História Marichat- Amor eterno - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Drama, Marichat, Miraculous
Exibições 73
Palavras 436
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Voltei!!
Tava sem criatividade 😖

Capítulo 32 - O parceiro da Jaci


Marinette ON

A ideia que a Kitty deu era ótima! Fomos correndo até o Mestre Fu. O motivo? Iriamos tentar conseguir contato com a Mestra dos Miraculous que deu o Miraculous pra Jaci. Chegamos lá, e bati na porta.

Eu: Mestre?

Fu: Olá Ladybug, Chat Noir, Kitty Blanc. O que vocês vieram fazer?

Kitty: A Jaci comentou que tinha um antigo parceiro. Talvez ele a faça mudar de lado.

Chat: É, porque talvez ele a faça se lembrar dos tempos que era boa.

Fu: É uma boa ideia! Ladybug, lembra do dia que você a trouxe aqui?

Eu: Sim, porque?

Fu: Consegui rastrear as coordenadas do Miraculous dela. Ela veio do Brasil. A única caixa que existe por lá, é a que fica em São Gabriel da Cachoeira. Deve ser de lá.

Chat: Consegue se comunicar com a Mestra de lá?

Fu: Na verdade, sim! A Li é minha irmã mais velha, claro que me comunico com ela! Vamos!

Fomos guiados até uma pequena sala, onde havia um telefone antigo. Ele discou uns números, e a pessoa do lado, provavelmente a Mestra Li, atendeu.

Li: Alô?

Fu: Olá Li!

Li: Oi Fu! Como a Jaci está indo em Paris?

Fu: É sobre isso que eu quero falar. Ela se revoltou e foi pro lado do mal.

Li: O QUÊ?! Por que não avisou?? Vou mandar o Cupi para Paris, talvez ele resolva o problema com a Jaci. Ele chega aí amanhã mesmo!

Fu: E os pais dele?

Li: Estão em uma viajem de negócios, não terá problemas.

Fu: Obrigada irmã, não imagina como estou agradecido. Tchau.

Ele desligou o telefone e se virou pra nós.

Fu: Ela disse que vai mandar o antigo parceiro da Jaci pra cá. Talvez ele a mude mesmo. Ele chegará amanhã.

Eu: Que ótimo, já perdemos a Lupina, se perdermos mais alguém, vamos ficar sem forças. Obrigada!

Fomos embora, pensando em como seria o tal de "Cupi".

Quebra de Tempo- Outro dia, sábado

Esperávamos ansiosos na casa do Mestre. Ele já havia ido buscar o Cupi, e não parávamos de falar sobre ele.

Chat: Ele é legal?

Eu: Não sei, nunca o vi!

Kitty: Nem olhem pra mim!

A porta se abriu, e vimos o Mestre entrar com um garoto com a pele parda, cabelos castanhos e olhos da mesma cor. Ele usava um collant parecido com o nosso, mas verde com textura de folhas, e a máscara do mesmo jeito.

???: Olá, eu sou o Cupi, e pelo jeito a Jaci tem trazido muitos problemas, não é?

Eu: Isso mesmo. Obrigada por ter vindo nos ajudar, estamos precisando muito.

CONTINUA.............


Notas Finais


Gente, como eu disse, tô sem criatividade. 😖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...