História Marichat - Um romance de detetive. - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Personagens Originais
Tags Marichat
Visualizações 41
Palavras 716
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá,meus queridos leitores, estou aqui com mais um capítulo de Marichat - Um romance de detetive.
Espero que gostem do capítulo de hoje.

Uma boa leitura.

Capítulo 48 - A parceira - quinta parte.



­­­__   Como ela demorou para fazer uma simples tarefa  -   Jogador comentando com o Faraó assim que ele deixou o carro  e  fechando a porta do banco do passageiro.
__  Ela é bem detalhista , Jogador, ao contrário de você, que é muito apressado em fazer as coisas -   o homem epigicio  criticando  a crítica feita pelo  moreno  enquanto fazia o mesmo que o moreno.

__   Bem, pelos menos eu uso a cabeça ao invés dos músculos  , Faraó, por isso que o mestre me enviou  -  Jogador contornando o carro  e criticando o modo de agir do Faraó.

__  Não brinque com fogo, Jogador, eu posso lançar um feitiço  ancestral em você  -  o homem epigicio  advertindo para que o amigo não brincasse com ele  ou lançaria uma maldição nele.

___  Eu sei que você não passa de um faraó falso, o nosso mestre só te deu este nome , porque era levada a sua moral, na sua crença no Egito Antigo, eu não tenho medo de maldições frajutas -   o moreno de óculos demostrando muita coragem ao enfrentar o colega.

___  Ora,seu ....   -  o homem querendo matar o colega que um gesto de mão fez que o o mesmo pare.

__   Se lembra das regras do nosso mestre ?  -  o moreno de óculos lançando um olhar muito sério   para o colega que ele mesmo fez para com um gesto  de pare na frente dele.

__    Sim, eu me lembro  -   o homem ficando muito bravo pelo Jogador acertar o seu calvar  de Aquiles e cruzando os braços dele.

__  Mas parece que esqueceu , então eu vou lembrar para você  -  o moreno ajeitando o seus óculos  para o colega e tendo o seu ar de superiodade.

__  Ah, você vem com superiodade de sempre , eu odeio isso  -    Faraó ficando muito bravo com o colega dele e não querendo saber que o moreno vinha falar as regras.

___  Primeira regra :  Não pode abandonar um colega em uma missão importante  -   o moreno falando da regra que Chloé  violou ao abandonar  a Sabrina na época que ela era a Anti- Bug.

___ Sim, essa é uma das regras de ouro do nosso mestre, essa foi que a Anti - Bug violou  -   Faraó se lembrando da época que a Chloé era colega deles sendo a Anti- Bug

___   É por isso que estamos aqui ,meu amigo, vamos dar uma lição naquela traidora , trancando ela  e jogando á chave fora  -   o moreno falando sobre  a  missão deles.


~ * * ~ 

Os dois colegas ficaram um bom tempo conversando enquanto iam em direção ao hotel para pegar a Chloé Bourgeois  para o mestre deles.  
Enquanto eles estavam caminhando , começou a cair uma fina chuva em Paris.


~ * Narradora Online -     Na lanchonete  24 horas  -  Dentro da lanchonete .

A fina chuva que caía em Paris naquela noite  , estava deixando a cidade do Amor em um manto de silêncio .

Os nossos amigos estavam olhando pela janela , a fina chuva caindo  em Paris , da mesa deles  enquanto eles esperaram a garçonete ou um garçom atender eles.

~ * * ~ 


___ Boa noite, sejam bem vindos á lanchonete , abrimos por 24 horas , o meu nome é Desireé  , eu vou ser a garçonete de vocês  esta noite -   a garçonete começando a se apresentar e tirando a concertação de todos.

___ Ah muito obrigada por nos atender -   Marinette agradecendo a garçonete , ela estava ao lado de Chat perto da janela e olhando para a garçonete que estava no centro dos quartos.

___  Por nada ,madame -  a garçonete entregando quarto  menus para os todos  -   Espero que gostem da nossa comida, podem escolher o que quiser ,enquanto isso eu vou atender os outros clientes que chegaram -   a garçonete entregando o último  menu  para Turtle enquanto avisava  para os demais.

__  Sim, claro ,muito obrigada -   os quarto amigos com o menu em mãos e agradecendo á garçonete pelo serviço prestado.


___  Por nada, até mais  -  a garçonete falando com todos   e saindo para atender os outros clientes.


___  Até mais  -   os quarto se despedindo temporariamente da garçonete que partindo    perante aos olhos deles.

~ *  * ~ 


Notas Finais


Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...