História Marichat- Amor eterno - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Drama, Marichat, Miraculous
Exibições 356
Palavras 323
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente! Eu só estou aqui para agradecer todos vocês pelos favoritos!
Agora, vamos para o Chat Espião!

Capítulo 5 - Espionagem


Adrien ON

Finalmente deu a hora do intervalo, então fui no banheiro e me transformei.

Eu: Plagg, mostrar as garras! ~transformação exagerada com musiquinha~

Saí pela janelinha e fui até um prédio perto da casa da Mari, me apoiei e peguei meu bastão. Coloquei no modo câmera e dei zoom na janela da casa da mari. Eu esperava tudo, menos o que eu vi. Um quarto cheio de fotos minhas, um computador com um wallpaper de um monte de fotos minhas, e uma Marinette. Mas essa Marinette estava chorando muito, arrancando e rasgando cada foto da parede, quebrando um quadro com a minha foto e quase quebrando o computador tentando descobrir como mudar o wallpaper. (Ana: Agressiva, hein?) Fiquei chocado. Eu sabia que tinha a possibilidade de eu ter partido o coração dela, mas não sabia que ela ia ficar assim!

Eu: Nossa, eu sou um patetão mesmo.

Deu pra escutar uma vozinha vindo do meu anel, dizendo:

Plagg: Agora caiu a ficha, não é, manezão?!

Decidi que a noite eu ia visitá-la.

Marinette ON

Eu: Ahhhhhh! Eu odeio isso!!!!

Eu tava quebrando um quadro com a foto do Adrien.

Tikki: Mari, se acalme! Não é o fim do mundo!

Quando ela disse isso, aí que eu explodi mesmo!

Eu: Aí, Tikki, você não sabe o quanto eu estou sofrendo! Perdi 5 meses pensando nele, que nem ligava pra mim! Eu sou patética! Nem a maior das fãs dele deve ter milhares de fotos dele na parede, um computador com um monte de arquivos sobre ele e várias páginas do diário falando sobre ele!

Então comecei a chorar loucamente e quase quebrei o computador!

::::::::::::::: A noite :::::::::::::::

Eu já tinha me acalmado um pouquinho (Ana: Até aí, você já quebrou a casa inteira!) e estava ouvindo umas músicas. Todas elas falavam sobre decepções, a mesma coisa que eu estava sentindo. A Tikki estava dormindo, então eu estava sozinha.

???: Olá princesa!

CONTINUA......


Notas Finais


Quem será que invadiu o quarto da Mari? Acho que vocês já sabem...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...