História Marido possessivo - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Gaara, Hinata, Naruto, Sakura, Sasuke, Shikamaru, Temari, Temari Naruhina Sasusaku, Tenten&neji
Exibições 450
Palavras 634
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boaz leitura

Capítulo 10 - Capítulo 9(flashback parte 8)


Meu nome é Mika, meu cabelo é preto,como o do meu pai,e meus olhos são azuis,como o da minha mãe,tenho 17 anos minha família é de mafiosos, tenho uma irmã chamada Rin de 19, nos somos da família Uchiha,sou prima de 6 grau de Sasuke. A minha mãe fugiu do meu pai,ele pensou que ela o tinha traído, ela fugiu com medo,que ele acha-se, que eu não sou filha dele. O nome da minha mãe é Tessa,o meu pai é Luke.
Saio dos meus pensamentos com a casa sendo invadida. Eu estava vendo TV. Entrou um monte de homem,a maioria de cabelo preto. Minha mãe apareceu na sala,e arregalou os olhos.
-Tessa. -exclamou um dos homens. -Finalmente te achei.
Faliu olhando com raiva e paixão ao mesmo,tempo para a minha mãe. Um moreno olhou para mim,ele me devorava com os olhos. 
-Luke.
O tal Luke olhou para mim. Ele arregalou os olhos. 
-Você tava gravida?
-Sim.
Ele venho até mim,passou suas mãos em meus cabelos,me olhando com carinho.
-Minha filha.
Eu olhei para o lado,vendo um segurança segurar a Mel(minha cachorra),ela estava com medo. Eu fui até ele,todos me acompanharam com o olhar.
-Ei não encoste na Mel. Ela tem medo. -peguei Mel do colo do homem. -E quem são vocês?
-Somos sua família,sua mãe nunca contou de nos? -perguntou Luke.
-Não. -ele olhou furioso para a minha mãe.
-Vamos,no caminho eu te explico tudo minha filha.

(....)

Quando nós estávamos,no carro o tal Luke,que é meu pai,me explicou tudo. Agora eu estou no meu novo quarto,que é enorme. 
Tem uma cama de casal,um sofá na frente dela,um criado mudo, uma TV,e uma cama de cachorro do lado da minha cama,também tem um piano,duas portas,uma do closet e a outra do banheiro.
Eu pego o meu violão,resolvo cantar.

  Eu odeio o seu sorriso
E seu jeito de falar
Eu odeio quando você me olha e dou risada sem pensar
Eu odeio quando você me chama para conversar
Eu odeio quando você vem,odeio mais ainda te esperar
Eu não sei o que fazer
Não tem ninguém aqui pra me impedir de te escrever outra canção para me fazer entender
Que eu te odeio tanto por que gosto de você
Eu nunca acreditei que era mesmo pra valer
Eu nunca admiti que me importava com você
Agora tanto faz não quero mais me esconder
Estou falando na sua frente que eu te odeio
Por gostar tanto assim de você
Eu odeio dar conselhos que você nem vai usar
Eu odeio quando você fala dela e eu finjo não ligar
Eu odeio ver você com alguém que não tem nada haver
Eu odeio ela ser tão sem graça
E você nem perceber
Eu não sei o que fazer
Não tem ninguém aqui pra me impedir de te escrever,outra canção pra me fazer entender
Que eu te odeio tanto porque gosto de você
Eu nunca acreditei que era mesmo pra valer
Eu nunca admiti que me importava com você
Agora tanto faz não quero mais me esconder
Estou falando na sua frente que eu te odeio
Por gostar tanto assim de
Você...
Vai acordar num dia e perceber
Que mesmo sendo um pouco estranha do meu jeito
Eu tentei te convencer
Que hoje eu acredito que é mesmo pra valer
Confesso eu admito que me importo com você
Agora tanto faz não quero mais me esconder
Estou falando na sua frente que eu te odeio
Por gostar tanto assim de você

Eu ouso alguém aplaudir,eu olhei e vi o tal moreno,que me observava. Ele tinha um sorriso no rosto.
-Você é incrível. Meu nome é Kankuro. 
-Hum. -falei.
-Eu vim só para te avisar,que eu sou seu noivo. -falou saído,me deixando perplexa.
Logo depois,uma menina, parecida comigo,entrou no meu quarto.
-Oi meu nome é Rin,sou sua irmã.
-O.....Oi.


Notas Finais


O capitulo ficou uma bosta,pois eu não estava espirada,para fazer um momento deles.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...