História Material Girl - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias David Luiz, Demi Lovato, Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 141
Palavras 1.536
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Musical (Songfic)
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - A Morena de Vermelho


Fanfic / Fanfiction Material Girl - Capítulo 1 - A Morena de Vermelho

As luzes neon, a música, as mulheres, a bebida. Tudo neste local parece me irritar, sintomas de duas semanas olhando para o mesmo local, vendo e revendo as mesmas pessoas, bebendo as mesmas bebidas.  




A única diferença de hoje, sábado, é quê as pessoas do salão parecem estar mais bem vestidas, aos meus olhos. 

Entre uma olhadinha é outra pude ver um rosto diferente, é muito bonito por sinal, não só rosto como o conjunto completo. 




 Era Uma mulher morena de cabelos curtos, estatura média. Trajava um vestido vermelho colado no corpo deixando ainda mais suas curvas a vista. A garota de vermelho brilhava mais que todas as luzes que indicava o nome do bar onde se encontrava a mesma.




Após alguns minutos observando a morena, tomei coragem é fui até a moça. Sentei-me ao lado dela. Ao perceber a minha presença a mesma de olhou de cima a baixo, de forma sexy, os países baixos já davam sinais.  




- Não vai me oferecer uma bebida, cavalheiro? - Questionou a dama de vermelho.  




Pude perceber quê ela tem uma voz tão sexy quanto a sua roupa é sua expressão. 




- Mas é claro bela moça! O que prefere beber? Algo mais suave ou mais quente? - Perguntei tentando chegar ao seu tom sensual.  




- Bom, eu gosto de algo mais leve que contenha morango. Sabe?! Eu gosto muito de morango. E você do quê gosta? 




- Menta. Mas também gosto muito de morenas, se é quê me entende. 




A Jovem me olhou de cima a baixo mais uma vez enquanto passava a língua pelos lábios que estavam pintados em um vermelho intenso, assim como seu vestido.  




- Sim eu entendo. Conheço uma que eu tenho certeza quê você adoraria provar! 




- Sério? Onde eu poderia encontrar tal morena?  



- Calma ai cabeludinho. Digamos que essa morena tem as suas preferências. 




- E quais seriam essas preferências? 




- A Marca do seu terno por exemplo, ela ama.




- Essas preferências seriam homens com dinheiro? Interesse? 




- Não. Você está confundindo as coisas cabeludinho. Ela não é interesseira, é apenas materialista.  




- Materialista? 




- Se um cara quiser dar lhe um beijo primeiramente ele tem que libertar o cartão de crédito, ou então ela manda o pastar! 




- É se ele for além de um beijo? 




- A Tiffany lançou uma nova linha de jóias, A Calvin Klein também lançou conjuntos incríveis. Já viu o novo Audi?




- Tenho interesses. 



- Quarto número 346, esteja la em 10 minutos. - falou é saiu do local me deixando com um sorriso nada santo no rosto. 




Aquela garota me deixau "no ponto", essa noite não quero nada, apenas o seu corpo o mais colado ao .meu. 




Os minutos passaram muito devagar, devagar até demais. Esperei mais 2 minutos -Não queria deixar a minha afobação a vista- é entrei dentro do quarto, quê obviamente estava aberto. 




Ao entrar no local passei os olhos por toda a extensão do quarto extremamente luxuoso más não à encontrei. 





- Onde sserá quê se escondeu a moça de vermelho? - Eu a chamava enquanto procurava por cada canto minúsculo do quarto. 




Senti duas quentes mãos encontarei em meus olhos tomando-me totalmente a visão. 



- Adivinha quem é? - Mesma voz sexy de minutos atrás sussurrou. 




- Não sei. Talvez uma mulher extremamente sensual que rouba toda a minha preciosa atenção.




- Hum... Bom cabeludinho. - Falou enquanto retirava as suas maos dos meus olhos.




Em um passe de mágica virei me é a agarrei pela cintura. A moça trajava uma uma lingerie branca que ficava espetacular em seu corpo, ele tinha tatuagens em alguns pontos do seu corpo havíam tatuagens o quê a deixava ainda mais sexy. 




- Então por onde vamos começar? - Ela falava enquanto abria os botões do meu terno em seguida começou a abrir a minha camisa branca social. 




Ela deixou me apenas de calça. Suas mãos subiam é descíam sobre o meu peitoral é abdômen.  




- O quê vai fazer, me torturar? - Disse pelo fato dela simplesmente ficar passando as mãos sobre o meu membro quê se encontrava coberto. 




- Calma lá grandão! Você não quer brincar? Se você não quiser eu quero e muito. - Disse. 



Assim quê terminou a sua frase começou a abrir a minha calça, enquanto eu apenas admirava a sua bunda. Meu Deus! Que mulher. 




- Não. Eu não gosto muito de certas preliminares. 




- Não gosta de preliminares... entendi. Só não vai dizer que a visão ai não està boa. - Falou antes de abocanhar o meu membro que estava duro feito pedra. 




Suas mãos delicadamente o estimulava juntamente com sua boca que era simplesmente deliciosa. Após alguns minutos eu já sentia quê iria gozar, o que não demorou muito para acontecer. 




- Gato. Gostoso. Rico. E bem dotado. O quê me resta saber é se o cabeludinho manda bem na cama.  




- Bom, muitas mulheres dizem que sim.  




- Veremos. Abra o meu sutiã. - Falou se virando para mim. 




Escorreguei a ponta dos meus dedos em seu pescoço, deixei alguns beijos é chupões em seguida abri o seu sutiã tendo vista a mais uma tatuagem. Dessa vez um sinal de dinheiro "$". 





 - Gosto da suas tatuagens. - Falei enquanto a agarrava por trás dando diversos beijos sobre seus ombros. 





A virei para mim é depositei um beijo quente em seus lábios ainda vermelhos, enquanto nos beijavamos levei ela até a cama é a joguei sem delicadeza alguma. Como disse: não gosto de preliminares. Fui diretamente ao ponto, retirei a sua calcinha e enfiei o meu rosto no meio de suas pernas, tocando em cada ponto em sua intimidade. Ela gemia loucamente principalmente quando tocava em seu Clorís, logo após comecei a dedilhar a sua intimidade quê ja estava molhada, sentia que logo logo ela iria gozar, quando enfiei dois dedos senti ela minhas costas isso fez eu ir cada vez mais rápido na morena que mordia os lábios por puro prazer. Assim que senti seu gozo descer, subi um pouco mais o meu corpo é dei a devida atenção para os seus seios. Mais uma vez: Que mulher é essa? 




Em sequência fui para a melhor é mais esperada Parte.  




- Eu gosto de ficar por cima! - Ela falou exatamente quando fiz menção de a penetrar.  




- Gosta é? Só que aqui quem manda sou eu! - Felei e entrei dentro dela, sem pena é sem dó.  




Meus movimentos eram rápidos é precisos. Nossos gemidos eram roucos é extremamente altos. A cada estocada um puxão em meus cabelos, aquilo doía más isso só é um mínimo detalhe o que eu mais quero neste momento e foder essa mulher Até esgotar todas as energias do meu corpo. A sua intimidade era apertada o quê me dava ainda mais prazer e vontade. O prazer era tanto quê eu não me aguentei por muito tempo é explodi dentro dela mesmo.  





Mas nem eu muito menos ela estávamos satisfeitos. Como ela disse que gostava de ficar por cima, dei lhe a honra. 

A morena subiu em cima de mim é começou a cavalgar violentamente. A cada pulo seus seios subiam é descíam, eu tinha a visão dos Deuses. Após algum tempo foi a sua vez de explodir.  





Estávamos suados é extremamente cansados. Seus cabelos tão lisos é negros estavam colados em sua testa, assim como o seu corpo quê estava grudado ao meu. Aproveitei a posição é dei um tapa em sua bunda. O que fez ela soltar um gemido beixo é abafado.  




- Então garota Materialista, quanto eu lhe devo? 




- Nada. Apenas um Replay de tudo isso, Topa, cabeludinho? 


"Alguns garotos me beijam, outros me abraçam

Eu acho eles legais

Se não me liberam o cartão de crédito

Eu dou o fora


Eles pedem e reclamam

Mas não conseguem entender, isso aí

Porque o garoto com a grana ganha com seu suor

É sempre o certinho


Porque nós vivemos num mundo materialista

E eu sou um garota materialista

Você sabe que nós vivemos num mundo materialista

E eu sou uma garota materialista


Alguns garotos paqueram, outros são devagar

Para mim, está tudo bem

Se não despertam o meu interesse

Eu tenho que deixá-los em paz


Alguns garotos tentam e outros mentem

Mas eu não os deixo brincarem (sem chance)

Somente garotos que guardam seu dinheiro

Trazem-me problemas


Porque nós vivemos num mundo materialista

E eu sou um garota materialista

Você sabe que nós vivemos num mundo materialista

E eu sou uma garota materialista


Vivemos num mundo materialista

E eu sou um garota materialista

Você sabe que nós vivemos num mundo materialista

E eu sou uma garota materialista


Vivendo num mundo materialista (materialista)

Vivendo num mundo materialista

Vivendo num mundo materialista (materialista)

Vivendo num mundo materialista


Garotos vêm, garotos vão

E está tudo bem

A experiência me fez rica

E agora eles vêm atrás de mim


Porque todo mundo vive num mundo materialista

E eu sou um garota materialista

Você sabe que nós vivemos num mundo materialista

E eu sou uma garota materialista


Vivemos num mundo materialista

E eu sou um garota materialista

Você sabe que nós vivemos num mundo materialista

E eu sou uma garota materialista


Vivemos num mundo materialista

E eu sou um garota materialista

Você sabe que nós vivemos num mundo materialista

E eu sou uma garota materialista


Um mundo

Um mundo

Um mundo

Um mundo materialista


Vivendo num mundo materialista (materialista)

Vivendo num mundo materialista

Vivendo num mundo materialista (materialista)

Vivendo num mundo materialista

Vivendo num mundo materialista (materialista)

Vivendo num mundo materialista

Vivendo num mundo materialista (materialista)

Vivendo num mundo materialista"





Notas Finais


Espero que tenham gostado! *--*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...