e o Taylor estava fodendo um loiro de olhos azuis, daí Andrew falou:

- Oi Taylor, aquela proposta de tranzarmos a três ainda tá de pé?
- Tá de pé que nem o meu cacete tá agora! Vem! Mete em mim aqui atrás novato!

Andrew logo se aproximou e deu belos tapas na bunda de Taylor que chegou a ficar vermelha, depois enfiou o pênis no Taylor que logo gemeu, ele tinha a bunda bem apertadinha e metia bem acelerado, o taylor fodia o prostituto e o Andrew fodia o Taylor, os três gemiam feito doidos enquanto outros caras tocavam punheta ao redor deles.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...