História Margherite. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Doença De Hanahaki
Exibições 80
Palavras 299
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Shonen-Ai
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá
Estou triste
Não é novidade
Mas gostei dessa drabble

Boa leitura <3

Capítulo 1 - Malditas margaridas.


Pétalas.

Elas estão por toda parte.

Por todos os cantos.

Há pétalas no chão, na cama, nos tapetes, nas toalhas...

Pétalas brancas, banhadas por sangue.

Meu sangue.

Há pétalas dentro de mim.

Elas revezam espaço com um amor, tão puro, sincero e verdadeiro, mas ao mesmo tempo, tão injusto, doloroso, sofrido...

Pétalas.

Elas saem por meus lábios e caem por toda parte.

O sangue mancha toda e qualquer superfície em que encosta.

Por que logo margaridas?

Por que logo essas Jimin? Essa flor, que fora a sua favorita em toda a vida.

Por que logo essas, que enfeitavam seus cabelos ruivos em dias de primavera?

Por que logo essas, que cercavam seu corpo naquele maldito caixão, no que fora o pior dia da minha vida?

Por que logo essas malditas margaridas?

Você se foi.

Você se foi, deixando plantado em mim um maldito canteiro de margaridas.

Por quê?

Eu te amo...

Malditas pétalas, fugindo por meus lábios, deixando como rastro o sangue em minha boca. Malditos espinhos, que perfuram meu ser. Maldita morte, que tirou você de mim. Maldita chuva, que ensopa meu corpo e lava minhas roupas ensanguentadas, que insiste em me lembrar de como estou só.

O sol nunca mais apareceu.

Sua presença nunca mais aqueceu meu rosto no amanhecer dos dias.

Tudo me abandonou.

As lágrimas em meu rosto, o sangue em minha garganta e as margaridas... As malditas margaridas em meu ser são minhas únicas companhias.

Estou sumindo...

Maldito buquê.

Que saiu completo por minha garganta.

Você plantou flores em mim.

Coração, pulmões, entranhas.

Elas são tão lindas...

Mas... Eu não consigo respirar...

Nariz, olhos, boca...

Lentamente, não sou mais eu. Ao fim, elas me dominaram.

Eu não posso respirar.

 

"You made flowers grow in my lungs, and although they are beautiful, I cannot breathe."

 


Notas Finais


Obrigada por lerem <3

Twitter: @largajimin


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...