História Matter Of Time - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Celebridades, Drama, Fama, Nudez, Romance, Sexo
Visualizações 23
Palavras 2.818
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oioi leitores ❤️
Pois bem, espero que vocês gostem dessa minha primeira fanfic, desculpem qualquer erro ortográfico.
Boa leitura ✨

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Matter Of Time - Capítulo 1 - Prólogo

MAIO DE 2015

Ellen DeGeneres ocupa sua poltrona logo depois dos comerciais, ela já havia anunciado sua convidada especial para aquele dia e toda a platéia parecia extremamente animada em recebê-la, afinal todos amavam a nova princesinha do pop, Keana Styles.

O instrumental do novo single da garota não demorou nada para ecoar pelo ambiente, conforme a apresentadora fazia questão de anunciar o nome da cantora e levantar do próprio lugar para cumprimenta-la.

— Seja bem vinda, sente-se — Ellen aponta para a poltrona a sua frente.

— Obrigada — Keana se senta com um sorriso tímido no rosto.

— Como você está no meio dessa loucura toda? Seu novo single está no pico das paradas de vários países, além de ser uma das músicas mais tocadas nas rádios dos Estados Unidos, e você tem apenas dezoito anos — pergunta.

— É um sonho realizado, nunca me imaginei estar onde estou em tão pouco tempo — Keana sorri esbaldando simpatia.

— E você tem tempo de ficar um pouco com a sua família?

— Infelizmente não, são muitas viagens e shows, meus pais às vezes me acompanham em alguns compromissos mas é difícil disso acontecer devido a minha irmã mais nova e seus compromissos escolares — explica deixando escapar um meio sorriso desanimado.

— Ah você tem uma irmã mais nova, certo? — Keana assenti — Ela já se acostumou com a irmã famosa?

— Não muito, ela não gosta de multidões acho que a assusta, porém nem eu me acostumei ainda — ri baixo acompanhada de Ellen.

Ellen era conhecida pelo seu programa em fazer perguntas extremamente invasivas com humor, o que fazia sempre o convidado não conseguir fugir sem dar uma resposta. Keana era nova nesse rumo, porém não foi diferente para a garota. Logo as perguntas que elas mais odiava em responder aconteceram, sobre relacionamentos.

— Não estou entendendo, você acredita no amor mas não acredita que ele seja feito pra você? — Ellen franze o cenho e encara Keana.

— Não tive sorte com relacionamentos, eu não beijei até os dezesseis anos, que foi quando eu ganhei minhas curvas — ri divertida, cruzando as pernas — Acredito que se existir um amor para mim, deve estar apanhando ou perdido pelo mundo, com medo de me encontrar — todos riem e ela sorri.

— Mas você é tão jovem e escreve e fala tanto sobre amor, não pode desistir assim — cruza os braços, pensando por alguns instantes — Okay, eu vou te ajudar. Vamos jogar um jogo que é assim, irá aparecer fotos de homens no telão aqui a atrás — ela aponta para a tela atrás das duas — Você escolhe um deles que você namoraria e então quando o sortudo vier para o meu programa eu tento arranja-lo pra você, o que acha? — todos riem e Keana dá de ombros entrando na brincadeira.

Várias fotos de celebridades famosas começam a aparecer no telão do programa, às vezes Ellen fazia comentários engraçados sobre algum fazendo toda a platéia cair na gargalhada.

Tyler Posey, Zac Efron, Zayn Malik, Logan Lerman, Niall Horan e vários outros... Foi então que o choque da platéia aconteceu quando a cantora teen disse sem nenhum problema o nome da última pessoa que qualquer um apostaria que não era seu tipo.

— Justin Bieber? — todos estavam chocados.

— Sim — sorri, descruzando as pernas — Já vi algumas entrevistas dele e acredito que ele seja uma pessoa sensata e com excelente idéias, além de eu amar suas músicas — Ellen ainda a encarava surpresa — Vai dizer que vocês nunca tiveram um crush nesse menino? — todos riem e a garota sorri divertia.

— Não sabia que garotos como ele te atraiam...

— Pessoas inteligentes e talentosas atraem qualquer pessoa... — o comentário simplesmente escapa da sua boca e todos aplaudem sua resposta.

Keana sabia que ela não estava insinuando aquilo e sim "meninos como ele" significava garotos problemáticos, antipáticos, festeiros, que odiavam a mídia e não passavam apenas de um rostinho bonito. Mas mesmo sem conhecê-lo, Keana sentia que Justin Bieber era bem mais do que a mídia sempre transmitia dele.

Justin Bieber Point of View:

Minha home no Twitter estava uma loucura, milhares de mensagens chegavam por segundo e tudo atualizava tão rápido que eu não conseguia acompanhar absolutamente nada, mas conseguia ver sempre o mesmo nome de todas aquelas palavras. Keana Styles.

@: Keana está falando de Justin porque é desesperada por fama.

@: Espero que eles se encontrem logo, amaria ver os dois juntos.

@: Justin não é uma boa influência para Keana, os dois são completamente oposto um do outro.

@: Não shippo os dois juntos, Keana é tão certinha, Justin iria levá-la para o mal caminho.

@: Se beijem, se casem e tenham filhos @keanastyles @justinbieber

O que eu tenho a ver com essa garota?

@justinbieber: De quem vocês estão falando?

— Justin você já viu? — Scooter entra no meu quarto e eu franzo o cenho.

— Depende, está falando do que? — me sento na cama e pego meu celular.

— Essa garota — vira meu notebook em minha direção e aperta o play.

Durante toda a entrevista pude notar o quão confortável ela aparentava estar em público, algo oposto de mim, eu sempre ficava nervoso em entrevistas mesmo tendo realizado elas por anos. Foi então que Keana começou a falar sobre amor e eu não pude deixar de sorrir, de uma forma irônica nós tínhamos um pensamento parecido sobre o assunto, acontece que eu acreditava que existia um amor pra mim, mas que eu sou muito jovem para encontrá-lo.

Mas eu iria encontrá-lo um dia.

No final da entrevista entendi o porquê de todos não pararem de falar sobre nós dois: na entrevista Keana me lotava de elogios e até mesmo me defendia de uma ironia vindo da apresentadora, algo que era difícil. Mesmo tendo alguns — poucos — amigos famosos, nem todos eles me defendiam dos boatos pesados e sem noção que toda a mídia fazia questão de espalhar para todos, mas ela havia feito exatamente isso sem nem ao menos me conhecer.

Quando iniciei minha carreira, como ela, era um mar de rosas. Até quem não era meu fã implorava por uma foto comigo, emissoras brigavam para que eu aparecesse em seus programas, minha música vendia como água, premiações imploravam para que eu marcasse presença e eu tinha uma enorme legião de fãs. Tudo mudou quando três notícias diferentes, seguidas e completamente distorcidas saíram sobre mim e assim não parou mais. Me titulando como "garoto problema".

— Ela é bonita — murmuro com um pequeno sorriso e Scooter ri.

— A próxima da sua lista — reviro os olhos.

— Até você? — me deito novamente — Eu só achei ela bonita e legal — Clico no último vídeo clipe que havia sido lançado em sua conta — E olha só, ela canta bem.

— Seria bom pra sua imagem se você saísse com alguém como ela.

— Scooter eu não faça isso, você sabe — meu agente bufa — Se eu gostar de alguém eu saio porque eu gostei da pessoa, não por algo que ela possa me oferecer — continuo prestando atenção no clipe e não consigo evitar de sorrir de canto, ela era adorável.

— É por isso que você só anda com pessoas flops — Não consigo evitar de rir e ele sorri, aquilo não era verdade — Só tente ser mais sociável, você sabe que a gravadora não está feliz...

— Sem um álbum a dois anos e blá blá blá... Eu sei, não se preocupe até o final desse ano iremos estar com o álbum pronto — pisco pra ele e meu agente me encara.

— Assim eu espero... Descanse pra amanhã... — faço um positivo com a mão e Scooter deixa meu quarto.

Confesso que pelo resto da noite continuei vendo os vídeos de Keana, assistindo seus vídeos clipes e até mesmo baixando seu álbum de estreia. Também pude ver algumas entrevistas e notei o quanto ela era inteligente e bem articulada. Pelo seu jeito, parecia ser uma garota fácil de se lidar e fazer com que todos em sua volta se encantasse com ela. Adoraria conhecê-la...

Keana Styles Point of View:

Era bem cansativo a maior parte do tempo, mas acho que me acabei me acostumando com o fato de todas as pessoas que se aproximam de mim apenas quererem uma foto ou autógrafo. É difícil encontrar alguém que quer apenas conversar e abraçar ao invés de berrar para o mundo de que acabou de me conhecer, infelizmente aquilo me afetava.

Entrei no hotel acompanhada de umas minhas pessoas favoritas do mundo todo, Alysson Wiles, também conhecida como a melhor agente de todos os tempos. Aly era praticamente minha irmã, nos dificilmente estávamos separadas, até porque era seu trabalho me acompanhar em todos meu compromissos por ser minha agente, porém com o passar do tempo acabamos nos tornando confidentes.

Enquanto subiamos para o meu quarto minha agente falava sobre a enorme repercussão que a minha aparição no programa da Ellen havia causado. Eu ainda era nova no ramo, não conseguia acreditar que o simples fato de eu dizer que um homem me atraía pudesse causar tanto reboliço nos tablóides.

Ainda era surreal o fato da minha vida ser completamente luxuosa, os gritos dos meus fãs embaixo de sacadas, a enorme quantidade de dinheiro na minha conta bancária e as multidões que faziam filas apenas para me ver cantar algumas músicas. Eu amava tudo que possuía, exceto o fato de ter que sempre estar longe da minha família e a completa falta de privacidade.

— Você acredita que ainda estão falando de Justin e você? — Alysson se joga na poltrona, ao lado da mesa posta com o nosso jantar da noite — Seus fãs até fizeram algumas montagens — rio, revirando os olhos.

— Eles são um pouco loucos, só disse que acho ele inteligente e talentoso.

— Bonito também — me olha arquiando uma sobrancelha — Vocês vão se encontrar em premiações festivais! Vai que ele já viu sua entrevista e resolve dar emcima de você, falam que ele é pegador, como você iria reagir?

— Aly, Justin Bieber jamais daria emcima de mim! — retiro meus saltos e caminho em direção a mesa com a comida — Ele no máximo seria gentil, só porque eu declarei minha paixão platônica por ele em rede nacional — minha amiga ri e pega seu sanduíche.

— Vocês fariam um casal quente, a mídia iria amar vocês dois juntos — revirou os olhos, minha amiga não parecia prestar atenção em nada do que eu dizia.

— Ele só namora modelos e pessoas extremamente famosas, vai dizer que você não sabe quais foram os últimos relacionamentos dele — pego algumas batatas fritas — Além do mas, eu estou focada na minha carreira nesse momento, não em namoro.

— Você está precisando sair para transar e assim não me atolar de trabalho — abro a boca chocada e minha amiga joga a cabeça pra trás, gargalhando alto.

— Eu não acredito que você disse isso! Enfia seu lanche na boca e para de falar asneira — pego meu prato e me jogo na cama, me acomodando para assistir um filme.

Enquanto comia silenciosamente senti minhas bochechas corarem com os meus pensamentos. É claro que aquela entrevista havia chegado até Justin, talvez algum repórter idiota mostrasse pra ele e começassem a nos empurrar um pro outro, é que eu menos queria. Justin Bieber é uma pessoa extremamente reservada e não aparenta ser alguém que goste de piadinhas e brincadeiras como as que eu fiz, talvez ele passe a me odiar por isso, ou pior ainda, ache que eu só falei dele para que meu nome ficasse estampado em todos os tablóides, como o dele sempre fica.

E o que eu mais temia aconteceu, Justin havia tweetado: "De quem vocês estão falando?" um dia depois da minha entrevista, não dizendo absolutamente nada depois. Ninguém da sua equipe havia entrado em contato com a minha para pedir que eu não alimentasse mas sobre o assunto ou até mesmo continuasse, então decidi deixar quieto e não falar mais sobre.

Minha equipe e eu ficamos a semana toda em L.A, gravando diversas participações em programas e ensaiando para minha maior apresentação até agora. Naquela tarde e parte da noite iria acontecer o American Music Awards, minha gravadora havia conseguido com que eu cantasse meu novo single no palco principal, já que a música estava indo muito bem.

— KEANA TIRA UMA FOTO COMIGO! — todos os fãs gritavam juntos me deixando desnorteada, enquanto eu tentava atender todos.

— KEANA! — colo meu rosto com de uma menina e sorrio.

— O Justin está aqui! — não consigo evitar de rir quando um menino fala isso — Ele vai apresentar uma das categorias da premiação, eu preciso de uma foto de vocês dois juntos!

— Pessoal, Keana precisa ir agora, eu sinto muito — Rob meu segurança, me puxa cortando o garoto.

— Eles ainda não pararam de falar sobre isso — murmuro envergonha para Aly — Levaram muito a sério essa coisa toda, por que não estam falando de todos os homens que apareceram naquele telão também?

— Porque nenhum deles é tão oposto de você como Justin é — Alysson ri divertida me levando até o tapete vermelho.

Conforme eu andava pelo tapete e posava para as fotos podia sentir meus olhos arderem graças a enorme quantidade absurda de flashes, da mesma maneira que conseguia sentir meus ouvidos zunirem graças a quantidade de gritos e música, mas nada que eu não tivesse acostumada.

Ocupei meu assento ao lado de Taylor Swift, eu havia aberto alguns shows de sua última turnê e acabamos nos tornando amigas durante esse tempo. Ouvia Alysson surtando do meu outro lado quando via algum famoso perto de nós, logo minha amiga fez questão de apontar para o homem com um terno preto sentado em uma poltrona duas fileiras na nossa frente, Justin Bieber.

Precisava parar de dar atenção para o que a mídia tanto alimentava, havia sido um comentário qualquer em uma entrevista e ponto.

Eu estava bem tranquila durante a premiação até o momento em que Alysson e eu levantamos para caminhar até o backstage, precisava me trocar e então aquecer minha voz para minha apresentação, seria a minha primeira vez apresentando em um palco principal depois de me apresentar apenas no tapete vermelho.

— Estou tão nervosa — junto minhas mãos e respiro fundo.

— Você faz isso sempre não tem porque ficar nervosa — ela me abraça e eu automaticamente sinto meu corpo relaxar.

— Só tem os maiores artistas da atualidade esperando eu me apresentar no palco, só isso.

— Não pense por esse lado, apenas se divirta e faça tudo como o ensaiado — começam a colocar todos os aparelhos em mim e Aly não demora nada para me estender o microfone — Qualquer coisa feche os olhos e cante com tudo de si, assim não vai precisar encarar a multidão.

Conforme eu caminhava para trás do palco com minha banda sentia ainda mais minhas mãos trêmulas e a ansiedade me consumindo de todas as maneiras. Estava acostumada com grandes públicos, mas não um gigantesco como aquele. Pude sentir tudo ficar ainda pior quando Alysson deu um forte apertão em meu braço e sussurrou para eu olhar pra cima.

Justin Bieber descia as escadas da lateral do palco conversando com Ariana Grande que tinha acabado de ganhar um prêmio. Um fotógrafo não demorou muito para pedir que ambos posassem lado a lado em uma foto. Justin conseguia ser ainda mais lindo de perto.

Não pude evitar de sentir o pavor me consumir quando notei que seu olhar havia focado na minha direção, minhas bochechas ficaram cada vez mais vermelhas conforme ele se aproximava.

— Keana Styles, certo? — pergunta com um sorriso de canto — Ouvi falar muito de você essa semana — ele entende sua mão e eu prontamente aperto a mesma.

— Eu sinto muito por isso — murmuro sem saber o que dizer e ele franze o cenho.

— Por fazer todos falarem de mim? — seus olhos ficam extremamente pequenos quando ele sorri de uma forma fofa — Não tem problema, você falou bem de mim, o que é difícil disso acontecer.

— Keana... — Aly faz um sinal, mostrando que já estava na hora de eu subir ao palco.

— Oh me desculpe, você vai se apresentar — estende sua mão mais uma vez em minha direção — Espero te ver mais tarde na after-party, boa sorte na apresentação e foi um prazer te conhecer — ele pisca e acena antes de se virar para sair daquele tumulto.

Automaticamente dou um tapa em minha própria testa.

— Eu acabei de conhecer Justin Bieber... — sussurro apavorada — E eu nem disse 'oi' — Alysson ri e começa a me arrastar.

— Você pode recompensar isso na after-party — Todo o pessoal da minha banda me encara e eu sorrio sem graça — Vocês vão arrasar essa noite! — uma mão começa a ficar emcima da outra e eu apenas me junto a eles.

Não sabia o que mais me apavorava: ter que me apresentar na frente de várias celebridades ou ter sido uma ameba perto de Justin Bieber.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, o primeiro capítulo sempre é meio sem graça mas não desistam de mim pls...
Não esqueçam de favoritar e comentar, sério eu preciso MUITO o que vocês estão achando, enfim até o próximo capítulo 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...