História Mark Of Destiny - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Allybrooke, Camilacabello, Camren, Dinahjane, Fifthharmony, Laurenjauregui, Normanikordei
Exibições 456
Palavras 1.032
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, oi gente. Resolvi aparecer, o capitulo ta pequeno, mas ou era ele pequeno ou vcs ficariam mais uma semana sem capitulo.

-NÃO CREIO QUE A FIC ESTA COM 155 FAVORITOS AHSGDFAYGDFSHGDSHF, GENTE MUITO, MUITO OBRIGADA A TODOS VCS QUE ESTÃO TIRANDO UM TEMPINHO PARA LER ESSA ESTORIA. VCS SÃO DEMAIS.

- TEM PORTUGUESA AQUI SIM SLDFJSDJFBVSDJVGB, (como vcs podem ver sou um pessoa muito normal, que não surta por quase nada.) Portuga do meu coração (~olaatodos~) essa capitulo é totalmente para vc.

Não tive tempo para revisar o capitulo. Se tiver alguém que queria me ajudar a beta os capítulos, me avisar por favorzinho.

Capítulo 18 - Sensitive


Fanfic / Fanfiction Mark Of Destiny - Capítulo 18 - Sensitive

POV Lauren

Demorei alguns segundos para entender o que acabara de acontece, sai do carro  e só então percebi varias pessoas se aproximando, entre elas pude ver Ally encostando o carro e uma Camila desespera saindo correndo ate a irmã.

- ALEXA! ALEXA!

Camila batia com força na janela do carro, enquanto Ally tentava acalma-la.

- ME LARGA, EU PRECISO TIRAR ELA DAI, ME LARGA.

Corri ate segura-la em meus braços abraçando-a forte, tentando mostrar para ela que eu estava ali.

- Shhhhhh calma, eu estou aqui nada vai acontecer com ela – sussurrei no seu ouvido, logo em seguida senti ela relaxa um pouco nos meus braços.

- A Alexa esta naquele carro Lauren – Falou começando a chorar.

- Eu sei, mas você não pode fazer nada. Ally já chamou a ambulância, tenta ficar calma.

Tudo aconteceu muito rápido depois disso, a correria dos paramédicos, policiais cercando o local. Tudo virou uma tremenda bagunça.

- TEMOS QUE LEVAVA IMEDIATAMENTE PARA O HOSPITAL.

Ouvi um dos paramédicos gritarem quando conseguiram tirar Alexa do carro, Camila soltou-se dos meus braços e correu ate onde estava a irmã deitada na maca.

- Senhora você não pode ficar aqui, esta atrapalhando nosso trabalho. – Falou um dos paramédico calmamente.

- ELA É MINHA IRMÃ, NÃO VOU SAIR DO LADO DELA.

- Então você vai com a gente na ambulância?

- Eu já falei que não vou sair do lado dela.

- Camz. Não é melhor você ir comigo no carro?

- Não Lauren, eu vou com ela.

Assenti com a cabeça e aproximei-me dela, beijando sua testa.

- Okay, estarei logo atrás com o carro. – Com um aceno de cabeça ela seguiu os medicos para ambulância e eu vou em direção ao carro.

 - Ally, vá para casa e avise a todos o que aconteceu.

Ally corre para seu carro e sai em disparada para casa, quando estava entrando no carro percebo Shawn encostando o carro ao lado do meu e saindo desesperado.

- Cadê a Camila?

- Ela foi para o hospital, a Alexa sofreu um acidente e Camila foi com ela. Estou indo para lá agora, se você quiser pode voltar para casa.

- Voltar para casa? Você esta louca? Irei para o hospital, preciso saber como a Camila esta.

(...)

Estacionei o carro de qualquer maneira e entrei quase correndo junto com Shawn. Encontramos Camila encolhida em uma das cadeiras na sala de espera, com uma toalha sobre os ombros. Só então percebi que estávamos todos molhados.

- Hey! – Falei enquanto me aproximava.

Quando ela levando a cabeça, paralisei no lugar. Seu rosto estava vermelho de tanto chorar.

- Shhhh, não chora ela vai ficar bem. – Falei enquanto abraçava ela.

Fiquei abraçada com ela por um logo tempo, ate esquecemos a presença de Shawn ali. Camila já estava mais calma, mas não tinha se afastado de mim ainda. Eu estava adorando poder segura-la em meus braços, se as circunstancias fossem outras eu estaria soltando fogos de artifícios.

(...)

Ficamos em silencio esperando alguém vir nos trazer noticias de Alexa. Lembrei-me da minha ultima conversa com Alexa, quando acabei com o nosso “noivado” e admiti que estava apaixonada por Camila. Se eu tivesse imaginado o tamanho da ira de Alexa ou sua determinação em encontrar Camila antes de mim, não a teria deixado sozinha.

- Familiares da Senhorita Alexa Ferrar?

- Sim, eu sou a irmã dela. Como ela esta? – Camila apressou-se em dizer ao senhor de cabelos brancos e óculos.

- Ainda é cedo para podemos afirma alguma coisa, só podemos lhe responder isso quando ela acordar. Ela quebrou a perna em quatro lugares.

- Meu Deus! – Camila exclamou horrorizada.

- Ela correr risco de perder a perna? – Perguntei

- Farei o possível para que isso não aconteça, mas o caso dela é bem complicado. Se me dão licença eu preciso ver outros pacientes.

Ouvir isso foi como se me houvessem desferido um soco no meu estomago, a ideia de Alexa ter de reaprender andar ou passar o resto da vida em uma cadeira de rodas. Senti-me responsável por tudo que aconteceu. Por ter feito Alexa viajar para cá, por tê-la deixado de coração partido, e pelo pior que poderia acontecer: Ficar aleijada para sempre.

Olhei para o meu lado e vi Camila com as roupas ainda molhadas, o cabelo com uma trança, o rosto estava pálido.

- Camila você já comeu alguma coisa? – Shawn que ate então estava calado perguntou.

- Não tenho fome, obrigada.

- Mas você tem que come, você ouviu o que o medico disse. Eles estão fazendo de tudo para salvar Alexa.

- Eu sei, mas...

- Sem mas, você comer. Vou ate a lanchonete comprar algo para você.

Após a saída de Shawn, Camila começou a chorar novamente. Soluçada desesperadamente.

- Queria que fosse eu no lugar dela. – Arregalei meus olhos ao ouvi-la falar aquilo. Desci rapidamente da cadeira que estava e fiquei de joelhos na sua frente.

- Nunca mais, esta me ouvindo? Nunca mais falei isso. Alexa vai ficar bem, eu farei de tudo para ela se recuperar. – Falei enquanto subia minha mão ate sua bochecha e fazia carinho.

 - Eu sei, mas dói ver minha irmã daquele jeito. Foi tudo por minha culpa. – Falou chorosa.

- Não foi, não.

- Foi sim, eu sai para dar um passeio e não avisei a ninguém que iria demorar tanto. Com a tempestade que se aproximava Alexa deve ter ficado preocupada comigo e saiu à minha procura. Eu errei sair daquele jeito sem pensar em ninguém, só em mim mesma.

Afastei minha mão do seu rosto e segurei suas mãos.

- Pois eu lhe asseguro, Camila, que não foi sua culpa.

- Mas você também estava procurando por mim!

Feitei seus olhos lindos, cheio de sofrimento e entendi que teria de convencê-la que ela era a pessoas mais inocente em toda essa historia.

- Camila, eu preciso falar uma coisa para você.

Eu não pretendia contar-lhe nada nesse momento, diante das circunstâncias tão aterradoras. Mas não poderia deixar que Camila pensando que ela era a única culpada. Respirei fundo e admiti que precisava assumir o comando da situação  confessar a verdade, independente de quais pudessem ser as consequências.


Notas Finais


A Alexa não morreu e eu perdi duas pizzas GG.
E agora? Ela vai perder a perna? Lauren vai se culpar por isso?

DICAS, CRITICAS É SÓ COMENTAR.

Tchau galera, ate qualquer hora.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...