História Marionette - Camren - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Austin Mahone, Emblem3, Fifth Harmony, Megan Fox, Melanie Martinez, One Direction, Selena Gomez, Shawn Mendes, Tori Kelly
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Austin Mahone, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Selena Gomez, Shawn Mendes
Tags Camren, Redes Sociais, Youtube
Exibições 255
Palavras 985
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


PS: Uma imagem de mais ou menos como era o espaço onde Camila gravava seus vídeos.

Capítulo 1 - Casa da Abuela


Fanfic / Fanfiction Marionette - Camren - Capítulo 1 - Casa da Abuela

"Hey! Hoje eu irei explicar o porque que eu não estou enviando videos há 2 meses,  desculpem a não ter avisado nada mas a minha vida virou ao avesso nesses últimos meses..."

4 Meses Atrás

  - Camila, filha, nós já lhe demos esse estúdio e eu não pretendo comprar um carro esse ano para você!

  - Mas Mama! Eu preciso de um carro! Como vou ir pros encontros  com os fãs de taxi ou ônibus? Todos do ensino médio já tem um carro! Qual é! E eu tirei a carteira há dois meses! Não é justo!

  - Você sabe que o Alejandro não irá comprar esse carro pra você.

  - Tá mãe, eu sei que o Alejandro não irá comprar, mas qual é! A senhora poderia tentar, sim? Por favor!

  - Eu já disse que não! Aliás a Sofia pediu uma quarto para colocar brinquedos! E seu pai está pensando em desmontar seu estúdio pra montar esse quarto lá.

  - Como assim? Isso não é justo! E ele nem é meu pai!

  - Não é justo seu PAI se matando de trabalhar e você pedindo coisas inúteis! Pra quê você quer um studio? Pra postar videos para pessoas infelizes? Por favor né! Eu recomendo você começar a fazer algo útil, porque eu não te aguento mais!

Nós estávamos chorando e falando mais alto, eu posto videos na internet há 4 anos, tenho milhões de seguidores e sempre sou reconhecida nas ruas, mas, para minha mãe e meu padrasto isso era algo idiota e "sem futuro", Sofia sempre foi mimada em casa, já eu, para ter meu studio tenho que ajudar no restaurante dos meus avós 3 dias da semana, minha mesada diminuiu em 50℅ e não vou ganhar um carro este ano, tudo porque sou a "bastarda" da família, minha mãe me teve antes do casamento e eu nunca conheci o meu pai de verdade, meu padrasto me odeia e minha mãe passou a me rejeitar para agradá-lo, Sofia tem um ar de superioridade e sempre me culpa quando algo dá errado, mas mesmo assim nos amamos, ela tem 7 aninhos e sempre abusa do "poder" que tem sobre o meu "pai", tudo que ela pede ele dá.

[...]

O relacionamento com meus pais estava horrível, eles desmontaram meu studio para montar o quarto da Sofi e eu tive que vender alguns dos meus equipamentos para sobreviver, já que eles cortaram minha mesada.

  - Camila, eu, Alejandro e Sofi vamos na casa da Abuela, eu consegui um emprego de meio período no restaurante dos Jaureguis, você terá que trabalhar todos os dias lá, atendendo os clientes.

Eu fiquei extremamente irritada, e quando vi já estava gritando: 
- O Quê? Não! Eu não posso trabalhar de atendente! Como eu vou atender se todos dessa cidade me conhecem?

  - Para de se achar a dona do mundo Camila, o mundo não gira em torno de si, acha o quê? Que você é a Selena Gomez pra ter tantos fãs assim? Seus "fãs" não estão nem aí pra você!

  - Que inferno! Você não percebe que a porcaria do restaurante dos abuelos diminuiu o público depois que eu saí? Eu sou conhecida mãe, eu tenho fãs, pessoas que me amam de verdade ou só querem ser "notados" por mim nas redes sociais! 12 milhões de seguidores! Não é três ou quatro mil!

  - Cala essa boca! Eu exijo respeito! E você vai trabalhar sim! Se você tem tantos seguidores, cadê o dinheiro? Eu sei que essas coisas dão grana, e eu nunca vi dinheiro algum!

  - E nunca irá ver!

  - Sinuhe! Vamos!  Já deu a noticia a Camila?

  - Sim, Camila, sete horas no restaurante dos Jaureguis, sem falta! Irei falar com eles pra saber se você está indo trabalhar! Vamos voltar daqui à 2 semanas. Sofia irá ficar um pouco mais, eu e o Alê iremos voltar mais cedo por causa do trabalho, vê se não faz besteira, se cuida.

  - Tudo bem mãe. Eu te amo!

  - Kaki! Porque você não vai com a gente? - Sofi desceu parecendo uma bonequinha com um vestidinho lindo.

  - Não estou de férias amorzinho, e eu tenho que trabalhar, gravando vídeos super legais, esqueceu?

  - Ah sim, faça muito, muito muito vídeos! Que sejam super legais para mim! Te amo kaki! - Deu um abraço de urso em mim e eu retribui.
 
[...]

É, um grande defeito meu é agir feito marionete, não consigo sentir raiva de ninguém e com um pouco de insistência eu já faço tudo o que a outra pessoa quer, acredito que seja pela forma que fui criada, sendo submissa a todos os desejos da minha mãe e do Alejandro, até as minhas roupas minha mãe escolhia e eu apenas vestia para não a decepcionar. Tive que fazer vários cursos de administração desde criança, aprendi a tocar piano, violão e guitarra com o tio Mike, ele não é meu tio, mas sempre considerei ele como o tal. Agora irei trabalhar no restaurante dele, e eu estou super contente com esta parte, talvez eu consiga algo na cozinha, já que atendente vai ser bem complicado.
Ele se separou da mulher cedo, mas eu tenho uma "quedinha"... Quedinha não, um abismo pela filha dele, melhor, eu a amo, tanto que meu nome artístico é " Camila Jaurello", sim, eu uni meu sobrenome ao dela, mas ela não precisa saber disso né?
Ela é minha fã, mas no passado, no 6° ano, eu me declarei e ela me humilhou na frente de todo o colégio, já que eu era meio nerd. Hoje estamos no 3° ano do ensino médio e ela me persegue por toda a escola, junto com mais uns 30 alunos, é estranho, dá vontade de mandar ela se ferrar e sumir da minha frente ou gritar que eu sou completamente apaixonada por ela, mas ela é minha fã, então eu trato ela como fã.


Notas Finais


O que acharam da história?
PS: Camila faz vídeos cantando e de coisas relacionadas a música. As vezes faz DIY e também opinando sobre algo. E faz videos com brincadeiras também. Um pouco de tudo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...