História Marks a Past Obscure - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 24
Palavras 1.578
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hey galerous! Sentiram falta desse casal lindo? Não? Que pena pq hj é tudo sobre ele. Espero que gostem e até as notas finais

Capítulo 37 - "I Love you"


Fanfic / Fanfiction Marks a Past Obscure - Capítulo 37 - "I Love you"

Pov Taylor

Agora estou no quarto do meu querido irmãozinho a um tempo e ele ainda não escolheu uma roupa. Hoje ele vai para a festa do pijama de um amigo da escola

E essa?- pergunto depois de mostrar uma blusa

Não, eu não gostei- ele reclama pela décima vez e eu sento na cama e solto um suspiro

Escolhe logo, é só uma festa do pijama, você nem vai ficar com essa roupa direito- falo e ele me olha

Ta bom!- ele pega uma blusa do Naruto 

Ta me zuando né?- essa foi a primeira roupa que eu escolhi

Desculpa, Tay, e obrigado por me ajudar- ele me da um beijo na bochecha e vai se arrumar

Saio de seu quarto e dou de cara com minha mãe saindo do quarto com uma toalha na cabeça e outra enrolada em seu corpo

Tomou banho? Vai sair?- pergunto

Eu e seu pai vamos jantar- ela responde e solta uma piscadinha

E vão me abandonar? Vocês já me amaram mais- faço drama e ela sorri negando com a cabeça

Mais como é dramática- ela aperta minhas bochechas e vai até seu quarto, eu apenas a sigo

E vão voltar que horas?- sento em sua cama e a observo andar até o closet

Provavelmente amanhã- ela volta apenas com a roupa íntima e me mostra dois vestidos- qual eu uso?

Não sei- um era azul e o outro laranja- azul combina mais com você

Obrigada, amor- ela coloca o vestido que vai usar em cima da cama e vai secar o cabelo

Mas só amanhã?!

É. Hoje vamos nos divertir- ela pisca e eu demoro um tempo para entender

Se diver... Eca, mãe! Que nojo, me poupe dos detalhes- falo e balanço a cabeça para dispersar meus pensamentos

Ai ai. Bom, o que vai fazer hoje? A casa é toda sua- ela fala enquanto se maqueia

Eu posso chamar a Alexy aqui?- pergunto e ela me olha 

Pode. Mas eu gostava mais da Lucy- lá vem ela com isso de novo

Deixa a menina, se ela gosta dessa Alexy deixa ela ser feliz- meu pai entra no quarto e pega sua roupa no closet e também coloca em cima da cama

Nossa, só disse o que eu penso- minha mãe revira os olhos e continua. Ela ainda não superou meu término com a Lucy (n/a: quem leu as curiosidades, eu mudei o nome da menina :v)

Só não pode falar demais- meu pai fala e entra no banheiro

Bom, eu vou falar com ela então- minha mãe fala alguma coisa e eu vou até meu quarto 

Mando uma mensagem e ela responde que vai almoçar e vai vir. Eu estou nervosa porque eu tenho planos para hoje

Flashback on

Bom, eu estou aqui no meu quarto e eu cheguei a uma conclusão, eu amo muito a Alexy. Não é qualquer sentimento, é tipo amor mesmo! E eu preciso fazer algo a respeito. 

Pai!- grito por ele pela casa e o encontro no sofá da sala assistindo algo na televisão

Oi, amor, o que aconteceu?- ele se vira para mim

Bom, sabe a Alexy?- ele concorda com a cabeça e eu continuo- eu gosto muito dela, tipo muito e eu queria perguntar se você pode me dar seu cartão pra eu comprar uma coisa pra ela- ele me olha sério

Vai pedir ela em namoro?- concordo com a cabeça- se gastar meu dinheiro que nem com aquela tal de Lucy eu te mato- sorrio e ele me da um abraço

Te amo pai!- exclamo e ele sorri pegando sua carteira

Também te amo- ele me entrega o cartão e volta ao seu programa

Subo as escadas e vou me arrumar, quero ir o mais rapidamente até o shopping para comprar o presente dela.

[...]

Já no shopping eu fico rodando e rodando, eu estou procurando algo importante mas não clichê. Não vou comprar um anel de ouro mas também não vai ser uma pulseira. Eu preciso de algo significativo.

Fico rodando por quase 1 hora no shopping até que um anjo aparece, na verdade é uma loja de produtos relacionados a desenhos animados, animes, jogos e essas coisas. Entro na loja que é minha última esperança

Olá, como posso ajudá-la?- um vendedor simpático se aproxima e eu tenho uma idéia

Bom, eu preciso de algo de Steven Universe, você tem?- pergunto e ele parece pensar por um tempo 

Ah sim! Temos, é para você?

Sim e não, minha amiga ama essas coisas e eu queria dar um presente pra ela- respondo e ele me olha

Que tal um colar da amizade?

Boa idéia! O que você tem?- esse menino é um anjo, sério

Bom, tem da Garnet, da Lapis, Ruby e Saphire- depois que ele diz isso eu quase dou um grito de felicidade

Eu quero esse!- aponto para dois colares com pingente de potinho com pequenas pedras dentro. Um era vermelho e o outro azul

Okay!- ele me leva até o caixa para pagar- tem caixinha, quer?- balanço a cabeça positivamente e ele coloca os dois colares na caixa. Pago tudo e agradeço

Flashback off

Bom, meus pais já saíram e levaram o meu irmão junto, o que me resta é esperar ela chegar. Eu estou muito nervosa! Tipo, não é todo dia que você se declara assim

Fico treinando de frente para o espelho mesmo sabendo que mesmo treinando, eu não vou saber o que fazer na hora

Escuto a campainha e vou correndo para a porta, abro a mesma e ela está ali, quando percebe a minha presença, sorri pra mim

Oi, anjo- amo quando ela me chama assim

Oi, Baby- ela boceja- ta com sono?

Tô, não consegui dormir direito- ela coça os olhos, por que ela é tão fofa?

Por que não?- seguro sua mão e vamos até meu quarto

Bom, porque uma menina ficou me mandando nudes às 3 horas da manhã

Para! Não eram nudes- sento na minha cama e ela deita de barriga pra cima

Uhum, eu sei- ela pisca pra mim e eu volto para o mundo real

Baby, eu preciso falar com você- ei falo cruzando as pernas e ela faz o mesmo sentando na minha frente

Aconteceu alguma coisa?- ela parece preocupada

Olha, eu falo e você não me interrompe, por favor- ela concorda e eu continuo- Alexy, quando eu entrei naquela escola eu só pensava em uma coisa, no quanto minha vida iria ser uma droga. Eu odiava esse país, odiava aquela escola, perdi amigos quando vim para cá e eu só pensava em quando eu iria embora. Até que você apareceu, eu queria saber mais sobre você, andar mais com você porque você e o pessoal eram os únicos que não me julgavam por causa do meu jeito, da minha sexualidade e essas coisas. Eu gosto muito de você e você não sabe no quanto minha vida mudou depois que você entrou nela. Eu ia dormir pensando se eu iria te ver quando acordasse você era o centro do universo pra mim e eu te amo, te amo muito. E eu queria saber se você quer namorar comigo- termino todo aquele discurso olhando pra baixo, não tenho coragem se olhar para ela agora

Ela coloca as mãos no meu rosto e o puxa para cima para colar nosso lábios. Demoro um tempinho pra perceber o que está acontecendo mas quando percebo tento retribuir da melhor forma que eu consigo. Depois que sua língua entra em contato com a minha eu vou até o céu e volto. Tipo, ela nunca be beijou assim tão... Intenso

Uou! Isso foi...

Intenso?- ela pergunta e sorri fechando os olhos- eu também te amo- ela sussurra perto do meu ouvido me arrepiando até o dedinho do pé

Ah, espera, eu comprei uma coisa- corro até minha gaveta e pego a caixinha na minha mão e entrego pra ela

Um presente? Okay- ela abre e fica com um sorriso enorme

Gostou?- pergunto quando ela pega o colar com as pedrinhas azuis e coloca no pescoço

Você ainda pergunta?- ela me entrega o meu e eu coloco- você é a melhor namorada do mundo!

Não sou- respondo e fico olhando pra ela. Por que tão linda?

Para!- ela pega a gola do enorme casaco que está usando e leva até o topo de sua cabeça- não me olha assim- ela diz abafado de baixo daquele casaco

Assim como?- pego a barra do casaco e "entro" no mesmo ficando com o rosto a centímetros do seu 

Assim- ela sorri e me beija de novo, posso me acostumar com isso

[...]

Estamos vendo um filme agora, bom, eu estou vendo o filme, Alexy está quase dormindo do meu lado. Eu falei para ela deitar mas, de acordo com a mesma, ela não está com sono

Alexy, quer dormir?- pergunto e ela nega com os olhos quase se fechando

Não, eu quero ficar com você- ela abraça minha cintura e deita a cabeça no meu ombro

Eu ainda vou estar aqui, quer que eu te faça carinho até você dormir?- ela pensa um pouco mas acaba concordando puxando o cobertor até o pescoço e esperando eu deitar

Quer que eu desligue o ar?- pergunto já que ela se cobre inteira e ela nega

Deita aqui- ela da duas batidinhas na cama bem ao seu lado e eu deito. Ela abraça minha cintura, deita a cabeça no meu ombro e fecha os olhos

Começo a fazer um carinho em seus cabelos que agora estão presos em um coque no topo de sua cabeça, a cada segundo que passa, sua respiração fica cada vez mais pesada e ela dorme poucos minutos depois. Pego o meu celular para tirar uma foto e mandar para o grupo daqueles doidos

Minha namorada, como posso chamar agora, se mexe um pouco mas não acorda, e como uma boa namorada, eu fico ali, velando seu sono e espantando todos os males




Notas Finais


AWN FINALMENTE! Quem estava com saudade aproveitou, quem não, so lamento. Bom, é só isso mesmo, espero que tenham gostado Vejo vocês depois. Até breve, meus amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...