História Marichat um amor incondicional - Capítulo 5


Exibições 187
Palavras 633
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal
Aqui está o cap
Espero que gostem 🐞

Capítulo 5 - Aniversário da Mari


Fanfic / Fanfiction Marichat um amor incondicional - Capítulo 5 - Aniversário da Mari

~Adrien~

A Mari estava com um pouco de dificuldade a ir para a casa de banho, então fui ajuda-la a ir para lá. Passado alguns minutos ela sai de lá, estava com um vertido corde rosa claro e com uma bandelete no seu cabelo solto. Estava simplesmente perfeita.

-Mari, eu vou a casa arranjar-me mas volto para te vir buscar-ela concordou com a cabeça e eu transformei-me em Chat Noir e assim saí pela sua janela. Cheguei a casa e fui arranjar-me. Em cima da secretária estava uma caixa com um anel, e assim lembrei-me que era o anel que eu ia dar à Mari no seu a niversário, que neste caso é... HOJE!!!

Cheguei a csa da Mari e Entrei na padaría

-olá, eu sou o Adtien e queria saber onde está a Marinette, eu sou um amigo dela

-Ah, olá Adrien, a Marinette fala muito de ti, podes subir ela está lá em cima à tua espera

-Obrigado- disse e depois subi, evi a Marinette destraída a ver TV, não me contive e fui assusta-la

-BOU-ela gritou e caio do sofá

-Auuu, o meu joelho-tinha-me esquecido completamente. Corri para ajuda-la

-Desculpa, estás bem?-ajudei-a a levantar-ah já agora... Feliz aniversário gatinha-dito isto ajoelhei-me- minha joaninha, aceitas ser a minha namorada?-ela começou a chorar

-S-sim, eu aceito ser a tua namorada-levantei-me e coloquei-lhe o anael no dedo, o mesmo tinha uma esmeralda para sempre que ela olhar para ele se lembrar de mim. Agarrei na sua mão e fui andando, mas ela ainda estava mal do joelho, especialmente depois de cair do sofá, e então eu peguei-a ao colo e desci as escadas. Quando cheguei à padaria coloquei-a no chão e apoiei-a em mim para ela poder andar. Ela despediu-se dos pais e fomos andando para a escola. Quando chegamos estavam todos a olhar para nos, o que deixou a Mari envergonhada.

-Adrishouuuu-gritou a Cloé e vei-o a correr na minha direção-o que estás a fezer com esta vadia? Solta já o meu boy-disse ela e depois empurrou a Mari escadas a baixo.

-O que é que fizeste?-gritei e fui ajudar a Marinette.-estás bem?-perguntei preocupado, ela fez que sim com a cabeça, mas a sua cara dizia o contrário. Peguei nela ao colo e levei-a à enfermaria. A enfermeira enfaixou-lhe o joelho e fomos para as aulas.

~Marinette~

Quando chegamos à sala estavam totos a olhar para mim, uns com cara de preocupados, deve ser por que estou com o joelho enfaixado... E outros com carade espantados e isso deve ser porque estou apoiada no modelo teen de paris, meu namorado, quando todos assimilaram o que se passava, gritaram

-PARABÉNS MARINETTE!

-obrigada pessoal

As aulas foram chatas como sempre, mas até que pasaram bem rápido. O meu joelho ainda doía, mas tudo bem... ��.

TRIIIIIIIIIIIIIMMMMMMMMMMMM...

Finalmente, hora do almoço, estou faminta, sim normalmente almoçamos em casa, mas às 4ª feiras almoçamos na escola.

Com a ajuda do Adrien, fui para a cantina, o almoço hoje era esparguete à bolonhesa (Notasda Autora: n sei se é assim que se escreve...), fui buscar a comida e fui-me sentar

-Mari eu vou só buscar água, já volto-disse o Adrien e eu concordei com a cabeça, e ele saiu, foi quando eu ouvi a voz insuportável da Cloé, sinseramente el faz-me lembrar as ienas do rei leão ��.

-Olha , olha , vejam só se não é a Marichata... Tu vai pagar por estares com o MEU boy-e assi  ela agarrou no meu prato e despejou a comida na minha cabeça. Eu não acredito... Senti os meus olhos arderem, foi quando percebi que estava achorar... Levantei-me a correr e saí dalí enquanto todos se riam de mim, passei pelo Adrien sem lhe explicar nada e fui para o WC, encolhi-mejunto à parede e continuei a chorar...

Continua...?

 

 

 

 


Notas Finais


Então foi isto
Espero que tenham gostado
Amanhã estará cá outro cap
O que será que vai acontecer à Mari? Será que vai ser akumizada? Será que o Adrien vai ajuda-la?
Vejam o proximo cap
Bjs até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...