História Marichat: O Amor Por Trás Da Mascará - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Félix, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Nathanaël, Nino, Plagg, Tikki
Tags Drama, Luta, Revelaçoes, Romance, Violencia
Visualizações 401
Palavras 2.338
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui o final dessa luta. Vamos ver o que acontece...
Olha, a Marinette esta narrando mais por que ela é a principal ta bom? Ai as vezes eu coloco Adrien narrando..

Capítulo 11 - Uma Nova Heroína e Outro Akuma - III ( Final )


Fanfic / Fanfiction Marichat: O Amor Por Trás Da Mascará - Capítulo 11 - Uma Nova Heroína e Outro Akuma - III ( Final )

Marinette On

Quando fui perceber meu brinco havia acabado de apitar, igual o colar de Volpina e o anel do Chat:

- O que faremos? - perguntou Volpina

- Procurem um lugar onde poderam se destransformar. Dêem um jeito de arranjar algo para seus kwami comerem? Certo? Depois voltem nesse mesmo lugar

- Sim! - Volpina correu

Quando ia me esconder Chat segurou meu braço:

- Olha, me desculpe pelas coisas que eu tinha feito antes - começou a falar - Se eu te machuquei quando virei akuma e...

- Por favor Chat, seja mais breve...

- Eu quero voltar a ser seu amigo, quero falar com você novamente. Por favor me perdoe...

- Eu não preciso te perdoar. Aliais, você não fez nada. Não foi culpa sua

Que bom, Chat agora voltaria a ser como antes. Isso é bom:

- Bom, vamos logo não é? - falei

- É, é...

Corri um pouco procurando algum lugar para me destransformar. Olhei um pouco e vi um estacionamento, aqueles que não são ao ar livre. Pode servir. Corri bem rapido e entrei de fininho. Fui passando pelos carros para ver se havia alguém dentro ou do lado de fora. Enquanto andava acabei me destransformando. Sentei perto de um carro qualquer e peguei Tikki em minhas mãos:

- Essa luta é bem cansativa não é Marinette? - disse Tikki deitada em minhas mãos

- Sim. Mais agora preciso achar algo para você comer

- Sabe onde o akuma esta?

- Provavelmente, na torre do rélogio

- Então vamos logo, temos que deter esse akuma rapido!

Escondi ela e sai do estacionamento. Onde iria arranjar Cokkies? Não tenho nem dinheiro comigo:

- Pensa Marinette, pensa. Onde vou achar!?

Levantei a mão onde estava Tikki e falei baixinho:

- Você pode comer qualquer coisa ou so Cokkie? - perguntei

- Pode ser qualquer coisa mesmo, so preciso comer algo

- Tikki, eu...eu sei onde, talvez...tem um pouco de comida

- Onde?

Abaixei a cabeça e aponte...para a lata de lixo:

- Comida do lixo?! Sério?

- Olha, é o único jeito! Não tenho dinheiro e não vou roubar

- Hum...Vamos logo. Precisamos pegar logo esse akuma.

- Ta bom

Andei até a lata de lixo e procurei. Isso é vergonhoso, mais temos que fazer isso. Procurei, revirei tudo mais não estava encontrando:

- Tikki nâo tem nada!

- Tudo bem, eu procuro

Pulou dentro da lata. Fiquei um tempinho esperando ela achar. Até que saiu do lixo voando com un pedaço de queijo:

- Esse...esse queijo ta bom para comer?

- Eu não fico doente, então não tem problema - disse segurando-o longe - Bom, atacar

Teve uma ou duas vezes que Tikki quase botou pra fora. Sinceramente, eu tambem botaria:

- Pronto? Ja esta com forças o suficiente?

- Não. Agora tem que esperar so mais um pouquinho tabom?

- Certo

Resolvi me aproximar um pouco mais da torre:

- Pronto Marinette

Corri para dentro e me escondi:

- Tikki transformar!!

Bem rapido, começei a subir por fora. Consegui ouvir alguns barulhos la de cima, talvez a luta ja deve ter começado. Quando subi quase fui atingida novamente. Volpina ja estava la, mais sem sinal de Chat:

- Ladybug!!

Volpina estava segurando o cajado enquanto o akuma tentava pergar de volta. Corri e chutei a Ladtstine fazendo com que soltasse o cajado:

- Acabou - disse quebrando - O que?!

O akuma não saiu. Chutei ele e me virei para o akuma:

- Esta procurando isso? - Amostrou aquela bola - Vem pegar

Ajustei o ioio e fui para cima. Poderiamos dizer que eu estava ganhando? Talvez, mais ainda sim levava muitos golpes. Volpina ja havia usado seu poder, o que era bem incrivel. A deixou muita rapida e forte. Só por alguns segundos, mais serviu. Chat ainda não apareceu, e estamos precisando da sua ajuda. Quando ia pegar aquele objeto, fui derrubada. Acabei batendo minha cabeça bem forte no chão, doí muito. A Volpina tambem iria ajudar mais acabou sendo derrubada igual a mim, mais concerteza ela estava num momento mais dificil. Estava segurando em uma barra de ferro para não cair. Sem forças não coseguia subir novamente. Utimamente esses akumas estão extremamentes mais fortes, esta cada vez mais dificil. Ladtstine se aproximou e pegou meu ioio:

- Como usa isso? É coisa de criança - rebolou um pouco longe - Agora, vamos parar com a brincadeira não é? Finalmente vou pegar seu miraculos

Quando fui dar um soco ela segurou minha mão:

- Pobre Joaninha. Quem irá salva-la agora!?

Derrepente o akuma foi atingido por algo oa fazendo sair de cima de mim. Olhei para o lado e vi Chat:

- Desculpa pelo atraso - me ajudou a levantar

- O que ouve para demorar tanto?

- Alguns problemas, mais esquece. Vamos acabar com ela

- Cuide disso por enquanto!

Corri bem rapido e peguei na mão de Volpina:

- Ladybug, me ajuda, eu não vou aguentar mais! Vou acabar soltando

- Calma! Segura em mim!

Segurei nas duas mãos dela e botei força. Puxei de uma vez a fazendo ficar um pouco mais segura:

- O-Obrigada - disse respirando fundo 

- Ta, vamos ajudar Chat

- Sim!

Agora nos movimentavamos como um só. Levavamos alguns chutes, socos, rasteiras. Mais não ficavamos por baixo. Agora sim estavamos parecendo uma equipe, trabalhando juntos. Chat esticou o bastão e afastou o akuma:

- Finalmente estão jogando pra valer. Mais, esqueceram disso 

- Sabrina!!

Ela estava amarrada e com a boca tapada. A segurou e afastou para seu lado:

- Eu vou soltar - disse

Tinha que dar um jeito. Se ela a soltasse seria o fim, nunca mais iria me perdoar:

- Dêem seus Miraculos!!

- Não!! - falei

- Não esta entendo Ladybug? Eu vou soltar essa garotinha

Sabrina estava desesperada, chorando. Eu entendo:

- Calma Sabrina, vai ficar tudo bem - disse me afastando para o lado

- Eu quero os MIRACULOS!!

- O que vai fazer Ladybug? - disse Volpina

Fui me afastando bem devagar. Minha intenção era pegar o ioio, com ele poderia ter mais chances:

- Ladybug...acabou o tempo - disse soltando

Corri peguei o ioio e pulei. Joguei ele na Sabrina a puxando para perto, logo em seguida amarrei em qualauer lugar para nos segurarmos. Quase iamos cair no chão. Ficamos penduradas pelo o ioio. Olhei para cima e vi ela apontando a bola para agente:

- Talismã!!

Como previ,caiu algo que nos ajudaria muito. Era a mesma coisa usada quando Alya estava em perigo. De um movimento rapido joguei a cama de ar e soltei Sabrina. Não deu tempo fazer mais nada, fui atingida mais uma vez. 

[...]

Abri os olhos devagar. Senti uma dor bem forte quando me levantei de uma vez. Não sabia onde estava, muito menos como sair. Me levantei e olhei ao redor. Não havia porta, estava presa. Meu ioio não estava comigo. Mais tinha algo no teto. Apareciam imagens da luta do akuma com Volpina e Chat Noir. Eu confio que eles conseguiriam, mais ja é tarde. Infelizmente, a unica que consegue capturar o akuma sou eu. Mais estou aqui nesse lugar sem saida. Eles estavam apanhando feio, e sem os poderes estava mais complicado. Coloquei a mão na cabeça e me sejtei no chão. Senti gotas cairem e um aperto em meu coração. Eu sabia que não daria uma boa heroína, sou fraca, não sei lutar. O que deu em mim ao achar que conseguiria? Por que me escolheram? Deve haver pessoas melhores do que eu. Por culpa minha vamos perder essa luta e Paris sera destruida:

- Isso mesmo...você não presta!

Ouvia varias vozes mais não via ninguem. Eles estavam em minha cabeça, rodando:

- Você não é uma boa heroina! Não é

- Eu não sou... - falei

- Seu amigos vão perder por culpa sua...você ê uma idiota

- Um idiota... - repeti

- Isso uma idiota - dizia varias vozes ao mesmo tempo

- Eu...sou uma idiota....mais...mais eu não vou desistir agora

Senti algo bem forte rodar todo meu corpo. Me sentia forte confiante. Me levantei devagar, sentia pela primeira vez que não era eu. Uma luz começou a me rodiar, mais não ligava. So estava me importando com meus amigos, com Paris, com esse dever que me foi dado. O lugar onde estava começou a mudar, como se estivesse se destruindo. Começou a sugir uma nova, aquele lugar onde estava. Havia voltado, estava junto nessa luta:

- Não pode ser!

O akuma estava me olhando supresa igual meus amigos. Começei a andar. Aquela luz estava fraca, mais continuava a me rodiar. Estou sentindo algo, como se eu pudesse fazer qualquer coisa, como se fosse imbativel. Me aproximo cada vez mais. Ladtstine ficava tacando aquele negocio,mais eu desviava. Percebi que o ioio estava novamente comigo. O peguei e começei a girae me defendendo:

- O que? Como você voltou?!!

Não me importei, so continuei a me aproximar. Quando estava bem perto joguei o ioio nas duas pernas e a puxei. Pulei em cima dela e me defendi do soco que iria levar:

- Isso é impossivel!!

Quando fui pegar aquela bola, Ladtstine me chutou:

- Como você é problematica - falei

Corri para cima. Ela desviava dos meus socos e eu dos dela. Era muito rapido, nem sabia como estava conseguindo:

- Chat o bastão!! - gritei

Ele esticou o bastão tacando nas pernas dela. Amarrei seus braços com o ioio e peguei a bola:

- Finalmente...

- Droga, da prox....

- Ei, se tiver proxima vez, eu acabo com você de novo

Joguei a bola no chão, agora sim o akuma saiu. Com grande alegria capturei finalmente o akuma e o purifiquei:

- Você foi incrivel!! - disseram os dois na mesma hora

- Espera, eu ja volto

Pulei la embaixo e andei um pouco:

- Ladybug!

Me virei e fui surpreendida por um abraço. Era ela que estava procurando:

- Vamos para casa certo? Você derrotou o akuma? Agora estamos seguros? - perguntou

- Sim, sim e sim

Uma bola enorme surgiu em nossa frente, aquele portal. Chat e Volpina aterrisaram atras de nois:

- É por ai que voltaremos? - perguntou novamente Sabrina

- Creio que sim

[...]

Apois estrarmos no portal caimos no chão, em Paris. A luz agora ja havia sumido:

- Thau Ladybug! Você foi incrivel

- Adeus, nos vemos por ai!

- Isso! - disse correndo

É tão bom estar de volta en casa. Volpina de uma vez me puxou peoo pescoço para perto de si, fazendo igual com Chat:

- Somos a melhor equipe de herois do mundo!

Volpina era realmente boa, e seu poder tambem nos ajudariamos muito. Ela tambem parece ser bem legal, uma boa personalidade. Nos daremos bem daqui para frente:

- E agora?

É mesmo, ela ainda é nova. Nem parece, luta muito bem:

- Agora nois voltamos para casa... - Falei

- E nos vemos no proximo akuma e amanhã - completou Chat

- Amanhã?

- Sim, tem patrulha - disse

- Então, thau meus novos amigos! Ah! Quase esqueci  - me puxou e tirou uma foto - Agora sim, thau! - disse ela indo embora

Quando fui saltar desisti. Me virei para Chat e estiquei a mão. No começo ele apenas observou ai entendeu:

- Zerou!!

Joguei o ioio e pulei. Agora me sinto um pouco mais feliz, estou de bem com Chat. Quando cheguei em casa me destransformei e entrei. Me joguei na cama super cansada:

- Tikki que dia mais dificil...

- Eu quem diga

Dei um riso quando vi ela ja dentro do pote de Cokkies. Respirei fundo e rolei na cama:

- Marinette, acho que esta na hora de você conhecer o mestre Fu

- Mestre quem?

- Mestre Fu. Foi ele quem te deu esse miraculos. Ele te escolheu

- Mais por que?

- Você vai saber, agora vamos. Agora!

- Ta bom, ta bom. Entra no meu casaco - disse ja o vestindo

Abri a porta e desci as escadas. Minha mãe e mru pai estavam na sala assistindo:

- Mãe, pai vou sair rapidinho viu?

- Para onde vai? - perguntou meu pai

- V-Vou entregar o celular d-da Alya. Ela mandou eu g-guarda e se esqueceu de pedir

- Tudo bem filha - falou minha mãe - Onde esta o pote de Cokkie?

- Esta no meu quarto, pode pegar. Thau

- Tome cuidado!!!

Sai bem rapidinho, ja,ja ia ficar bem tarde:

- Onde é Tikki?

- Apenas siga minhas instruções

- Então para onde vou?

- Dobra bem ali - apontou

- Sim Sra.Tikki

[...]

- Chegamos! - disse ela

- Tem certeza que é aqui não é Tikki?

- Sim, entra

Abri a porta e fui entrando devagar. Logo encontrei aquele senhor que havia ajudado outro dia:

- Olá Marinette. Ou diria Ladybug?

- Você é o mestre Fu não é?

- Isso mesmo. Por favor, entre. 

O lugar era bem aconchegante e tinha um cheirinho bom. Me sentei na almofadinha e ele tambem:

- Bom, o que a traz aqui?

Tikki saiu da meu casaco e foi para perto dele e contou algo em seu ouvido. Percebi que ele havia ficado surpreso. Se levantou bem rapido e pegou um livro:

- Ahm, o que ouve?

- Marinette, geralmente não acontece o que ouve com você

- Algum problema? Ouve algo?

- Bem, você liberou um poder

- Um poder? Mais isso não é bom?

- Sim, claro que é. Apenas fiquei surpreso por que você foi a unica que liberou esse poder 

- Que poder?

- Seus sentimento influenciaram esse tal poder. Marinette, você ganha força, rapidez e consegue se teletransportar. Isso acontece por alguns minutos talvez

- E como faço isso?

- Você tera que descobrir. Aprimorar e se acustumar com ele tambem

- Acustumar?

- Sim. Ele requer metade de sua energia, isso concerteza a deixara mais cansada e fraca

Um poder novo. Por isso que me senti tão diferente naquela hora. Mais, como o uso?

 

 

Continua.....


Notas Finais


A luta finalmente acabou! Vamos ver o que acontecera nos proximos episodios!!!! Acho melhor ficar ligado no proximo capitulo. Tera um momento apenas Marichat para vocês. Dessa vez mais comprido, aguardem.
beijo da Xp^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...