História Marido possessivo - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Gaara, Hinata, Naruto, Sakura, Sasuke, Shikamaru, Temari, Temari Naruhina Sasusaku
Exibições 1.157
Palavras 1.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura

Capítulo 9 - Capítulo 8(flashback parte 7)


Enquanto minha mãe limpava os machucados de Sakura,ela fez umas perguntas.
-Querida porque ela fez isso.
-Eu desafiei ela.
-E o seu pai.
-Eu não sei onde ele está,desde que a minha mãe se separou dele,la não deixa eu velo.
-Ele não tentou entrar em contato?
-Sim várias vezes,em todas elas a minha mãe me bate.
-Oh seus que horror. 
-Sakura você vai morar comigo. -falei.
-Mas Sasuke......
-Já está decidido. Você não ficará mais naquela casa.

(.....)

Sakura estava dormindo, enquanto eu fazia carinho em seus cabelos,pensando sobre sua mãe. Como eu não suspeitei disso antes,ela nunca falou sobre sua família para mim. Se eu soubesse ela não estaria assim. Eu me levanto da cama com cuidado,e me arrumo,desço as escadas, pego a chave do carro,vou até a garagem,abro o carro entrando, ligo-o,abro a porta da garagem,e vou até o portão da mansão,falo com o segurança,ele abre o portão,eu acelero,indo em direção ao portão do condomínio,falo com o segurança do condomínio,ele abre e eu vou acelerando,uns minutos depois eu saio da ponte(a ponte que liga a ilha,ate a cidade) eu vou em direção a casa de Sakura. Chegando-la,eu pego a minha arma,e entro na casa,eu ouso um barulho de gemidos,vou em direção ao som,e vejo a mulher que deve ser,mãe de Sakura,e um homem transando,que visão dos inferno. Eu dou um tiro no teto,para chamar a atenção. Eles se assustam,e parem de "brincar",e prestão a atenção em mim,a mulher da um grito irritante.
-Cala a boca vadia. Eu só Sasuke Uchiha.
-O que um mafioso quer comigo.
-Eu namoro a sua filha. -ela arregala os olhos. -Sabe eu vi marcas graves em seu corpo. Eu devia mata-la sua imunda.
-Então a pirralha estava falando a verdade.
-Lava a sua boca de puta,andes de falar da minha bebê. -eu atirei no seu braço.
-HAAAAAAAAAAAAA. -gritou de dor.
-Sakura irá morar comigo,eu não irei adimitir que ela fique aqui.
Eu me aproximo deles. -E mais uma coisa,onde está o pai de Sakura. -ela arregalou os olhos. -RESPONDE.
-E....Ele está no Brasil.
-Como eu acho ele.
-Sera fácil,ele é conhecido como Reis.
-Reis?
-Ele é um mafioso famoso lá.
Eu sorri,seria fácil acha-lo. Eu subi as escadas da casa,vendo com corredor pequeno,com 3 portas,duas brancas,e uma rosa com flores,eu entrei na mesma, vendo o quarto de Sakura,eu peguei o meu celular,e liguei para o chefe da segurança da minha casa.
-Mande 10 seguranças,para a rua xxxxxxx,o número da casa é xxxx,não demore. -desliguei.
Eu olhei direito para o quarto de Sakura,era rosa com branco, tinha muitos ursos,mas o que mais chamou a minha atenção foi uma pelúcia do Bob esponja e do Nemo,ela realmente é fixada por eles,eu sorri. A porta do quarto foi aberta,entrou 5 seguranças.
-Cade os outros.
-Eles estão lá em baixo,senhor.
-Ok. Arrumem as coisas de minha mulher,botem tudo em malas.
-Mas é as pelúcias? -perguntou um segurança.
-Levem com a mão.
-Sim senhor. -coro. Eles começaram a arrumar as coisas de Sakura.
Eu desci para a sala,vi a mãe de Sakura sentada no sofá,com um lençol enrolado em seu corpo,e vi o corpo do homem que ela tava transando,no chão com uma poça de sangue.
-Senhor ele tentou fugir.
-Que seja. Vocês três vão ajudar os outros lá em cima. -apontei para três seguranças. -Vocês dois ficam.
-Por que um homem como você, se interessou pela Sakura,ela é inocente e feia. -eu dei um tapa na cara da vadia.
-Cala a boca,a minha Sakura é a mulher mais linda do mundo,e sim ela é inocente,mas isso não é um defeito,mas sim uma qualidade. Eu amo ela. -a mulher arregalou os olhos.
Os seguranças desceram com as malas,e dois seguranças,estavam com os braços cheios de pelúcias.
-Acabamos senhor,pegamos tudo.
-Ótimo. Vamos.
Eu sai daquela casa com os guardas me seguindo,eu entrei no meu carro,um carro de segurança foi na minha frente e o outro foi atrás. Nos chegamos na porta do condomínio,o carro que estava na frente,o segurança falou com o segurança do condomínio,o fazendo abrir o portão,nos entramos no condomínio,fomos até a minha mansão e a dos meus pai,que era a 287(o condomínio tinha 6 mil mansões),o seguranças da frente falou com o segurança da mansão,o mesmo abriu o portão e nos entramos,eu estaciono o carro,saindo do mesmo,dou a chave para um segurança,para ele botar o carro na garagem,eu abro a porta da mansão,eu ouso vozes,vou em direção a mesmas, elas vem da sala,chegando-la eu vejo meu irmão e sua mulher Izumi,com os meus pais.
-Itachi. -exclamo.
-Irmãozinho. -Itachi venho na minha direção,nos,nos abraçamos,dando tapas nas costas de cada um.
-Não era pra você estar no Japão.
-Sim,mas eu resolvi voltar,e você não era para estar no seu apartamento?
-Eu resolvi voltar a morar aqui,e será melhor para Sakura.
-Sakura?
-A minha namorada.
-Finalmente,encontrou a mulher da sua vida.
-Sim,ela é incrível.
-Me diga quando vocês vão se casar.
-Ela acha muito cedo.
-Ela não tem querer.
-Acontece que a família dela não é de mafiosos,ou seja eu não posso obriga-la.
-Que merda ei.
-Sasuke. -chamou Sakura, aparecendo na sala. Sasuke foi até a mesma,a levando até o sofá, sentando-a em seu colo.
-Meu deus Sasuke,ela está toda machucada. -falou Izumi. -O que aconteceu.
-A mãe dela fez isso,com ela. -falou minha mãe.
-Que mostro. Ela está morta né? -perguntou Itachi.
-Não,eu só dei um aviso para ela. -Sakura me olhou,seu olhar dizia que ela está perdida.
-O você fez Sasuke? -perguntou Sakura.
-Eu dei um tiro nela,mas nada grave. -ela arregalou os olhos.
-Fez bem Sasuke,mas se fosse eu, eu mataria ela.
-Como eu queria. Mas Sakura não gostaria disso.
-Mesmo assim,ela tem que intender que você só quer o seu bem. -falou Itachi.
-Vamos meninos,olhem como Sakura está assustada,isso não é conversa que uma mulher deva ouvir. -falou meu pai. Eu olhei para Sakura,vendo que realmente ela estava assustada. Eu botei seu rosto no meu pescoço.

(....)

Eu estou no escritório da nossa mansão,junto com Itachi,Shisui, Obito,meu pai e os meninos.
-Ela falou que ele é conhecido como Reis.
-Reis,é pai de Sakura? Isso realmente é incrível,o mundo deve ser pequeno mesmo. -falou o meu pai.
-Você conhece-o pai? -perguntou Itachi.
-Sim ele é meu amigo de infância. Eu botei ele para cuidar do Brasil.
-Sera mais fácil ainda. -falou Gaara.
-Eu irei ligar para ele. -meu pai pegou o celular,e ligou para o pai da minha Sakura. -Olá Kizashi.....Eu tenho algo para te contar.......sua filha está namorando o meu filho...... acalme-se meu amigo,ela está bem.......Ela está na minha mansão.......nos vemos,ate amanhã. -desligou.
-Ele está vindo.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...