História Marichat.Um amor selado para todo o sempre - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Personagens Originais
Exibições 936
Palavras 449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Quero agradecer os comentários e quem favoritou a história.Espero que eu faça uma boa históriA.Fiquei tão feliz.Que decidi postar hoje o segundo capitulo da historia hoje.

Boa leitura amores

Capítulo 2 - A declaração de Chat Noir


Fanfic / Fanfiction Marichat.Um amor selado para todo o sempre - Capítulo 2 - A declaração de Chat Noir

Marinette estava arrumando o seu quarto para receber a visita de um certo gato preto que vinha dizer algo de importante para ela.

Tikki estava impressionada com a mudança de Marinette.Voando até ela e disse:

Nossa,Mari.Por que você está tirando as fotos do Adrien do seu quarto? Pensei que ainda o amasse? ou agora você ama o seu Chat?

Ah,sim.Desde eu olhei nos olhos do Chat.Senti que o Adrien me negava.Começei a sentir por ele.disse a azulada guardando a última foto do Adrien.Foi ao seu computador e trocou a tela de fundo por uma foto de um dos seus designers.

Alguns minutos depois.Ouve umas batidas na janela.Ela se levantou e enquanto a pequena kwani se escondeia.Quando abriu a janela.Se afastou para dar espaço para a visita.Chat pulou da janela e viu a azulada e sorriu dizendo.

Muito obrigada,my princess

De nada,Chat -disse azulada

Está pronta.Porque eu preciso de confessar uma coisa perguntou o heroí

Sim,estou sim.disse a azulada

Então Chat se ajoelhou perante a ela.Tirou uma linda caixa de presente e por fim disse

Desde que nossos olhos se encontraram naquele dia chuvoso.Percebi que eu te amo,Marinette.Eu precisa te dizer que eu amo muito desde daquele dia.Quero ama-la e protege-la do mal.Confesso que queria bloquear os meus sentimentos.Mas eu sei de verdade o que eu sinto por você,my princess.Aceita namorar com este gato bobo e apaixonado por você??

Com esta linda e sincera declaração fez que Mari chorasse de emoção.Completamente sem palavras.Apenas  afirmou com a cabeça dela e disse: 

Aceito sim,meu gatinho apaixonado disse a azulada.

Então Chat se levantou e abriu a caixa e tirou um lindo colar de coração. Foi atrás da azulada e prendeu firmamente no pescoço da sua amada e ela se virou e ambos se aproximam e se beijaram.Todo o sentimento que foi negado por suas outras metades.De repente cresceu os dois se beijavam apaixodamente

Chat pegou a azulada em seus braços.Caminhou com ela devagar até a cama da amada.Colocou ela sobre o colchão com delicadeza.Trocaram beijos na boca,beijos no pescoço e juras de amor eterno.

Finalmente o anel de Chat começou a apitar.Chat parou de beijar a sua amada e por fim disse

Tenho que ir,my princess.Sonhe comigo todas as noites.Volto amanhã 

Tudo bem ,Chat.Vou sonhar sempre com você.meu gatinho apaixonado. disse a azulada fazendo carinho no rosto do héroi

Sentindo o carinho da amada.Chat deu um selinho demorado.Em seguida um beijo na mão.Se levanto e sorriu para amada.Andando correndo até a janela dela e pulou e saiu para a noite de Paris. Alguns segundos depois.Mari se levantou da cama e foi novamente até o seu computador e trocou a tela de fundo por um plano de fundo do seu amado Chat Noir

 

 


Notas Finais


Espero que gostem.Fiz com muito carinho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...