História Maybe a Dream? - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Eunwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lay, Moonbin, Personagens Originais, Rap Monster, Rocky, Sanha, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Tags Astro, Bts, Exo, Sonho
Exibições 9
Palavras 460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!

Capítulo 13 - Encaradas...


Com a mochila pronta e tudo organizado, como ela gostava, abriu a porta apreensiva, dando uma última olhada para dentro do cômodo.

"Línguas (coreano-formal/informal), inglês intensivo, história da Coréia do Sul (em inglês), matemática intensiva (em inglês) e culinária cultural coreana"

Era isso que o papelzinho meio amassado apontava como sendo suas aulas. Outro papelzinho, do mesmo modo do anterior, destacava o número do prédio e da sala de cada uma dessas aulas.

A menina adorava a ideia de terminar a aula (e a madrugada, também) com comida.

"Ótimo! Ainda bem que não estou com dor de cabeça, senão me foderia mais ainda!"-pensava enquanto resgatava os fones do moletom preto.

       Alguns períodos depois....

A garota se sentia estranha com os horários confusos, mas deixava para lá. Ela também não se considerava tão normal assim, afinal.

A pequena pausa para um lanche e até uma soneca estava começando, com as conversas baixas e os olhares discretos nos novatos (incluindo Bárbara).

Após comprar um café (não tinha muita fome, afinal) e devolver os "olás" tímidos que recebia pelo caminho, se sentou em frente a uma esplêndida árvore.

Após o copinho estar na lixeira que havia alí por perto, ela notou o garoto de mais cedo no meio de uma rodinha de veteranos.

Sorriu ao lembrar do jeito do rapaz. Por mais que parecesse doentio, ela não se abalava com pouco (ou nem muito) e gostou do beijo do garoto.

"Pedro!"-seu subconsciente gritou, fazendo ela arregalar um pouco os olhos-"Ele... ele disse que me esperaria o quanto fosse preciso, mas..."-mordeu o lábio inferior em nervosismo, sem perceber que Moonbin já a encarava e, ainda por cima, se sentiu tentado a agarrar a estrangeira alí, que parecia em outro mundo fitando o chão em sua frente-"Não sei se ele irá aguentar! Nem se eu vou aguentar!"-franzia a testa em confusão, despertando a curiosidade do coreano que a fitava-"Que se foda! Na verdade, já passou mesmo!"-levantou decidida e resolveu ir ao prédio que abrigava as aulas de matemática.

Parou de pé, ainda no mesmo lugar, vendo o olhar intenso que o outro lhe dirigia. Quase engoliu em seco. Quase, porque estamos falando da menina que se acostumou a esconder os sentimentos por baixo de todos os moletons que possuía.

Devolveu o olhar, mas com um toque mais intimidador. O garoto quase recuou. Quase, porque estamos falando do menino que não se importa em ser pego transando nos becos da escola com meninas virgens (na verdade não mais, mas deu para entender, né?).

Encarou tanto o "pervertido" que nem percebeu uma garota de traços delicados parada ao seu lado, presenciando a cena mais hilária da história do colégio. Apenas não riu por se assustar com o olhar da colega de quarto contra o maior idiota do lugar. Quando conversassem melhor, iria perguntar o que aquele babaca havia aprontado.


Notas Finais


Desculpe qualquer erro💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...