História Marcas - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~jihyeong

Postado
Categorias DAY6
Personagens Jae, Wonpil, Young K
Tags Angst, Day6, Flop, Jaepil, One-shot, View Em Day6
Visualizações 32
Palavras 382
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Slash, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


flopei

não betei

e

boa leitura.....

Capítulo 1 - Único


Escrevi teu nome em minha pele e me permiti lembrar de você essa noite, as marcas que você me deixou ainda se fazem presentes.

Você foi o primeiro homem que eu amei, eu me lembro de como os meus olhos filmavam o seu sorriso de longe com o propósito de eternizar você em mim.

Eu ainda não sabia o que era amar, mas eu senti todo aquele amor me queimar por dentro, enquanto você desaguava em mim. Eu te vi como luz e busquei em você a minha salvação, e você me salvou.

A sua mão colada à minha me dava segurança e eu acreditei que não precisava de mais nada, eu precisava apenas de você.

Me fiz dependente de você, para ter você ao meu lado eu permiti que você despisse os meus medos e me tocasse como ninguém havia tocado, permiti que você tocasse em algo só meu.

Eu te amei como nunca amei ninguém, eu te quis como nunca quis alguém um dia, eu andei em uma corda bamba de sentimentos em direção à você.

Mas eu caí.

Eu vi você beijando uma boca que não era a minha, ouvi você me pedindo desculpas e falando que me amava.

Você pediu desculpas.

E no fim você disse que tinha que ir, que o lugar onde você criou morada não poderia mais habitar, você fez o vazio se sentir presente.

Me afundei no banco do ônibus apertando o peito com o intuito de estancar a dor, olhava pela janela e vi você seguindo o seu caminho. Eu sabia que não iria aguentar, por fim me atirei sobre sentimentos ruins e gritei para o vazio da rua.

Não lembro como cheguei em casa, só sei que fui acolhida pelo meu quarto vazio e minhas inseguranças.

A dor foi contida pelo abraço de Younghyun que buscou me salvar enquanto eu soluçava dizendo que amava um garoto.

Ele me salvou.

Nunca conversamos sobre aquela noite, mas eu queria te contar que eu me vi como uma estrela que explodiu. Eu morri.

A minha densidade se tornou infinita como um buraco negro, eu virei um espaço onde a gravidade é tanta que nem a luz pode chegar.

Depois de tudo eu não me permiti mais amar.

O amor para mim virou sinônimo de dor.

 


Notas Finais


provavelmente será apagada rç

se flopar eu me fxdi, né mores rsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...