História Mawill - Um idiota, totalmente! - Capítulo 8


Escrita por: ~, ~CookiieCat e ~amalia-bala

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Bill Cipher, Billdip, Dipper, Drama, Gravity Falls, Mabel, Mawill, Romance, Shoujo, Will Cipher, Yaoi, Yuri
Visualizações 74
Palavras 1.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cookiie on~
Deeeeeesculpe a demora ;-;
ESPERO QUE GOSTEM DO CAP <3

Capítulo 8 - Castigo


Fanfic / Fanfiction Mawill - Um idiota, totalmente! - Capítulo 8 - Castigo

~Mabel on

Esse lugar de novo.. esse vazio imenso. Em todas as vezes que estive aqui, eu procurei pelo Will, mas o que acontece se eu não for atrás dele? Não o soltar daquelas correntes? Eu continuei andando devagar. Vai mudar alguma coisa? Olhei em volta, tudo parecia igual, igual a todas as vezes que eu estivesse aqui, mas uma coisa se diferenciava, uma pequena casa. Suas paredes pareciam prestes a cair, as janelas estavam tão sujas que era impossível ver alguma coisa lá dentro, e a porta estava aberta. Isso estava aqui antes? Não, tenho certeza de que não estava. Andei na direção da casa, alguém gritou meu nome e eu me virei. Era Will.

-Will.. - Ele estava preso nas mesmas correntes, e estava com as mesmas roupas de sempre. - Will, o que é esse lugar? Por que estamos aqui?

-Eu cometi um erro, Mabel... - Ele disse, sua voz estava falhando.

-As respostas estão dentro daquela casa, não estão? 

-Mabel, não dá tempo! Você tem que soltar essas correntes! O tempo está acabando! - As vozes que falavam em línguas desconhecidas começaram a conversar entre si, preenchendo o local.

-Will, eu tenho que te tirar daqui para sempre. Se eu soltar as correntes, você vai acabar voltando, e não vai adiantar nada! - Me virei. - Desculpe, Will.. - Corri para dentro da casa e fechei a porta, Will gritava o meu nome, e eu estava tentando ignorar. 

Que lugar é esse?.. Olhei para as cômodas que estavam cheias de pó e teias de aranha. Havia um quadro em cima da mesma, eu o peguei e limpei o pó, era uma foto de Will e ele estava do lado de uma garota. A garota tinha cabelos castanhos e estava usando um vestido branco. Ele era levemente parecida com a Pacifica, acho que se tirasse alguns quilos de maquiagens que a Pacifica passa no rosto, elas seriam idênticas. Quem é ela? Do lado da foto tinha um papel escrito "é o garoto" Tirei a foto do porta retratos e a guardei em meu bolso, algo me dizia que seria útil. Subi para o segundo andar, a escada era velha de mais e parecia que ia cair a qualquer momento. Havia dois quartos, um deles estava com a porta trancada e o outro não tinha nada. Optei por chutar a outra porta. O lugar estava caindo aos pedaços, por isso a porta se quebrou no meio e caiu no chão. Entrei dentro do quarto. Coloquei a mão na boca. Havia duas camas, uma delas estava vazia e tinha algumas cordas, e a outra, tinha um corpo, parecia que estava ali a muito tempo. Peguei a foto e olhei para a mesma, os cabelos...a roupa.. com certeza era a garota da foto. Dei um passo para trás. O chão pareceu se quebrar como gelo. O lugar todo estava se quebrando como cacos de vidro e desaparecendo no ar. Fechei os olhos. 

 

Acordei ofegante. Me sentei na cama e coloquei a mão no bolso. A foto estava lá. Abri a porta do quarto e saí correndo para a sala. Dipper estava sentado ao lado de Bill no sofá e quando me viu fez uma expressão de surpresa.

-Mabel? - Ele disse confuso.

-Cala a boca, Dipper!! - Ele ficou mais confuso ainda. - Vocês sabem o que são esses sonhos que eu tenho tendo, por que não querem me contar!? - Bill desviou o olhar. Eu peguei a foto e apontei para a garota. - Quem é ela!? Por que essa foto estava em uma casa abandonada e essa garota estava morta em uma cama?! 

-Mabel! Se acalme! - Bill disse em um tom acolhedor até de mais. 

-Não!! Eu preciso saber o que isso tudo significa!! - Lágrimas começaram a escorrer pelas minhas bochechas e eles começaram a me olhar como se eu fosse louca. - Eu deixei ele lá... eu não ajudei ele dessa vez.. - Eu apertei minhas mãos. - Eu estou com medo do que possa ter acontecido, por isso eu preciso saber! Tenho a impressão de que eu não vou mais conseguir voltar para aquele  lugar, e se ele ficar lá para sempre, eu vou me culpar para sempre!! - O celular do Bill começou a tocar.

-Pacifica? - Ele colocou no viva-voz.

-Bill, você precisa vir para casa agora! É o Will, ele não quer acordar! - Arregalei os olhos. 

-Eu já estou indo.. - Ele desligou.

-Isso é culpa minha!! - Eu guardei a foto. - Ou vocês me contam o que está acontecendo para eu conseguir ajudar meu namorado, ou eu vou descobrir isso sozinha!

-Mabel, é melhor você se sentar. - Disse Dipper. Eu me sentei ao lado dele. 

-Essa garota da foto é minha irmã mais velha. Bell. - Ele respirou fundo e continuou. - O Will sempre gostou muito dela, e eles eram muito apegados. Quando eu e o Will tínhamos mais ou menos uns 6 anos e ela 7, o Will foi sequestrado, e ela, acabou sendo sequestrada junto por reagir. Eles ficaram desaparecidos por uma semana, sem comer, e sem beber nada. Quando acharam eles, Bell estava morta, e Will estava terrível. Quando ele acordou, todos culparam ele pela morte da Bell. Minha família, se é que pode ser chamada assim, guardou rancor do Will, com exceção da minha mãe, e criaram essa dimensão como um "castigo" ele teria ficado preso lá a muito tempo, mas por algum motivo isso só funcionou agora. 

Levou um tempo para eu assimilar tudo aquilo e dizer alguma coisa. Até que resolvi continuar.

-E ele só não tem ficado preso, porque e estou lá, não é? E na verdade, por que eu estou lá?

-Vocês criaram um laço muito forte, e acreditamos que isso está levando você para os sonhos. Algo como uma ajuda. - Bill respondeu. Coloquei as mãos na boca. 

-Eu... deixei ele lá.. e não vou conseguir mais voltar... - Olhei para o Dipper. - Me levem até ele.

-Mabs, não podemos.. - Dipper disse com uma voz doce.

-E por que não? .. 

-Bell era a gêmea da Pacifica. Apagaram a memória dela para ela não se lembrar da Bell. - Meu deus, que família é essa? 

-Tá, eu vou tentar... dormir e ir pro sonho de novo. - Me virei e fui para o quarto. Obviamente era mentira.

Eu não vou ficar esperando eles tomarem coragem para fazer alguma coisa. O Will está assim porque eu não salvei ele, tem que ter alguma coisa que eu possa fazer! Comecei a pegar os lençóis que eu tinha no armário e amarra-los um no outro para formar uma corda. Amarrei na cama e pulei a janela. Hoho, eu sei que sou um gênio! Me aguarde, Will! Eu estou indo! 


Notas Finais


ESPERO QUE TENHAM GOSTADO E ATÉ O.. outro cap que eu irei escrever do qual eu não me lembro a ordem ..
E eu sei que esse desenho não ficou tão bom quanto deveria (eu devia ter feito pelo computador ;-;) mas eu precisava de um exemplo pra essas pessoinhas <3
BEIJOS DE COOKIES DE CARAMELO (se é que eles existem)
Cookiie off~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...