História Marinette e Plagg - Um amor não tão impossível - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~DaLoRi

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Plagg, Sabine Cheng, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrinette, Marichat, Marinette, Plagg, Revelaçoes
Exibições 382
Palavras 674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Escolar, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


ME DESCULPA, ME DESCULPA. Eu juro, não postei porque estava cheia de coisas pra fazer e porque eu tava sem animo tbm. Me perdoam ? Esquece.... Não precisa, só vamos logo ler a historia.

Capítulo 6 - Danielle ?


         Sonho On

Eu estava na minha casa, sentado(a) na minha cama, chorando litros de água.

??: Eu sou um(a) idiota, não devia nem existir!

???: Tem toda razão, você não devia mesmo existir e idiota é pouco, você é muito burro(a) - olhei pro lado e vi a pessoa mais importante pra mim - eu não acredito que cheguei ser seu amigo(a), eu deveria ter me tocado: você é inútil, não sei o que vi em você - e sumiu na escuridão. Só sei de uma coisa: aquelas palavras acabaram comigo. E a pior parte é que ela tem razão. Nunca vou ter amigos.

           Sonho Off
           Marinette On

Tikki: ACOOOORRRRDAAAA.

Eu: Ah - dei um pulo que cai da cana - arg, já to cansada de acordar assim

Tikki: E eu to cansada de te acorda assim - olhei pra ela tipo "Sei" - anda logo, você vai chegar atrasada.

Eu: Ta bom - falei e me levantei pra tomar banho.

Tikki: Mari, posso falar com você ? É importante - falou enquanto eu tirava a roupa.

Eu: Pode falar - terminei de tirar e fui pra debaixo do chuveiro e ligando-o.

Tikki: Você por acaso anda falando com alguem a noite ?

Eu: Na verdade, sim - ela me olhou tipo "Fala logo quem" - e é com o Plagg, o kwami do Chat Noir.

Tikki: O QUE ? Você ta conversando com o Plagg ? Por que ? Ele é um kwami - mais uma ?

Eu: E daí ? Ele pode virar um humano e isso ajuda.

Tikki: COMO ASSIM ? Ele pode virar humano ? Nenhum kwami consegue fazer isso.

Eu: É por que ele fez um pedido a uma estrela cadente - ela ia falar alguma coisa mais eu interrompi ela - olha, vamos cortar o papo, porque não gosto de falar dos meus amigos assim pelas costas - desliguei o chuveiro e peguei minha toalha, enquanto Tikki me acompanhava com os olhos e aposto que ela tava pensando "O que acabou de acontecer ?". Me vesti (Luuh: imaginem a roupa como quiserem) e botei Tikki em minha bolsa. Desci e tomei cafe com meus pais.

Sabine: Tudo bem, querida ? Você parece meio desanimada.

Eu: Nada não, é que eu tava pensando em um amigo.

Tom: O tal de Plagg ? - me engasgei com a comida.

Eu: Como você sabe ? - falei depois de me recuperar.

Tom: Sua mãe me falou dele e parece ser um cara bem simpático, porque não trás ele aqui um dia pra jantar.

Eu: Claro, vou fazer isso - me levantei - já to indo - tchau, mãe - dei um beijo na bochecha dela - tchau, pai - dei um beijo na bochecha dele.

Tom e Sabine: Tchau, querida - falaram e eu fui andando pra escola. Já estava nas escadas quase entrando quando...

???: Olá - falou tão calma, mais tão calma que parecia ser uma depressiva.

Eu: Olá, você é nova aqui ?

???: Sou sim e preciso de ajuda pra achar a sala do diretor - ela estava de cabeça baixa.

Eu: Ah tudo bem, a proposito, eu me chamo Marinette.

???: E-E-Eu sou D-Danielle - ela era um pouquinho mais baixa que eu, cabelos longos que vou até a bunda, totalmente preto e uma franja de direta cobrindo o olho. Ela era branca e usava uma blusa azul escuro com estrelinhas brancas, um short azul claro e uma sapatilha azul marinho ( ela gosta de azul ). Muito bonita.

Eu: Nome muito bonito - ela levantou a cabeça e pude ver seus olhos e eram de cor rara: violeta - caramba, seus olhos são lindos.

Dani: O-Obrigada - estendi a mão pra ela e ela me olhou confusa.

Eu: Vamos - ela pegou na minha mão. Dei um sorriso gentil mas ela continuava com aqueles lábios rosados pra baixo. Guiei ela até a sala do diretor e não trocamos uma palavra - aqui estamos, ela só assentiu e entrou, nossa ela é bem tímida mesmo.

        Continua....


Notas Finais


Quem será que teve esse sonho ? Sera que é uma menina ou um menino ? Hmmm que mistério. Espero que tenham gostado.
Bjs com Nutella.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...