História Marota - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Tags Harry, Potter, Romance, Sirius
Visualizações 230
Palavras 822
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey pessoal!
Eu espero que gostem

Capítulo 1 - Operação Jily


Jordana

Lá estava eu, curtindo minhas férias lendo um livro de ficção em meu quarto. Meados de agosto, as cartas de Hogwarts nem tinham chegado ainda, quando ouvi batidas enlouquecidas na porta antes de James Potter e Sirius Black irromperem pela porta.

— Ela vai saber o que fazer, ela é uma garota. — meu irmão dizia para o amigo antes de parar na frente da minha cama. Sirius parou apoiado no batente da porta com os braços cruzados.

— Faz ele desistir, isso tá virando obsessão. — disse Six e eu revirei os olhos.

— Deixa eu adivinhar: Lily Evans? — perguntei fechando o livro.

— Sim! Eu estou decidido, desse ano não passa. Se ela ainda não quiser me ver nem pintado de ouro no final do ano, eu desisto.

— Certo e você está falando isso para mim, por quê...? — perguntei confusa, franzindo a sobrancelha.

— Você é uma garota, vai me dar algumas dicas. — Ele sorriu arqueando as sobrancelhas e eu suspirei.

— Ok. — eu digo me levantando. — Vamos para o porão.

 

O porão de casa é a oficina dos marotos, com várias bugigangas, pergaminhos, penas e tinteiros jogados em uma mesa sob uma lâmpada, um sofá velho e uma lousa apoiada em um pedestal na parede. Sirius se largou no sofá e James pegou uma cadeira de armar e se sentou na frente da lousa. Escrevi nela:

 

Operação Jily

 

— O que raios é Jilly? — perguntou Sirius.

— É uma mistura de James e Lily, eu e as meninas demos esse nome. Lene, Dorcas, Alice e eu estamos torcendo por você Jay.

— Isso é bom. Obrigado. — James e eu batemos as mãos.

 

Severus Snape

 

Escrevi na lousa e passei um risco no nome.

— Depois que ele a chamou de vocês-sabem-o quê ano passado, ele deixou de ser uma ameaça. A menos, é claro, que certos idiotas continuem atazanando o Snape, isso pode fazer eles se reconciliarem.

— Quer dizer parar de azarar o Snape?! — Sirius perguntou perplexo.

— Não precisa parar, só não fazer na frente dela. — eu disse com um sorriso maroto e dando uma piscadela para o Black.

— Cara, olha só, as garotas adoram você: a Emme, aquela garota bem dotada da lufa lufa, a loira do mesmo ano da Jordana, você tem que gostar logo daquela que não dá a mínima pra você?

— Isso é outro ponto positivo, Sirius! Lily finge que não dá a mínima pro James, mas na verdade ela te acha extremamente irritante, metido e arrogante.

— Como isso pode ser um ponto positivo? — James arqueou uma sobrancelha.

— Acredite, se ela fosse indiferente a você seria bem pior. — Sorrio ao ver a expressão confusa estampada na cara deles. — Pontos em que ela te acha irritante: 

• Irresponsabilidade

• Preguiçoso

• Mania narcisista de ficar bagunçando o cabelo

• Se amostrando com o pomo de ouro

 

— De todas essas, a pior é a irresponsabilidade. — apontei para a lousa com a varinha. — Lily é monitora e certinha e você, James, coleciona detenções, é melhor começar a ter mais cuidado para não ser pego. Preguiçoso. — apontei com a varinha para o segundo tópico. — Você não é burro, é bem inteligente até, acho que tá no sangue, embora eu seja mais porque você tem a pequena desvantagem de ser um homem.

— Isso não é uma desvantagem. — Ele protestou.

— Enfim, se dedique mais nas aulas e você terá a atenção dela. Depois disso, é só eliminar nossos últimos dois tópicos, e por último e mais importante: Pare de dar em cima dela.

— Como assim parar de dar em cima dela?

— 90% das garotas têm tendências a gostar de quem não dá a mínima pra elas, por isso que elas quase se jogam em cima do Sirius. — digo com um suspiro de lamento e Sirius sorriu. — Por sorte eu estou nos outros 10% e sou imune aos encantos de conquistadores baratos.

— Ok. — James se levantou e começou a listar nos dedos. — Ser responsável, me dedicar nas aulas e parar de dar em cima da Evans. Acho que eu consigo. — disse ele com um ar determinado.

— Vai virar um chato. — reclamou Sirius jogando um pergaminho amassado em James.

— Relaxa Six, eu posso ser sua parceira, sou uma Potter, uma marota, estou qualificada para o cargo.

— Te troquei, Prongs. — Sirius disse passando o braço pelo meu ombro quando eu me sentei ao seu lado no sofá.

— Rárárá engraçadinhos.

— Você também quer algumas dicas Sirius? — perguntei solícita.

— Não preciso. Sou um expert em garotas.

— Claro e é por ser um expert em garotas que ainda não conseguiu ficar com a Lene. — Eu o alfinetei.

— Ei, ela vai ceder, você vai ver.

— Boa sorte. Bem garotos, vou voltar para o meu quarto, o livro está interessante. Jay, coloca o plano em prática quando voltar ao castelo hein. Tchauzinho. — digo saindo do porão e voltando para o meu quarto me jogando na cama. Eu estava torcendo por James e Lily, ela é uma garota legal. Também me perguntava quando Sirius iria tomar vergonha na cara. Provavelmente nunca.


Notas Finais


Então o que acharam?
Reviews?
Até o próximo capitulo
Beijos ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...