História Mantenha a calma - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Sakura Haruno
Exibições 11
Palavras 422
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Silêncio


Fanfic / Fanfiction Mantenha a calma - Capítulo 1 - Silêncio

Meu nome é Sakura Haruno e essa é minha história, eu poderia começar com o famoso clichê como "num belo dia" ou "era uma vez",mas acontece que isso não é um conto de fadas,então vou começar falando que espero realmente que está história não seja esquecida,que este caderno no qual escrevo com letras tortas,possa um dia vir a público,para assim não ser esquecida.

Tudo começou nos meus onze aninhos,no meu aniversário, eu era uma aluna normal,tinha uma vida normal,com pessoas normais,não esperava que pudesse ter meus pais mortos na minha frente,mas,aconteceu.Na volta de casa,quando eu abri a porta,vi apenas sangue,eu também não esperava sentir uma dor no pescoço e simplesmente apagar,pensei que iria morrer também,sinceramente eu preferia que tivesse morrido mesmo.

Fui levada para um tipo de laboratório, não lembro do que fizeram comigo,só de borrões e a dor,a dor,aquela dor insuportável  que me fazia ir ao inferno e voltar,depois de várias idas a aquele lugar eu percebi o que estavam fazendo,o porque de terem matado meus pais,depois me usar para fazer experiências e eles me tratavam bem,me deram um quarto bonito,refeições agradáveis,em troca meus pais morreram e a minha liberdade acabou.

Eu chorei,chorei por dias,mas nada adianta,meu destino parecia já estar traçado e mesmo eles me "tratando bem",eu sentia raiva,muita raiva,quem essas pessoas pensas que são?Tomar a liberdade de uma menina,matar seus pais e usa-lá como experimento...Eu passei quatro anos apenas no silêncio,ninguém fala nada...Ninguém me explica nada...Era apenas eu e a solidão.

Logo após eu completar quinze anos,eu ganhei uma colega de quarto,o nome dela era Konan com estranhos cabelos roxos,os meus são rosas,acho que os dela também mudaram durante algum experimento,antes os meus eram loiros.

Konan parecia ser forte,quase não falava,tinha vezes que parecia que ela nem estava ali,mas eu sabia que ela era frágil por dentro,e isso só demostrou ser ainda mais verdade,quando eu a encontrei no banheiro morta,cheia de sangue,os cortes profundos eram extremamente visíveis,fiquei meses com aquela imagem na mente,isso só  me serviu para ver o quanto a vida é fraca,basta um empurrão e as pessoas morrem se machucão,e não é diferente comigo,não é diferente com ninguém.

Mas antes disso esqueci de falar,quando completei exatos quatorze anos,me colocaram em treinos longos e cansativos,para melhorar meu desempenho físico,eu ficava exausta mas sempre era obrigada a continuar,isso apenas me fez sentir mais ódio,eu estava cansada,cansada daquele lugar,daqueles experimentos,da dor,da saudades...Saudades da minha antiga vida.

Eu era apenas uma criança,eu vivia feliz com meus pais...

As coisas que aconteciam comigo me fizeram pensar...No quanto a raça humana é cruel.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...