História May you find happiness. - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Antoine Griezmann, Dylan O'Brien, James Rodríguez, Julian Draxler, Kendall Jenner, Kevin Trapp, Martin Garrix, One Direction, Zayn Malik
Personagens Dylan O'Brien, Harry Styles, James Rodríguez, Julian Draxler, Kendall Jenner, Kevin Trapp, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Amor, Cinema, Musica, Revelaçao, Romance, Traição
Visualizações 77
Palavras 1.535
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteiiiii floressss!
Eu estava seriamente pensando em começar uma fic com o meu excelentíssimo marido: ERIK DURM, o que cês acham?

Espero que gostem do capítulo e desculpa qualquer erro!!! 💛🖤💛🖤

Capítulo 27 - Eu também te amo Harry!


Fanfic / Fanfiction May you find happiness. - Capítulo 27 - Eu também te amo Harry!

 "Hope when you take that jump 
   Eu espero que quando você der um salto

You don't feel the fall 
Você não sinta a queda

Hope when the water rises 
Espero que quando a água subir

You built a wall 
Você construa um muro

Hope when the crowd screams out 
Espero que quando a platéia gritar

screaming your name 
Gritem o seu nome 

Hope if everybody runs 
Espero que se todos correrem 

You'll choose to stay  
Você escolha ficar

Hope that you fall in love 
Espero que você se apaixone 

And it hurts so bad 
E que isso doa muito 

The only way you can know 
A única maneira de saber 

You gave it all you had 
É se doando por inteiro 

And I hope that you don't suffer 
E eu espero que você não sofra

But take the pain
Mas aceite a dor."

 

 

 

    -Que pergunta mais tosca Kevin! -falei indignada com a atitude do goleiro 

 -Tosca? Por que? Eu só cansei dessa palhaçada, você não percebe que ele tá se fazendo pra você ficar com dó? -ele falou irritado

 -Você não percebe que ele está conseguindo o que queria, está acabando com o nosso namoro. -perguntei 

 -Então a culpa é minha? -ele retrucou 

 -Eu não disse isso! Mas você não entende Kevin, ele quer te colocar contra mim e você tá caído feito um patinho no plano dele! -falei com raiva 

 -Ah! Eu que tô caindo? Você que fica aí defendendo ele, como se eu fosse o monstro e ele o coitadinho! Por favor né Emma! Eu tô de saco cheio de tudo isso! Não aguento mais vocês dois! -ele praticamente cuspiu as palavras em mim 

 -Você... você tá o que? -perguntei ainda sem acreditar no que havia acabado de ouvir 

 -Isso mesmo! Tô de saco cheio de você e do Styles! Me poupe Emma! Eu amo você, amo muito você, mas se tem uma coisa que eu não sou é trouxa! Não vou ficar fazendo papel de idiota enquanto você não se decide! -ele falou alterado 

 -Se você tá de saco cheio de mim por que ainda tá aqui? -perguntei ameaçando chorar 

 -Porque eu te amo Emma! Eu amo muito você pra te deixar! -ele falou baixo 

 -Eu não entendo! Eu também amo muito você Kevin, mas você tem que entender que o Harry fez parte da minha vida por muito tempo, e tudo acabou de forma muito confusa, as coisas não vai desaparecer de um dia pro outro! -falei calma 

 -As coisas que você diz são sentimentos, você quer dizer que ainda sente alguma coisa por ele? Você ainda ama ele Emma? Por que você tá comigo Emma? Por que? Você realmente me ama ou é só pra tentar preencher esse espaço que o Harry deixou? -ele perguntou 

 -Não é isso Kevin! Eu estou com você porque eu te amo! Eu te amo muito! Mas eu ainda me preocupo com ele, admito! Não é um sentimento de namorado e namorada como eu tenho com você, mas é uma coisa de querer proteger sabe?! Eu me importo com ele, mas isso não quer dizer que eu prefira ele do que você! Eu também me importo com você, muito! Mas eu preciso que você entenda... -falei e ele riu 

 -Entender o que Emma? Que você está comigo pensando em outro? -ele perguntou sarcástico 

 -Entender que eu te amo tanto, a ponto de querer passar minha vida inteira ao seu lado mas sem deixar ninguém machucado. Eu quero arrumar as coisas, não quero estar com você sabendo que tem alguém acabando com a própria vida por causa disso! Eu quero ser só sua Kevin, mas me deixa consertar isso antes! -falei calmamente 

 -E como você vai fazer isso? -ele perguntou sem demonstrar reação 

-Eu vou conversar com o Harry! -falei e ele negou com a cabeça 

 -E você acha que isso vai adiantar? -ele falou como se fosse óbvio 

 -Se eu não tentar não vou saber! -falei 

 -Tá! Mas é sua última chance, se isso não adiantar Emma... -não deixei ele terminar a frase 

 -Você não vai se arrepender! Volto já já! -falei e beijei a ponta do seu nariz e sai em direção à porta 


 ...

  -Oi Steven, tudo bem? Quanto tempo! -falei pro porteiro da casa que eu costumava morar com o Harry

 -Olá Emma! Estou bem e a senhorita? Muito tempo mesmo! -ele falou sorridente 

 -Estou bem! Hum... Eh... o Harry está? -perguntei meio sem jeito 

 -Está sim, mas ele não quer receber visitas! Desculpa! -ele falou 

 -Tenho certeza que a minha visita ele aceita! Por favor, deixa eu entrar! -falei e ele riu 

 -Tá bom, mas vou telefonar pra ele antes. -Steven falou 

 -Ah não! Eu quero fazer uma surpresa! -falei animada e ele sorriu 

 -Tudo bem. Pode entrar! -ele falou abrindo o portão para mim 

...

   Entrei na casa que eu conhecia muito bem e mesmo depois de um ano, nada havia mudado. Tudo continuava exatamente igual, as cortinas da sala, as almofadas do sofá, até mesmo o meu pequeno vaso de cristal colorido que o Harry odiava ainda estava ali. Chamei por ele mas não obtive respostas então fui até o quarto e me assustei com o que vi, aquele lugar estava imundo, ele dormia calmamente na cama, mas havia várias roupas, calçado e até mesmo garrafas de bebida espalhadas pelos cômodos. Fui até ele e sentei ao seu lado.  

 -Harry! Harry, acorda! -chamei ele baixinho cutucando o seu braço 

 -Hum... Emma! O que você tá fazendo aqui? -ele perguntou meio sonolento se sentando 

 -Eu vim conversar com você! -falei calmamente 

 -Minha mãe foi falar com você? Ela nem deveria ter ido, até porque ela também estava no iate aquele dia e ela não me impediu de fazer nada! -ele falou um pouco bravo 

 -Sim, ela foi. Mas estou aqui por livre e espontânea vontade. -falei e ele assentiu 

 -Então, sobre o que gostaria de falar? -ele perguntou 

 -Harry, o que está acontecendo? O que você está fazendo com a sua vida? Olha pra você! -falei e ele revirou os olhos 

 -Minha vida não tem sentido sem você! -ele falou e abaixou a cabeça 

 -Não! Você está errado! Sua vida tem muito sentido sem mim. Harry, você nunca precisou de mim pra viver, e não é agora que vai precisar! -falei 

 -Emma, você não entende, eu amo você e você é minha, só minha. -ele falou como se fosse óbvio 

 -Para com isso Harry, por favor! Para com essa paranoia de dizer que sou só sua! Eu não sou sua, não mais! Aceita Harry! Você me perdeu. Não posso te dizer que é pra sempre porque não sabemos o dia de amanhã, mas eu não sou mais sua! 

 -Olha o que você tá fazendo comigo... -ele falou abrindo os braços e olhando em volta 

 -Eu não fiz nada Harry, quem fez foi você! E você vai parar com isso agora! Você vai seguir sua vida. Harry, eu não tenho rancor de você, não tenho raiva, não tenho ódio, nada! Mas não pense que se de alguma forma você consegui destruir meu relacionamento com o Kevin eu vou voltar correndo pro seus braços, não Harry, eu não vou! Pelo contrário, você vai ser a pessoa que eu mais vou odiar no mundo! -falei e ele me olhou espantado 

 -Como você pode ter certeza que nunca ficaremos juntos novamente? -ele perguntou 

 -Eu não disse isso, porque eu não tenho Harry. Pode ser que um dia a gente volte, mas não quero criar expectativas sabe, vamos deixar rolar, deixar a vida seguir. Vamos amadurecer um pouco mais. Eu só quero que você seja feliz porque eu realmente me importo com você. Eu só quero o seu bem, você é uma pessoa maravilhosa, um cara extremamente talentoso. Harry você merece o mundo! Você tem que seguir a sua vida, se eu consegui você também consegue! Acredita em mim, a única pessoa que você precisa pra fazer isso é de você mesmo. Você acabou de lançar uma música maravilhosa, e está prestes a lançar um álbum que eu tenho certeza que vai fazer muito sucesso, sem falar do filme que tenho certeza que você fez um ótimo trabalho! Então Harry, não se deixa abalar por isso, segue em frente, nada está perdido! Somos jovens, podemos nos encontrar por aí daqui a um tempo, mais maduros entende? Nem que seja só pra uma amizade! 

 -Me desculpa Emma, por tudo que fiz pra você. Eu só queria te ter de volta, mas você tem razão. Eu vou seguir em frente, e eu espero de coração que você seja muito feliz! -ele me abraçou e pude sentir que ele estava chorando e não consegui conter minhas lágrimas 

 -É claro que eu te desculpo Harry! E saiba que se precisar eu sempre vou estar aqui, sempre! -falei e ele me apertou mais 

 -Eu amo você Emma! Muito! -ele cochichou 

 -Também te amo Harry! -falei e separamos nosso abraço 

 -Eu também vou sempre estar aqui se precisar! E avisa aquele frangueiro que se ele te fizer chora ele vai se arrepender! -ele falou divertido, esse é o meu Harry 

 -Aviso sim! Se cuida viu! -falei me despedindo e ele afirmou com a cabeça. Então, deixei a casa e fui embora...


Notas Finais


E aí? O que acharam? Me conteeeeemmm!
Beijooos! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...