História Many life Stories (One Direction) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Little Mix, One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Perrie Edwards, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Drama, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlison, Niall Horan, One Direction, Zayn Malik
Visualizações 21
Palavras 1.635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pela a demora novamente, pois nessa semana fiquei sem Internet :'(
Mas a partir de hoje tentarei colocar tudo em dia ♡♡

Capítulo 15 - A notícia


Fanfic / Fanfiction Many life Stories (One Direction) - Capítulo 15 - A notícia

No dia seguinte, de manhã cedinho eu acordo, com o Zayn deitado no Tapete da sala.

Ele deve ter assistido uns trezentos filmes depois que eu dormi.

Me levanto do sofá, indo para o banheiro do meu quarto, tomo um banho de 20 minutos, termino  o banho, coloco uma roupa.

Descendo para a sala novamente, vejo Zayn ainda dormindo no tapete, parecendo um bêbado jogado no chão.

"Zayn!? Zayn!!" O chamo tentando acorda-lo "ZAYN" o chamo gritando

"Tô com sono" ele fala se espreguiçando, ainda com os olhos fechados

"Então dorme em outro lugar, vai ficar aí no chão?" 

"Eu vou dormir aonde? Na casinha do cachorro?" Ele pergunta já se levantando

"Nem cachorro eu tenho, vai lá pro meu quarto, vai levanta"

Ele levanta bocejando, quase sem abrir os olhos.

Levo ele até o meu quarto.

"Uau!" 

"O que?" Eu o pergunto

"Nossa, nunca tinha visto o seu quarto, chega me despertou" 

Dou risada "Então não vai precisar mais dormir não é mesmo? Vamos descer"

"Não não! Vou dormir sim" ele fala indo em direção a minha cama

"Deita aí, vou tomar café, quando você acordar desce"

Ele deita na minha cama, e se cobre.

Desço novamente indo para a cozinha, preparo um café preto, pego um pedaço de bolo de cenoura, e sento na bancada tomando café. 

Depois de eu ter tomado o café, vou novamente para a sala, assistindo à alguns clipes na Tv.

Minutos depois vejo Zayn descendo com o meu diário na mão

"Avril, eu não sabia que você tinha diário" ele fala olhando para a folha do diário "e muito menos que tinha irmão"

Rapidamente me levanto do sofá

"Zayn! Me dá isso aqui" falo tomado o diário da mão dele "quem mandou você pegar? Você não iria dormir?"

"Ei, desculpa por ter pegado, eu não consegui dormir, e vi isso jogado no chão, peguei e comecei à ler"

"Ah não Zayn!! Que parte você leu?" 

"Ah, só a parte que você falava do seu irmão, da sua mãe, seu pai, e do seu boy magia" ele fala sorrindo de canto

Fecho o diário, e subo para o meu quarto dando passos rápidos.

"Avril! Desculpa" ele sobe vindo atrás de mim

Chegando no quarto, quardo o diário na gaveta da penteadeira.

"Vai ficar com raiva de mim?" Ele pergunta passando a mão na própria nuca

"Não, não irei ficar com raiva, mas isso que você fez, realmente, eu não gostei, não faça mais isso"

"Own" ele fala me abraçando "bebezinho, não irei fazer mais isso não tá"

"Sei idiota"

Ele começa a rir "Desculpa tá?" 

"Tá bom Zayn"

Ele sorri "E aí, vamos fazer o que?" 

"Bom, eu não sei, já você, vai pra casa"

"É isso mesmo, você está me expulsando Avril?

"Não seu bobão, não vai tomar banho não é?"


"Como a Avril está tão preocupada com meu banho" ele ri "mas eu vou sim, lógico"

A gente fica se olhando, e ele sorrindo, querendo dar risada.

"Vai mesmo? Ou não vai Zayn?"

"Niall tá vindo aí"

"E..? O que que tem a ver? Eu tô perguntando se você vai ou não vai tomar banho, Na sua casa!"

"Eu vou tomar banho aqui"

"Que? Zayn, desde quando tem roupa sua aqui?"

"O Niall vai vir trazer pra mim"

"Que?"

Ele ri "Ele e a Gabbie vai vir pra cá, os dois vão vir buscar algumas coisas, Gabbie vai pra casa da mãe dela e o Niall vai junto, e eu pedi pra ele trazer uma bolsa de roupas pra mim, e sim, vou ficar aqui, não precisa me convidar, eu já me convidei"

Começo à rir "Atrevido você Hein"

"Mas, não tem problema não né?"

"Mas é claro que não bobo"

Mas também seria meio estranho ter Zayn dormindo, tomando banho, e comendo no mesmo teto que eu, até porque, ele me deixa completamente perdidinha, por dentro.

"Ótimo" ele ri

"Vou descer" digo saindo do quarto 

"Eu também" ele diz vindo atrás de mim

Chegando lá em baixo, vemos Gabbie já entrando em casa.

"Oi Zayn, Oi Avril" Gabbie fala subindo 

"Oi Avril, Oi Zayn" Niall fala entrando "toma Zayn, eu trouxe suas mudanças para cá" ele fala sorrindo

"Opa, agora sim" eles riem "Obrigado cara"

Magina" Niall responde

"Vamos Niall... Tchau gente" Gabbie fala saindo apressada com uma bolsa nas costas

"Tchau" Zayn a responde

"Vocês estão atrasados?" Pergunto ao Niall

"Sim, desculpe, realmente estamos atrasados...Tchau" ele sai

"Tchau!" Zayn fala "Prontinho"

"Você vai ficar aqui por muito tempo?" Eu o pergunto

"Pra ser sincero, eu até ficaria, pra não te deixar sozinha, mas eu irei aproveitar esse tempinho de 'férias' que o Harry decidiu tirar por conta do casamento, e ficar com você, eu acho que o pessoal deixa você muito isolada, vou aproveitar e ficar mais tempo com você"

Meu Deus, sério? Ele tá se preocupando muito comigo ultimamente, é o Zayn mesmo?

"Ah Zayn, não precisava..."

"Claro que precisava Avril, até porque eu também fico 'isolado' lá em casa, Harry namora, Niall namora, Louis ainda está namorando, o Liam está solteiro, mas vive na casa da Jane, porque ele gosta dela...e eu, fico lá, com a cara pra cima, mexendo no celular, conversando com minha família pelo o telefone, e só, e você, entre as meninas, também é a única solteira"

"Mas eu já acostumei sabe, desde que o meu padrinho morreu eu ando sozinha na minha..."

"Mas Avril, não pode ser assim, você é uma garota linda, simpática, super divertida...você tem tudo pra ser feliz, sua faculdade, sua família..."

"Minha família nem sabe que eu existo mais Zayn, e o dinhe6que eu tenho é pra comprar alimentos, roupas, e pagar a faculdade, e se sobrar, talvez eu volte pra casa que ele deixou pra mim, e lá eu comecerei a trabalhar"

"Avril...vou te pedir uma coisa, só uma coisa, e mais nada...não vai embora, por favor"

"Zayn, me diz, o que eu vou fazer aqui? Minha vida é lá, não aqui, eu vim pra cá para os estudos"

"Sua vida é aqui sim, seus amigos estão aqui, sua faculdade é aqui, sua casa é aqui" Zayn diz segurando minha mão, de frente para mim.

"Depois entramos nesse assunto..." falo soltando a mão dele 

"Não, se decide agora" ele fala pegando em meu braço

"Deixa isso pra lá"

"Não..." ele fala, mas a campainha de casa toca

E ele vai, até a porta, e abre.

E novamente é aquela mesma mulher.

Eu não esperava ter que ver ela novamente.


"Olá, Avril Cream mora aqui? Certo?" Ela pergunta ao Zayn

Escutando isso, voltei para a sala, com a cabeça abaixada.

"Sim, entre" Zayn a convida para entrar

"Ela está bem?" Ela pergunta

"Sim, venha ver ela, está aqui na sala" ele fala a trazendo para a sala "Avril, tem visita"

Na hora em que ela me vê, os olhos dela começam á lacrimejar.

"O que você quer?" Eu a pergunto com os braços cruzados

"Desculpe lhe atrapalhar novamente mas..."

"Por favor vá embora" falo a cortando

"Que isso Avril, mais educação né" Zayn fala ficando ao meu lado

"Educação eu tenho Zayn, mas com ela não"

"Me desculpe mas eu preciso conversar com você, é um assunto importante" ela continua à falar

"Então desembucha, fala e vai embora.."

"Para Avril!! Respeita" 

"Não sei como começar.." ela fala

"Pelo o começo óbvio, vai fala logo"

"Avril, seu pai..." 

"O que tem ele?"

"Ele...ele faleceu.."

Nesta hora deixei toda a minha raiva de lado, o rancor que eu guardava, acabei deixando de lado também, não sei o que falar, como reagir, apesar de tudo, ele é meu pai, me criou até quando pode.

"Que!?" Zayn fica chocado

"Eu tive que vir pra cá para poder lhe dar a notícia..."

"Quando foi isso?" Eu a pergunto

"Há 2 meses atrás" ela responde.

Mas o silêncio toma conta do ambiente.

Só depois de 2 meses que ela vem me dar a notícia. Eu realmente não tenho reação, como reagir a uma notícia dessa, de um pai seu, que depois de 18 anos lhe abandona, lhe deixa de lado por dinheiro, e depois falece, como reagir à isso?

"Avril? Está bem?" Zayn fala se aproximando 

"Si-sim" 

"Era só isso mesmo senhora?" Ele a pergunta

"Sim, só isso mesmo" ela responde


"Então por favor vá embora" falo indo em direção à porta 

"Eu achei que você iria ao menos perguntar o motivo da morte..." ela diz

"Não quero saber por favor vá embora"

"Mas..."

"VÁ EMBORA! "

Ela sai da casa, com a cabeça abaixada, indo à pé, pra onde...eu não faço idéia 

"Avril, o que foi isso? Por que você tratou ela assim" 

"Zayn...eu não quero, e não estou afim de qualquer tipo de conversa com ela.."

"Mas por que? O que esta senhora simples fez pra você?"

"Zayn...ela...ela é minha mãe tá? E o por que de eu ser tão fria com ela desse jeito, foi o fato de ela ter me deixado, junto ao meu pai, indo embora, me deixando sem dinheiro, e por esse motivo, eu guardo ó-dio, tristeza, rancor..." -------

Tudo mentira! Não tem por que eu guardar rancor de uma coisa que já passou, de uma pessoa que já morreu, e de outra pessoa que nunca se importou com você, tudo isso, ao passar do tempo, foi indo embora.

"Avril! Por que você não me disse isso antes?" Ele pergunta com os olhos arregalados

"Zayn, eu não queria tocar nesse assunto, não mesmo, não queria e não quero...".

"E...o que você vai fazer com sua mãe? E se ela vier aqui todo dia?"

"Eu não vou permitir...e...vamos mudar de assunto? Pelo amor de deus"

"Er...eu...eu vou tomar banho tá bom?" Ele fala indo pegar a bolsa que deixou na sala, e sobe para o segundo andar.

Indo para a sala, me deito no sofá, abraçando uma das almofadas, e fico lá, chorando, por tantos motivos; 

Pela morte de meu pai que há tanto tempo que eu não o vejo, não tenho notícias, apesar de ele ter feito aquilo, ele era meu pai, muito apegado á mim, e eu á ele.

Pelo meu irmão, que entrou no mundo do crime, e que não tenho notícias sobre ele, se está vivo, se está bem.

Pela minha mãe, que depois de tanto tempo volta, pelo menos para dar a notícia da morte...acho que eu fui grossa demais, fui seca.

Enfim, fico ali, pensando em tudo que eu já passei pela minha vida, e o que mais vem pela frente..



Notas Finais


Esse Capítulo foi meio nostalgia, eu sei, me desculpem por isso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...