História Marcas do passado - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Sci-Fi, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oieeee ^-^
Trago aqui pra vcs uma fic meio q louka mas, fazer oq ner
Bora pro cap!!!

Capítulo 1 - Tudo de Novo


Fanfic / Fanfiction Marcas do passado - Capítulo 1 - Tudo de Novo

Akira

Sonho on

Estava tudo escuro, não se sabia se eu estava em uma sala, ou em um lugar Livre. As luzes vieram através de 7 portas. Três de cada lado, e um no corredor. Sair correndo para cada porta, mas todas fechavam na mesma hora. Corri para a sétima porta, mas ela estava longe, essa porta representava o meu passado. Quando eu tinha uns 13 anos, eu estava no fundamental, saudades da queles tempos. Mas como todas as outras ela fecha, me deixando sozinha no escuro, de novo.

Sonho off


Tudo estava claro. Percebo que tudo não passava de um sonho, não um sonho, mas sim um pesadelo. Esta cedo, pego meu celular e o ligo, ainda são cinco da manhã. Ainda tenho duas horas para ir pra escola. Acabei de chegar no Japão, provavelmente  dois dias atrás. Saio da cama e vou direto pro banheiro. E vejo alguma coisa escorrer pelo o meu rosto, provavelmente eu estava chorando.


~QUEBRA DE TEMPO~


Saio do apartamento, ainda com sono, mas tenho que ir pra escola, não posso me atrasar para o primeiro dia. Meu celular toca, me fazendo o atender

- Alô? – Não conheço o número, mas é provável que seja o meu pai.

- Oi Filha. Já esta acordada? – Ele me pergunta, com certeza é o meu pai.

- Sim pai. Estou saindo do apartamento, e indo pra escola. – Meu pai é um comerciante, que fez a gente sair de Estudos Unidos, e voltar a morar no país aonde a minha mãe morreu.

- Bom, você pode fazer um favor pra mim antes de chegar na escola? – Ainda esta cedo, mas não sei se ele precisa disso urgentemente, não posso chegar tarde na escola.

- Sim pai. Oque o senhor precisa? – Odeio dizer não para o meu pai.

- Bom. Vá para o correio e pegue uma encomenda pra mim. Guarde, que depois de duas semanas eu o pego.

- OK, Tchau pai. – Desligo o celular, pelo o jeito eu vou ter q ir para o correio primeiro.

~QUEBRA DE TEMPO~


A fila pra pegar a encomenda estava muito grande. Estou correndo sem rumo em direção a escola. Pelo o jeito vou chegar atrasada, esbarro com uma pessoa, sem se quer eu me importar, continuo correndo.

Chego na escola e entro antes que os portões se fechem. Vejo vários alunos de varias idades, não sei aonde fica a minha sala, mas o jeito é procurar.

A Escola não é nova pra mim. No outro lado dela fica o Ensino Fundamental. Acho melhor eu ir para a sala do diretor, que não demora muito para chegar lá. Bato na porta, esperando um convite mas educado.

- Pode entrar. – Entro e me deparo com um homem de meia idade de cabelos ruivos com olhos acinzentados. – O que a trás aqui? – Ele me pergunta.

- Sou nova no colégio, mas eu queria saber a minha sala. – Respondo. Ele começa a abrir uma gaveta, com certeza ele irar me ajudar.

- E o seu nome é? – Ele me pergunta colocando um monte de papel na mesa.

- Naomi Akira.

Não demorou muito para ele achar a minha ficha. Ele começa a olha lá, e depois se dirige a mim.

- Você já estudou no fundamental aqui não é mesmo. – Afirmo com a cabeça. – Você irar estudar no 2° C, Boa Sorte.

Agradeço e saiu da sua sala. Não havia mas nenhum aluno no corredor, com certeza eles já entraram em suas salas. Entro em um corredor aonde perto havia vários armários, e ao lado deles portas, que com certeza levava em uma sala. Não demora muito pra eu achar a minha sala. Entro, e vejo uma professora em frente aos alunos.

- Por que demorou? – Me pergunta a professora que tinha olhos dourados, e com lindos cabelos cacheados.

- Eu me perdir. – Afirmo.

- Pode entrar.

Entro, mas de repente me deparo com aqueles olhos azuis.

Yuki


Vejo que uma garota tinha acabado de entrar, meus olhos focam com os olhos vermelhos dela. Nunca pensei que eu iria vela de novo.

- Naomi. – Falo o seu nome, mas com certeza ninguém escuta.

Como sempre, os seus olhos continuava com o ódio por mim a três anos atrás.


 




Notas Finais


E fim:') brincadeira kkk
Bye bye
Vejo vcs na próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...