História Mas Agora Eu Amo Você! - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook, Jimin, Jungkook
Exibições 54
Palavras 1.150
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Peço desculpas pelo capitulo a seguir...GENTE,É A PRIMEIRA VEZ QUE FAÇO LEMON,entao perdoem
Nao terminei a noite deles pq é só um teste,se vcs nao gostarem,eu posso excluir e refazer um capitulo sem hot
Se vcs gostarem,eu continuo no proximo q ja ta meio feito
Entao é isso,espero q gostem
Eu lutei muito pra fazer sacoisa

Capítulo 7 - "Amigos?"


*Jimin On*

Frustração.Raiva.Tristeza.

Eu sentia tudo isso e mais um pouco.Mas não queria demonstrar nada,e fiz o maximo de esforço para continuar serio,sem expressao alguma.Apesar disso,minhas lagrimas continuavam a cair mesmo depois de um tempo.

Jungkook ficou chorando com sua cabeça baixa por alguns minutos,até resolver me encarar.

-Me desculpa.-Ele disse.Notei seus olhos vermelhos,e o rosto molhado de lagrimas.-Desculpa,Jimin...

Aquelas desculpas nao deveriam ser para mim.E eu o odiava por pedi-las.Apenas aumentava a minha ilusao de que Jungkook me traiu.

-Você não me deve desculpas.A vida é sua,você faz o que bem entender.-Falei.Tentando equilibrar a voz,mas ainda assim,soou tremula.-Não somos namorados,então,não me deve satisfações do que faz ou deixa de fazer.

Enquanto eu dizia,ele negava com a cabeça.

-É claro que devo.Eu me confessei para você.Eu te amo,Jimin.

Seu olhar era desesperado,se eu continuasse fixado ali,não resistiria.Por isso,tentei me concentrar em outras coisas,o lencol,a parede,as coxas do Jungkook marcadas naquela bermuda....Aish,para Jimin!Foca!

-Jimin..-Continuou.-Não posso viver sem você.

Cala a boca,Jungkook.

-Suas desculpas são aceitas.-Eu sorri.As lagrimas continuavam a cair,mesmo eu enxugando-as a cada segundo.-E nada mais que isso.

Não foi uma traição.

Jungkook não era meu namorado.Eu não fui traido!

Porque eu chorava tanto?

Levantei da cama.

Eu estava desistindo.E era doloroso.

-Amigos?-Estirei minha mão para ele.

Jungkook me encarou,ainda sentado na cama.Enxugou as lagrimas.E olhou para minha mao,como se ela fosse um daquelas tralhas antigas.Bem desnecessaria,mas dificil de jogar fora.

Ele ia mesmo fazer aquilo?Pegar na minha mao e entao,tudo seria normal.Eu namoraria a Liza,por mais que nao gostasse dela.E o Jungkook voltaria a pegar o Taehyung embaixo do nariz do Hoseok.Era isso?

Jungkook segurou minha mão.

Então.Era isso.

Lá no fundo,eu não queria que as coisas voltassem ao normal.Não queria ele com o Tae,queria ele comigo.

Que droga Jimin.Porque você ama tanto esse cara?

-Amigos?-O Maknae repetiu minha pergunta mas em um tom diferente,quase com de sarcasmo.

-É.Amigos.-Respondi não muito convicente e um pouco nervoso.

Jungkook levantou uma sombrancelha e sorriu.

Ah,ceus...Aquele sorriso não...

Sua expressao mudou completamente de repente.Não parecia alguem que estava chorando poucos segundos antes.Ao contrario,ele parecia bem confiante.O tom sarcastico que usou,a sombrancelha arquearda,e principalmente a forma como sorriu.

Sabe aquela criança que chora porque levou bronca e logo depois ganha um brinquedo novo?Então.Esse era o Jungkook naquele momento.

E eu tinha uma leve intuição de que,não era com um brinquedo que ele ia brincar.

Em um movimento rapido,que eu mal notei,o moreno levantou,me puxando para si e imediatamente me roubando um beijo no canto da boca.

-Ah,Jiminnie...-Ele balançou a cabeça em negação,como se não acreditasse que eu estava ali,caindo em sua teia novamente.

Começou a roçar seus labios nos meus lentamente,quase em camera lenta.Deu um leve suspiro,seu halito quente e altamente sedutor me entorpeceu como a fumaca de uma droga.Uma droga viciante e prazerosa.

Roçou seus labios nos meus mais uma vez e mordeu meu labio inferior.Sem esperar mais,ele enfiou sua lingua em minha boca.Não havia guerra entre as linguas,era um beijo calmo,estavamos aproveitando cada segundo.Vez ou outra,o Maknae chupava minha lingua e finalizava com meu labio inferior entre seus dentes,com uma mordida atrevida.

Nos afastamos apenas por falta de ar.

Jungkook sentou na cama,dando tapinhas nas proprias coxas.-Vem cá.

-Kookie,não.-Falei,respirando fundo e dando alguns passos para tras.

-Não?-Jungkook usou aquele tom de voz sarcastico de novo.Dando um sorriso safado.

Ele levantou e veio até mim.

Ceus...Se ele me tocasse,eu não ia resistir.

Parte de mim,queria correr dali.E meu orgulho,onde foi parar?E eu não tinha acabado de desistir desse idiota?

Porem,minha outra parte queria tacar o foda-se em tudo e correr para o Jungkook.Eu merecia ser feliz,mesmo sendo trouxa.

-Será que..."não",mesmo...Jiminnie?-Jungkook falou baixinho entre suspiros,o que soou como gemidos.Fodendo com minha consciencia aos poucos.-"Não"?Você não quer?

-N-não...-Respondi embaraçado.

Ele desceu sua mão e pressionou meu membro.Soltei um gemido abafado quando ele começou a movimentar sua mão em vai e vem por cima da minha calça do pijama.

-Ahn...Kookie...-Coloquei minha mão sobre a sua,na tentativa de para-lo,mas aquilo apenas o instingou a movimentar sua mão mais rapido.

Eu já estava ofegante e meus quadris se moviam quase automaticamente,mais um pouco e eu chegaria no limite.Mas Jungkook parou de repente...

Ele sorriu ao ver minha cara de desapontamento.Aquilo o divertia,me ver sofrer,como sempre foi,mas dessa vez ele me fazia sofrer da forma mais prazerosa possivel.

Nossos olhos se encontraram e eu vi muito desejo ali.Se Jungkook gostava mesmo de mim ou não,eu não sei.Só sei que eu ia me entregar por completo.Mesmo que ele não olhasse na minha cara no outro dia,

Ah,foda-se tudo.Eu queria apenas que Jungkook me fodesse com vontade naquela noite.

-Você não quer?-Ele perguntou de novo,em meu ouvido,dando uma leve mordida no lobulo da minha orelha.-Hein...Baby Boy?

Assenti silenciosamente,estava nervoso demais para as palavras sairem da minha boca.

Ele me empurrou ate eu cair sentado na cama.E balançou o dedo em negativo.

-Quero ouvir da sua boca.-Jungkook segurou meu queixo e fez menção de me dar um beijo,mas ao inves disso,se ajoelhou sem tirar os olhos dos meus.-Han?

Ficou entre minhas pernas,acariciando minhas coxas e minha ereção atraves da calça.

Bastava meu "sim" para que ele comecasse.E eu não aguentava nem mais um minuto para isso.

-Sim,eu quero.Por favor,Kookie-ah...-Falei já suspirando.-Vai.Chupa Jungkook.

Ele sorriu e enfiou os dedos do cos da minha calça,puxando de uma vez,jogando-a em um canto qualquer.

Kook fez uma sessao de chupoes em meu membro,por cima da cueca.Dando beijos e abocanhando-o com força. Então,deu um beijo em meu umbigo e puxou minha cueca,meu membro já rigido escapuliu e eu gemi em liberdade.

Minha calça e cueca foram parar lá na puta que pariu.Assim como minha razão.

Jungkook começou a me masturbar com as duas mãos,uma se movimentando ao lado oposto da outra.

-Ah..Ah...Jungkook...-Minha respiração estava descontrolada e ele,claro,se deliciava com isso.

Não demorou muito,e a cabeça do meu membro foi a proxima vitima.O maknae beijou-a e chupou,passando sua lingua lentamente em movimentos giratorios.Depois foi abocanhando o meio,e em seguida estava com tudo dentro da boca.Fazendo um movimento de vai e vem freneticamente.

-Porra....Jungkook...Ah-Eu gemia como um condenado,segurava com uma mao no lençol e a outra nos cabelos do Kook.

Ele apertava minha coxas para apoio e tambem para me deixar louco.Logo,voltou a chupar a ponta do meu membro e a me masturbar com uma das mãos.Estava indo longe demais,eu estava quase "lá".

-Não vou aguentar...Jungkook,eu...

A essa altura eu ja estava dando estocadas em sua boca,como se eu fosse o ativo da vez.

Jungkook levantou ate minha boca-O que nao foi muito porque eu sou baixo- e me fez provar do meu proprio gosto,me dando um beijo molhado.Veio para meu colo rebolando,e tirando minha camisa,o que foi frustante porque ele ainda estava completamente vestido.

Tratei de arrancar sua camisa e deslizei sua bermuda.Admirei a ereção em sua cueca boxer,mas antes que eu pudesse tocar,Jungkook saiu de meu colo.

-Não.-Ele disse autoritario.

Gemi insatisfeito e ele riu.

-Tenho outros planos para você,Jiminnie.

-O que vai fazer comigo,Kookie?

-De quatro.

Apenas obedeci.

-Quero ver,Park Jimin,se depois de hoje...você vai conseguir dizer "não" para mim.


Notas Finais


E ai,vcs gostaram? ;-;
Nunca tive tanta insegurança pra postar algo na minha vida de fanwriter como to tendo agora
Entao eu peço,porfavor q me contem se devo continuar T-T
Aish q nervosos do cacete


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...