História Manual de como sobreviver a um Chanyeol - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Baekhyun, Bh Chanbaek, Bh Fluffy, Chanbaek, Chanyeol, Exo
Exibições 276
Palavras 783
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olar q
Bem, eu entrei em hiatus de fanfic, e teve um motivo. Manual de como sobreviver a um Chanyeol. É um plot que tinha feito há muito tempo mas decidi posta-lo só por fim, e para isso vou me desligar do que fazia habitualmente: nct shorts fics, e só me dedicar a isso. É curto, são quatro caps e um bônus. Postarei em dias aleatórios.
Espero que gostem!

Capítulo 1 - Nem tudo são flores


Fanfic / Fanfiction Manual de como sobreviver a um Chanyeol - Capítulo 1 - Nem tudo são flores

 

Manual de como sobreviver a um Chanyeol

Outubro 11, 2016

 

Primeiras dicas - Indentifique seu tipo de parceiro + nem tudo são flores.

 

"Não se despedace para manter os outros inteiros."

Naquele dia, após o conselho do meu pai, resolvi criar um manual para sobreviver neste mundo cruel, afinal, há coisas que precisamos saber mas ninguém conta, como por exemplo: o amor machuca.

Algumas coisas são ditas por pessoas próximas, outras vemos na televisão; em filmes, séries e etc, mas as mais importantes você tem que aprender por si próprio. Todavia, cá estou para lhe contar o que ninguém te conta.

Vamos as dicas iniciais coletadas por mim, Byun Baekhyun, nesses meus 25 anos de vida, e 3 de relacionamento com meu namorado, Park Chanyeol.

 

Park Chanyeol, adj: pessoa que te fode, e nem sempre do jeito bom.

 

Primeiramente, saiba que tem aqueles que amam e não demonstram e aqueles que te jogam a purpurina na cara e transbordam sentimentos. Eu, Baekhyun, sou do time que usa descaradamente camiseta com foto de casal, naquele escândalo nervoso. Já Chanyeol, bem... Tive que adquirir um ótimo amor próprio para me sustentar da falta de amor visível nele, mas não tá fácil pra ninguém, né?!

Se seu namorado ou namorada é  como o meu, aqui vai algumas dicas que ninguém nunca te contou sobre eles.

A primeira, na verdade, é sobre você:

 

I.    Tomou no cu.

Você terá que se amar muito, se montar no amor próprio para quando, nas festas de família, seus primos estiverem beijando seus respectivos parceiros, e você olhar para o lado e ver seu amado(a) se entupindo de camarão. Nessas ocasiões você deve segurar toda a humilhação e vergonha, dar o melhor sorriso de quem não quer carinho e andar sem suspeitas até o banheiro para chorar glamourosamente, sem borrar o rímel e tirar o reboco da cara.

Namorar alguém frio é estar encalhado mesmo em um relacionamento sério, não importa o tempo que passe, só piora. E se você já passou por isso, saiba, admita, este é seu tipo de namorado. Há mil maneiras de identifica-los mas você pode contar cada vacuo como +1, e se tu já passou dos 10, então teu namorado é do tipo frio, e você está destinado ao vale dos trouxas. Vai por mim, é que nem teste da capricho, e eu tirei +100.

Lembro de naquele dia, enquanto dava um chilique no carro na volta pra casa, que Chanyeol revirou os olhos e disse-me: "Está sendo muito dramático." Então para lidar com está situação você não pode deixar de ser chique. Taquei meu louboutin nele. 

 

Agora, se você namora alguém que é como eu, doce e meigo, não se preocupe. Você está namorando alguém fino e maravilhoso, modéstia à parte. 

Aqui vão mais duas dicas infalíveis que ninguém te fala sobre nós:

 

II.    Somos amorosos é incríveis.

Sim, é que precisa saber. Somos fortes e preparados por natureza para segurar o choro quando não pegarmos o buquê no casamento, e já não nos chateamos mais quando somos os únicos da família solteiros.

 

III.    Nós valorize, com no mínimo uma boa foda.

Quando fazemos seu jantar, lavamos sua roupa e fazemos a maquiagem mais drag baphonica do mundo, não é pra você comer a comida, tomar um banho e ir dormir. Se vai comer na mesa, come na cama também, porra
 

Depois daquilo, levantei-me da mesa e corri para casa dos meus indiguinadissimo. Eu, Byun Baekhyun, cocótinha de Seoul, fui deixado na mesa de jantar no aniversário de três anos de namoro, sem no mínimo uma foda rápida, dá pra acreditar? Mas paizinho lindo disse que eu não posso mais continuar me arrumando, dando duro em casa e no trabalho, além de manter culto sempre estudando, para alguém que nem repara no meu esmalte novo. Por fim, vou ensinar a todos que passam pelo mesmo que eu a não como se valorizar, mas sim a faze-los nos valorizar.

 

"Bicha, não é tu que muda, é tu que muda eles."

- Mello, Paizinho.

 

Meu paizinho é um arraso, né? E como diz, bicha boa é bicha má, então voltei para casa e fui até o quarto, me aproximei de Chanyeol e sentei-lhe um tapa na testa. Bicha boa é bicha forte, entretanto, já taquei o foda-se e comecei a chorar. Encorporei a dramática enquanto gritava com ele.

Nós, seres afetuosos da terra, as vezes nos rendemos ao ódio, mas este mesmo evento transforma até o orelhudo mais frio no cara mais sensível no mundo. Channie querido pediu-me desculpas e transamos finalmente.

 

E no tema de hoje podemos concluir que nem tudo são flores, às vezes são espinhos mas o bom mesmo é o caule no cu.
 


Notas Finais


pesado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...