História Marcas do Passado - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 8
Palavras 2.065
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Policial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Vamos Dançar!?


Fanfic / Fanfiction Marcas do Passado - Capítulo 8 - Vamos Dançar!?

__ Será que posso perguntar pra onde estão me arrastando? Achei que íamos para o ensaio do casamento_ Angelique perguntou a cunhada no banco de trás do carro enquanto Julie estava na frente com Claire que dirigia com um sorriso__ Se vão me matar e esconder o corpo podiam ao menos deixar eu me despedir.


Julie e Claire riram. O estado de humor de Angelique não era dos melhores e as duas já imaginavam ser por causa da briga de mais cedo, mas ao invés de atordoá-la com perguntas decidiram fazer aqueles dois cabeças-duras entender que eles se amavam. Estavam se afastando um pouco de Quendelly. 


__ Duas palavras pra você_ Claire disse olhando pelo retrovisor__ Aula de dança!


__ Na verdade foram três palavras_ Angelique corrigiu sem animo de repente lembrando quem era seu par no casamento__ PARA ESSE CARRO!


__ O que?_ perguntaram juntas.


__ Eu sei que as duas espertinhas sabem do escândalo na praça e não vão me fazer dançar com o Christopher depois daquilo!_ ela disse entendendo o porquê ningKat falado para onde ia antes de entrar no carro.


__ Mas Angelique você é madrinha_ Julie disse tentando acalmá-la.


__ Não!_ ela disse convicta.


__ É meu casamento_ Claire sabia que não estava sendo fácil para a amiga, mas sabia que Christopher e ela se amavam e eles tinham que enxergar isso __ Por favor, amiga?


Claire estacionou o carro virando para olhá-la com uma cara de gatos de botas junto com Julie. Queria matar as duas por estar armando contra ela, mas era casamento de Claire e depois de ser uma amiga negligente por anos só podia ser uma boa amiga e engolir aquilo, mas aula de dança já era demais.


__ Eu não vou_ ela disse decidida__ Me peçam outra coisa!


__ Você vai sim!_ elas disseram juntas.


__NÃO VOU!

 


__ Eu odeio vocês!_ Angelique disse sendo empurrada para dentro da recepção do Salão de dança da cidade.


__ Não odeia não_ Julie disse com um sorriso.


__ Você ama a gente_ Claire ria com Julie quando viu alguém passar pela porta__ Droga!


Angelique se virou, mas não esperava ver Jane passar pela porta com o braço colado no de Christopher. Seus pais vinham logo atrás com Adam. Christopher a fitou por um momento e pode ver a raiva contida dela olhando o braço de Jane no seu. Maldita hora que aceitou dar carona para a loira.


__ Viu nem precisavam de mim_ Angelique cuspiu as palavras__ Ele já arrumou um par!


__ Eu vou matar ele_ Julie sussurrou zangada.


Angelique adicionou uma nota mental pra si. Parar de sentir ciúmes do que nunca seria seu! Queria matar aqueles dois ou só jogar gasolina pra ver queimar. Que ódio! Não sabia se os odiava ou a si mesma pela sua total falta de controle. Evans morreria de rir se a visse ali agindo como uma adolescente.


__ Só sorria e ignore_ Claire disse indo ate os recém chegados.


__ Se isso não funcionar eu prometo que te ajudo a esconder o corpo_ Julie disse fazendo-a rir.


__ Boa noite_ Jane cumprimentou se aproximando com um sorriso vitorioso e ainda colada em Christopher __ Espero que não se importe de eu roubar o Christopher como par um pouquinho Angel.


Christopher esperou a explosão que não veio. Viu Angelique respirar fundo e por fim abrir um sorriso.


__ Claro que não Jane_ ela disse lançando um olhar assassino para ele sem desfazer o sorriso__ Alias formam um belo casal.


__ Angelique..._ Christopher não conseguiu segurá-la quando ela saiu para falar com os pais.


Não era daquele jeito que ele tinha planejado as coisas. Queria conversar com Angelique seguir o conselho do pai dela e lutar pelo que o fazia feliz, lutar por ela, mas ai Jane pediu carona já se jogando no carro dele e agora estava ali agarrada ao seu lado. Viu Angelique ainda o olhar com raiva. Seria um longo ensaio. Lembrou a primeira vez que viu as duas se enfrentarem no aniversario de quinze anos de Angelique. Ele achou que elas iam se matar.


 


A aula estava tediosa ou era Angelique que estava irritada demais para se divertir? Na pista os seus pais e os pais de Claire faziam os primeiros casais. Claire estava com Adam, Julie com Jeremy seu namorado e Angelique tentava não olhar Jane e Christopher no lado oposto do salão. O par de Jane estava atrasado não que ela parecesse se importar.


__ Está tudo bem?_ Selly se aproximou.


__ Claro mamãe_ "Será que se eu for presa ela me visita?".


__ E por que essa carinha triste?_ Selly perguntou fitando o outro lado do salão e vendo Jane rir alto__ Sabe que ela está te provocando né?


__ Não sei por que aquela cena patética me irritaria_ "Eu vou matar essa vadia bem devagar!".


__ É claro que não_ Selly disse com um sorriso__ E nem te deixaria com ciúmes.


Angelique ia responder, mas desistiu olhando para a mãe sabia que ela estava com razão. Ela estava com ciúme de Christopher. Sete anos querendo odiar ele e estava ali morta de ciúmes. Viu Claire chegar animada falando algo sobre valsa e olhou ao redor a procura de algo.


__ Devia ter um bar aqui_ ela comentou do nada vendo as duas a olharem como se fosse louca__ O que? Só queria um drinque.


Christopher mal ouvia Jane enquanto via Selly e Angelique do lado oposto do salão. Estava nervoso, ansioso até. Ele sabia dançar, na verdade Selly ensinou valsa ao filho quando novo, mas estava ansioso por que sabia que em alguma hora daquele fim de tarde dançaria com Angelique e por alguns momentos a teria em seus braços de novo. A simples idéia o deixava em alerta.


__ Esta me ouvindo?_ Jane parecia ofendida.


__ Ok, muito bem pessoal_ a organizadora do evento chamou a atenção de todos para alivio de Christopher__ Quero que venham até o centro. Vamos.


A professora falava algo sobre sintonia e condução, qualquer coisa que Angelique não prestava atenção. Estava irritada demais para estar feliz. Logo depois das explicações e por fim quando o par de Jane chegou à professora de dança colocou uma musica ritmada para que eles começassem a dançar.


Christopher se aproximou de Angelique para desgosto de Jane que já brigava pela falta de jeito do seu par. Angelique sabia que se ela se negasse a dançar ia acabar arrumando uma cena e não queria estragar a alegria dos noivos. O viu parar na sua frente no mesmo instante em que seu coração acelerou. Christopher lhe ofereceu a mão.


__ Você sabe que isso não muda nada entre a gente né?_ ela disse antes de aceitar a mão dele.


__ É uma dança, não sexo_ ele alfinetou a vendo segurar sua mão desgostosa.


__ Que bom que notou_ ela revidou sem conseguir conter um tremor quando a mão firme foi para sua cintura__ Isso não é boa idéia.


__ Nós dois?_ ele perguntou confuso.


__ Também_ ela não deixou de alfinetar__ Mas estava falando da dança. Sabe que não sei dançar.


__ Disso eu me lembro_ Christopher não queria demonstrar a magoa que o comentário causou__ É só me deixar guiar e confiar em mim.


__ Ok, deixo você guiar_ ela disse nos braços dele excluindo a parte de confiar.


No salão Jane rebolava sozinha depois de uma briga com seu par, Julie e Jeremy dançavam com sintonia como os pais que estavam ali. Adam, completamente descoordenado, tentava conduzir Claire que ria descontrolada o que só dificultava. Eles formavam um belo casal e Angelique sabia que seriam felizes. Distraída acabou por se aproximar mais de Christopher quando a musica se tornou mais lenta. Christopher quase errou o passo quando o corpo delicado encostou-se ao seu.


__ Vai fazer o que a noite?_ quando notou a pergunta já tinha saído.


__ Não é da sua conta_ foi à resposta ríspida de Angelique que se perguntava em que momento se aproximou tanto dele.


__ Achei que ia sair com o Andriques_ ele comentou lembrando a conversa de mais cedo.


__ E vou_ ela disse o vendo errar um passo__ Mas não é da sua conta.


__ Você realmente mudou_ ele disse furioso__ A menina que eu conheci não cairia no papo barato daquele infeliz.


Christopher quase gritou quando o pé pequeno sobre o salto da bota pisou com força sobre o seu pé quase o derrubando.


__ Mas o que...?_ estava em um pé só e quando Angelique o empurrou perdeu o equilíbrio caindo no chão e chamando a atenção de todos.


Antes que pudesse reagir algo aconteceu para aumentar a confusão. Jane girou e "sem querer" trombou com Angelique que por muito pouco não foi também parar no chão.


__ Devia ser mais cuidadosa Angel_ Jane provocou__ Não devia ter alguém tão desengonçada como par Chris.


Aquilo já era seu limite e olha que ela tentou se segurar. Virou-se para Jane disposta a acabar com aquele sorriso debochado nem que tivesse que quebrar aqueles dentes.


__ Com certeza ele deveria escolher você não é Jane_ Christopher se levantou prevendo o desastre__ Afinal, mas vale uma vadia do que uma desengonçada. Não é?


__ Meninas..._ o pai de Angelique foi interrompido por Jane.


__ Você devia se olhar no espelho e ver que não e tão especial assim.


__ E você nem deveria estar aqui sua vadia narcisista_ Angelique não queria brigar, mas era difícil com Jane a provocando__ Quer saber não vou ficar perdendo meu tempo nem saliva com você.


Virou-se para sair do salão, mas Jane resolveu não se calar.


__ Eu só sou vadia por que tive coragem de lutar pelo que VOCÊ sempre quis.


Angelique parou ao lado da cunhada.


__ Eu tentei_ se virou avançando para cima de Jane, mas Christopher a segurou enquanto Jane se debatia tentando se soltar de alguém__ Me solta! Eu vou matar essa cadela.


__ Faça me rir sua vadia.


A confusão estava formada com Adam segurando Jane enquanto Christopher tentava conter Angelique. Os outros tentavam acalmar os ânimos sem sucesso.


__ CHEGA AS DUAS_ o pai de Angelique gritou tendo efeito imediato__ O que deu em vocês brigando como duas crianças?


Angelique se soltou de Christopher puxando o braço com força. Estava envergonhada por ser repreendida pelo pai e não tinha nada mais a falar. Agir como criança no ensaio de dança do casamento era imperdoável e ela sabia disso. Virou as costas e tomou o rumo do banheiro sem notar que Christopher foi atrás dela.


__ Você fica_ Selly e a mãe de Claire disseram para Jane__ Vamos conversar mocinha!


 


______________


 


 


Angelique entrou no banheiro indo ate a torneira lavar o rosto. Havia se transformado em alguém controlada, segura de si e confiante longe dali, mas foi só colocar os pés naquela cidade para perder o controle da vida e do coração. Ouviu um barulho na porta e ao erguer os olhos viu o culpado da sua falta de juízo entrar no banheiro. Virou-se pronta para enfrentá-lo.


__ Eu não...__ Christopher cortou o que ela ia dizer agarrando a cintura fina e puxando o corpo dela para o seu.


A mão forte não deu brecha para reclamações, indo para a nuca dela ele a puxou para si. Com a mão entre os cabelos dela ele a beijou. Angelique começou a bater nos ombros dele e tentar empurrá-lo para trás, mas ele não parecia disposto a solta-la. O aperto na nuca de Angelique ficou mais forte e ela imaginou que era por que ele estava lhe puxando pelos cabelos, Angelique estava cansada de lutar contra o desejo incontrolável que sentia por ele, cansada de resistir, então se deixou levar prometendo a si mesma que era a ultima vez que cedia a Christopher.


Ele soube no momento em que ela cedeu, pois a boca abriu espaço para que ele aprofunda-se o beijo. Deliciou-se com o gosto doce e a maciez dos lábios. Ela estava entregue e aquilo era sua perdição. Diminuiu o aperto na nuca dela no momento em que as mãos delicadas lhe rodearam o pescoço.


Angelique sentiu a língua dele explorar a sua boca com voracidade e rapidez. Uma explosão parecia acontecer em seu subconsciente tomando conta dela e de suas ações e a deixando em combustão espontânea, mas tão rápido quanto começou acabou.


__ Angel... Ops! _ Julie parou chocada na porta do banheiro vendo os dois se assustarem__ Eu só vim dizer que seus pais a estão esperando.


Angelique empurrou Christopher com força se amaldiçoando por não ter controle sobre o próprio corpo.


__ Nos vemos depois_ ela disse passando por Julie e saindo do banheiro o mais rápido que pode.


__ Eu achei que vocês estavam se acertando quando cheguei_ Julie disse confusa.


__ Nada é tão simples com Angelique MacKullen_ Christopher disse com um suspiro.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...