História Maybe Forever - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Personagens Originais
Tags Criminal, Drama, Justin Bieber, Romance, Surpresas
Visualizações 36
Palavras 1.626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha quem voltou.....

Nem tô demorando mais né? É que me empolguei com a fic e com o rumo de tudo....

Boa leitura see u later 😘😘

Capítulo 25 - Birthday party II


Fanfic / Fanfiction Maybe Forever - Capítulo 25 - Birthday party II

 

- Summer você bebeu o suficiente, não acha? - Ouvi Brandon dizer de longe.

 

- Pessoal, tive uma ideia! - Emma gritou e todos a olharam

 

Já devia ser quase quatro da manhã, a maioria das pessoas já tinham ido embora, havia sobrado as meninas do ballet, Blake, Sunny, as gêmeas que estavam passando as férias aqui, Brandon os amigos dele, Justin e umas quatro meninas do colégio.

 

- Vamos jogar spin the bottle. - Falou pegando uma garrafa de vodka vazia que estava jogada e se sentou no meio do saguão. 

 

- Tô dentro. - Jay e Isaac falaram juntos.

 

- Eu também topo - Morgan falou se sentando perto de Emma.

 

- Nós também - Roxe  e as outras meninas do ballet falaram e já foram se sentar formando um semi círculo. 

 

 Todos começaram a se juntar no meio do saguão sentados um ao lado do outro, Justin também sentou foi só a certeza de que eu não ia jogar, então ficou de fora, eu, Emmy e Brandon.

 

- Aaaaaaaaaah, Qual é pessoal?! - Emma falou balançando a garrafa.

 

- Eu não vou me submeter a esse jogo. - Emmy cruzou os braços e balançou a cabeça negativamente

 

- Eu namoro, não vou brincar disso, e mesmo se não namorasse não brincaria. - Falei tomando mais um gole da bebida, sem nem saber ao certo o que era. 

 

- E você Brandon? - Jay falou. 

 

- Ele namora comigo, não vai brincar. - falei desajeitadamente. 
- Ouviu ela. - Falou rindo. 

 

- Parem com isso, é só um jogo bobo. - Emma disse. - Tenho uma regra interessante, a gente roda a garrafa, quem não quiser beijar, toma uma dose de tequila. - falou se levantando indo até a cozinha, e quando voltou estava com duas garrafas​ de tequila, e alguns copos de dose. - Emmy, Summer e Brandon vão jogar, abram a roda. 

 

- Não vou, não. - Emmy falou.

 

- Vamos sim, vai ser divertido - falei antes de me dar conta.

 

Achou que o efeito da bebida estava me controlando, e alguém devia me parar, mas ninguém falou nada, Brandon apenas me olhou, para ver se eu falava sério, não é como se eu fosse sair beijando todos na roda, mesmo que algumas - uma em especial- bocas fossem tentadoras.

 

- Tem certeza? - Brandon continuou me olhando.

 

- Não vou beijar ninguém além de você. - Falei dando um selinho nele e indo sentar na roda.

 

- Ela tem mais atitude que você Bro - Jay falou e os outros riram.
- Eu começo. - Justin falou girando a garrafa. 

 

- Tori, é você. - Sunny falou rindo.

 

Ela se levantou, foi até proximo ao Justin e deu um selinho e logo voltou ao lugar. 

 

Continuamos várias rodadas e eu já havia tomado incontáveis doses de tequilas, Emma já havia beijado pelo menos umas seis vezes, e uma delas foi o Justin que já havia beijado todas as meninas da roda, a não ser eu, Emmy e Sunny, que sempre escoliamos a tequila. 

 

- Acho que está bom por hoje. - Emmy falou se levantando. - vou deitar, minha cabeça está me matando. 

 

- Você também deveria ir. - Brandon falou. - já está bem bêbada.

 

- Bêbada? - falei gesticulando e quase o acertei. - O que isso significa? 

 

- Significa, que você bebeu demais, e não sabe o que está fazendo.- tentou me levantar mas eu acabei caindo deitada. 

 

Comecei a rir da situação, enquanto Brandon tentava me levantar, as meninas do ballet estavam dormindo no chão, Emmy já havia subido, Blake estava deitado no sofá, Emma aos beijos com Jay, e Justin parado na porta. 

 

- Summer, por favor, vamos para o quarto. - Brandon tentou me levantar mas eu me soltei dele. - Já está quase amanhecendo. 

 

- Odeio o Sol - falei tapando meu rosto.

 

- Deixa eu te ajudar. - Justin falou pro Brandon. 

 

Brandon o olhou com o cenho franzido, e Justin fez cara de poucos amigos.

 

- Não precisa, eu sei cuidar da minha namorada.- Brandon falou.

 

- Duvido muito, não consegue nem levar ela pro quarto. 

 

- Ei, eu tô aqui, consigo me virar sozinha. - Falei rolando no chão.

 

- Estamos vendo, está parecendo uma bebezinha rolando no chão.- Justin falou

 

- Gugu Dadá. - Falei rindo e em seguida  continuei rolando até encostar na parede. 

 

- Sum, vamos, deixa que eu te levo para o quarto. - Justin disse me colocando sentada mas logo Brandon tirou a mão dele e eu cai deitada novamente.

 

- Aiiiiiiii. - Falei chorosa passando a mão na cabeça depois do impacto. 

 

- Quem você pensar que é? - Brandon falou. 

 

- Eu sou o Buzz Lightyear. - Falei rindo. 

 

- Já esqueceu que posso te deixar com o nariz roxo? - Justin ironizou. 

 

- Ao infinito e além - Levantei a mão mas ela voltou e bateu na minha própria cara.

 

Merda de gravidade

 

- Talvez você não tenha tanta sorte dessa vez. - Brandon falou se aproximando.

 

Senti meu estômago embrulhando e eu sabia o que viria a seguir, olhei para os dois a minha frente, estavam parecendo dois homens das cavernas tentado brigar por território, que ridículo, juntei as forças que me restaram e levantei parando no meio dos dois.

 

- Saiam da minha casa, agora, se quiserem brigar, vão lá pra fora, não sou um pedaço de carne para ficarem discutindo.- Falei com a mão na barriga, eu precisava de um banheiro urgente.

 

- Mas Sum... 

 

- Sem mais, saiam os dois. - Falei antes que o Brandon falasse alguma coisa. - Nos vemos mais tarde, obrigada pela festa. 

 

Saí correndo em direção a escada.

 

- Onde você vai? - Brandon falou me acompanhando com o olhar.
- Preciso vomitar - Falei sentindo meu estômago revirar - Quando eu descer não quero nenhum dos dois na minha sala. - Falei e subi as escadas correndo 

 

Entrei no lavabo, porque sabia que não conseguiria chegar até meu quarto, antes mesmo de consegui fechar a porta, eu já estava de joelhos com o rosto enterrado na privada.

 

Droga.

 

Respirei fundo, e prendi o cabelo dentro da blusa para não sujar, e mais uma vez senti meu estômago apertar, e eu ter que botar tudo para fora.

 

Depois de vomitar até o que não tinha no estômago, eu enxaguei a boca e fiquei sentada no chão, tentando me auto encorajar a descer, mas eu não queria, se Justin e Brandon estivesse lá eu provavelmente jogaria um vaso na cabeça dos dois.

 

Levantei com o resto de força que eu tinha e fui para o meu quarto, Emmy estava deitada, dormindo um sono pesado, entrei no meu closet e sem pensar duas vezes, arranquei a roupa, coloquei uma camiseta e comecei a procurar qualquer calça ou shorts para usar, senti meu nariz coçar e espirrei demasiadamente auto, fiquei em silêncio em seguida para ouvir se Emmy tinha acordado, mas provavelmente não.

 

 - Saúde. - Alguém falou do batente da porta e eu cai sentada.

 

- Merda, merda, merda. - Repeti pra mim mesma.

 

Olhei para trás e Justin estava parado ali, me encarando com a expressão divertida no rosto. 

 

- Que merda você está fazendo aqui? - peguei o primeiro shorts que eu vi e vesti.

 

- Vim ver se você estava bem. - Falou entrando e sentando na poltrona que tinha ali. 

 

- Eu mandei vocês irem embora, qual a dificuldade de entender.- terminei de deitar no chão, eu estava vendo as coisas embaçadas, e não tinha forças para nada. 

 

- Brandon foi embora, eu fiquei, pensei que você ia se afogar no próprio vômito - fez cara de nojo. - E sua amiga ainda está no maior amaço lá embaixo, se você morresse ninguém saberia.

 

Suspirei tentando formar frases com nexo, não desci porque sabia que eles não me ouviriam, mas esperava que Brandon viesse, já que ele é meu namorado, fiquei olhando para o teto tentando não xingar ele mentalmente por não ter esperado o Justin ir, pra ele poder ir, mas afinal, eu que mandei ele ir embora, então não deveria estar tão brava assim, não é?! Eu sabia assim que mandei eles embora, que Justin não me ouviria, afinal, ele nunca me ouve, e talvez eu quisesse ele aqui.

 

Balancei a cabeça tentando me livrar desses malditos pensamentos, eu odiava do fundo do meu ser o jeito que o Justin me abalava, não é possível que eu gostasse do jeito arrogante e egocêntrico dele.

 

- Você é patético- revirei os olhos e juntei força para levantar, senti minha cabeça girar, e esperei alguns segundos até ficar em pé, ou quase isso - estou bem, não me engasguei, e ainda estou viva, pode ir. -  falei me arrastando até o banheiro.- Preciso dormir o mais rápido possível.

 

- Tem certeza?- assobiou-  podíamos nos divertir ainda! - mexeu a sobrancelha para cima e para baixo.

 

- Qual é Justin, vá embora por favor. - falei terminando de escovar os dentes. - Não quero discutir, estou mal demais para isso.

 

- Para o que eu propus você não está tão mal assim - sorriu e eu o olhei e revirei os olhos em seguida - Tudo bem, mas volto mais tarde. 

 

- Não volta, não, está....

 

- Tchau Summer, dorme bem.- deu as costas e saiu do cômodo. 

 

Terminei de secar o rosto e me arrastei de volta para o quarto, Emmy  continuava dormindo feito pedra, e eu só queria estar no lugar dela, deitei ao seu lado que nem notou minha presença, e me cobrir até a cabeça, eu precisava descansar, fisicamente, psicologicamente e emocionalmente, e antes mesmo que eu pudesse revisar meu dia, ou pensar em algo com sentido, apaguei. 


Notas Finais


Chegamos ao fim de mais um capítulo, espere que estejam gostando, já aviso pra os Brummer shippers que se despessam desse otp maravilhoso, porque se não me engano só tem mais 3/4 cap deles....

Será que tem Jummer pela frente? Não sei tudo pode acontecer... comentem o que estão achando e o que acham que vai acontecer no futuro dos favs de vocês. Vou postar mais um capítulo ainda hoje, então não percam...

See you later XOXO 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...