História Maquiavel - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~ChoiBaek

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Horror, Hunhan, Junxing, Subaek, Suchen, Suhan, Suhun, Sulay, Sumin, Suyeol, Tortura, Yandere
Exibições 74
Palavras 513
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Finalmente estou postando essa fanfic em colaboração com o Luan, depois de tanto tempo querendo escrever!
Eu creio que ela será bem inédita no site, espero que gostem!

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Maquiavel - Capítulo 1 - Prólogo

Yixing o atraiu para uma porta da qual Kyungsoo nunca mais teria o prazer de viver. O jovem líder  foi cercado pelo psicopata, que usava uma máscara translucida.

Kyungsoo  viu uma cruz atrás de si e finalmente percebeu que sua paixão platônica nunca iria chegar à virar realidade.

Yixing empurrou Kyungsoo e o fez cair em cima da cruz, o líder do clube de ocultismo ficara atordoado e sem reação após bater a cabeça na madeira da peça. Lay tomou as mãos de Kyungsoo e as olhou com ódio, o jovem ainda se mantinha assustado pensando em como sairia dali. O psicopata de coração vazio apanhou os pregos atrás de si e olhou para Kyungsoo com um sorriso maquiavélico posicionando o primeiro objeto pontudo na palma da vítima. O jovem olhou com desespero e gritou quando sentiu sua carne rasgar ao meio. O sangue quente escorreu pelo seu braço e o grito estridente foi mais uma vez liberto de sua garganta.

Lay passou a puxar uma corda, amarrando Kyungsoo na peça cristã e a ergueu imitando o ato da crucificação.

O psicopata olhava para o rosto do baixinho com raiva por também amar a mesma pessoa que ele. Ninguém poderia ter Junmyeon além dele.

A boca do Chinês susurrava frases insanas enquanto caminhava com o galão de gasolina. Kyungsoo gemia de dor preso àquela cruz. Lay traçou um caminho com o líquido inflamável. Os gritos altos de Kyungsoo faziam apenas a excitação de Yixing se exaltar. Os movimentos que o pequeno líder fazia apenas o causava mais dor, pois os pregos rasgavam ainda mais a si.

- Seu fim acabou de chegar - Proferou as palavras jogando gasolina no corpo ensanguentado-  Você armou sua propria morte quando quis amar Junmyeon, agora sua alma me pertence.

Ao falar suas ultimas palavras, Yixing  colocou um inofensivo fósforo numa linha de carretel que subia pelo corpo da vítima ao topo da cruz.

Kyungsoo que agora aguardava seu fim, apenas pode pensar no seu único amor, e que nunca o teria. Reuniu o restante de suas forças para dizer poucas palavras em meio aos gritos de dor.

- Eu amei ele... E mesmo que eu vá para o inferno, você irá me encontrar lá mais tarde. - Yixing em um ataque de raiva, ascendeu o fósforo, jogando-o na linha que ia em direção ao inimigo, fazendo Kyungsoo ser rapidamente tomado pelas chamas.

A gritaria começou horrivelmente, a carne do líder queimava como uma brasa do inferno, enquanto suplicava vingança para com aquele assassino. Kyungsoo antes mesmo de morrer sabia que o garoto era o serial killer.

Yixing ria alto, mas foi parando gradativamente ao ver o fogo começando a se apagar. Uma imagem carbonizada distorcida se revelou após a redução das chamas, assim como havia planejado.

Finalmente mais um inimigo foi derrotado.

Ele é apenas meu. Desde o dia em que o vi pela primeira vez.

Nenhuma dessas pessoas são boas o suficiente para Junmyeon. Ninguém além de mim poderá ficar com ele.

Junmyeon é meu e sempre será. E para isso farei custe o que custar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...