História Maybe Its Love - Capítulo 86


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Visualizações 452
Palavras 2.167
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Orange, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Brotei! (Risos)
Boa leitura <3

Capítulo 86 - Especial - Depois daqueles tempos



Longos 7 anos tranquilos se passaram. Lauren e Camila estavam casadas e muito bem de vida.
Nesses últimos anos Camila estava se dedicando ao máximo em seu trabalho, ela se tornou uma respeitada médica cirurgiã. Estava bastante feliz mesmo quando tinha plantão e longas horas de cirurgia. Além disso ela sempre participava de alguma palestra sobre sua área e obrigava Lauren a ir junto. Mas mesmo que ficasse emburrada por um tempo, lá no fundo ela estava gostando de ver a esposa tão bem com seu trabalho.
Lauren depois de tudo continuou no ramo da moda, concluiu a faculdade e trabalhava em uma grande empresa. Suas peças foram expostas em desfiles internacionalmente, ela era bem mais reconhecida que no começo de sua carreira. Sua fama também gerou boas discussões com Camila, algumas fotos polemicas comentadas por programas na TV deixavam Camila em chamas de raiva.
Mas elas resolviam seus problemas quase no mesmo instante, e você pode imaginar como eram boas as reconciliações delas.
Dinah e Carol se casaram 3 anos após o casamento de Camila e Lauren, bem, foi Dinah que pegou o buquê depois de tudo, então ficou devendo.
Normani tinha engatado um namoro aparentemente sério com um amigo que trabalha com Camila, o Eduardo. No próximo mês eles completariam 1 ano juntos, Normani tinha planejado uns dias naquela casa qual Camila e Lauren passaram bons momentos, lembra?
No mais, Normani continuava sendo a mesma Normani de sempre. Ela era diretora de arte em uma emissora local, e sim uma ótima profissional.
O restante dos amigos das garotas ou estavam viajando ou se mudaram, mas ainda mantinham contato. Thais as vezes aparecia na casa de Camila e Lauren, elas passavam boas horas jogando conversa fora. A amizade delas era muito forte hoje em dia, Camila perdoou ela por todas as coisas do passado.
Lauren simplesmente deu de ombros, típico dela.
Jéssica havia sumido do mapa, ninguém sabia onde ela tinha se enfiado. Allyson o mesmo, exceto que no último ano soube-se que ela estava morando no Canadá.
Atualmente, as coisas estavam andando muito bem.
A não ser por uma coisa que aconteceu recentemente.
Camila estava de licença do trabalho a um tempo, ela tinha que repousar.
--
Lauren pov
- Amor.. vai lá por favor. - Me aconcheguei ao lado da Camz novamente.
- Eu já fui tem 5 minutos Camz. Ta tudo bem ok? Vamos dormir.
- Ele deveria dormir conosco.
- Relaxa Camz, você se esforçou muito hoje.
Tentei dormir mas a inquietação dela me fazia ficar mais frustrada ainda com a situação.
- Ai meu deus tá bom! - Me levantei e fui em direção ao quarto ao lado.
- Obrigado amor.
Depois de uns instantes voltei com uma coisinha pequena nos braços, e que tenho orgulho de chamar de meu filho.
Levei ele aos braços da Camz, ela o segurou confortavelmente e eu me deitei ao lado dela.
- Ele ta dormindo. - Camz fazia carinho em sua pequena mão.
- É por isso que eu não queria tirar ele do berço.
- Ele vai dormir aqui, se esforce pra não machucar ele.
- Você não tem jeito mesmo.
Depositei um beijo nela e outro em nosso filho. O restante da noite foi tranquila, a Camz ficou mil vezes mais cuidadosa nesses últimos 2 meses.
Matheus chegou saudável ao mundo, lembro como reunimos todo mundo algum tempo atrás para debater a escolha do nome.
" - Eu voto em Junior. ­- Juninho estava passando as férias no Rio, ele mantinha contato por redes sociais mas as vezes aparecia para dar um oi.
- Não quero meu filho tendo o nome do ex da minha esposa. - Pode passar anos mas meu rancor fica.
- Tem que ser um nome divo igual a belíssima tia dele que sou eu. Então Cristian cairia muito bem. - Dinah disse.
- Não sei porque vocês simplesmente não olham uma lista de nomes na internet. Tem nomes lindos tipo, Mary Elizabeth. - Normani.
- Mas ele é um menino Mani. Ok, Camz eu sei que você tem várias ideias, conte sobre elas para nós.
- Porque não perguntaram para mim? - Thais estava de folga do trabalho e simplesmente brotou aqui em casa.
- Você e Junior são uma coisa chamada figurantes. - Dinah.
- Bem, eu tenho sim algumas ideias quais escrevi nesses meses que se passaram. Mas não sei se vocês vão gostar.
Aí meu deus lá vem...
Camz tirou um papel de seu short e abriu. Ela encarou todos e depois o papel.
- Certo... Augusto, Tomaz, Luís, Luan, Antoni, Gabriel, Matheus e Gohan. - Ela leu tudo de uma vez e sorriu em seguida.
Todo mundo ficou em silêncio por um tempo.
- ...Gohan não é aquele que morre toda hora em Dragon Ball? - Normani.
- Hum, não Mani esse é o Kuririn... - Dinah respondeu.
- Eu acho Matheus muito bom. - Junior.
- Felizmente eu concordo. Amor, eu lembro de você mencionar Matheus não faz muito tempo, eu adoro esse nome.
- Eu também adoro, mas... e Gohan? Vocês não gostaram?
Todos se olharam e riram.
- Amor eu vou realmente cancelar a sua assinatura Netflix e Crunchyroll se não parar com essa ideia.
- Tudo bem, você sabia que eu iria escolher Matheus de qualquer forma. - Ela me deu um beijo na bochecha. - Mas se cancelar minhas coisas eu faço greve de mais 9 meses.
Gelei. Tinha me esquecido o quão ela estava ótima quando se tratava de ameaças.
- Deixando a frustração sexual da Lauren pra lá, gente, eu não acredito que vou ser tia. É tão maravilhoso! - Dinah.
- Falando nisso, você e Carol não pretendem? - Camz.
- É verdade, ele vai precisar de alguém pra correr por essa casa enorme.
- Carol disse que quer muito, mas prometemos que iríamos ajudar as duas com o primeiro filho, e você sabe eu quero mimar muito ele e sentir aquela sensação que todos dizem que você sente quando cuida de uma criança. - Dinah.
- Eu realmente agradeço pela força, mas vou cobrar com as duas mais tarde. - Camz.
- Não se esqueçam que eu vou estar aqui também. - Mani. - Vou ensinar ele as técnicas que um bom diretor de arte tem que saber.
- Tenho certeza que ele irá cursar medicina. - Camz.
- Já estou vendo você querer ensinar o menino a costurar um crânio. Se ele deixar as coisas para mim eu o transformo num modelo incrível.
- Vamos deixar o garoto nascer e se decidir, ok? - Junior disse rindo.
- Sim, meu sobrinho nem nasceu e essas bruxas já estão escolhendo a profissão. - Dinah se sentou ao lado da Camz enquanto passava a mão em sua barriga enorme. - Não se preocupe meu amor, a titia vai te proteger e você vai ser um príncipe nesse mundo.
Rimos."
Passamos o resto desse dia falando sobre as roupas dele, que eram obviamente muitas e importadas. Junior não aguentou o nosso blá blá e foi para a sala jogar vídeo-game, vídeo-game esse que a Camz tinha comprado 5 dias depois que ela ficou grávida. Só pra você imaginar.
Lembrar desses momentos é bom né?
--
-10 MESES ANTES-
As 6hs da manhã eu já estava acordada, do lado da Camz  eu me sentia feliz e estranha. Ela dormia tão calmamente, e hoje seria um dia tão emocionante para nós.
Mas... vai dar tudo certo? Eu não quero sofrer e não quero vê-la sofrer depois.
E se acontecer algo?
Urg! Lauren sua idiota!
Não deveria pensar nesse tipo de coisa em nenhum momento... eu sei.
- Já acordou? - Camz ainda de bruços me olhava com uma carinha de sono.
- Acho que acordei faz meia hora.
- Está mais nervosa que eu. - Sorriu.
- Como não estaria? Camz... Você tem certeza?
Ela parecia confusa.
- Lolo... 2 dias atrás você estava super feliz. Vai dar tudo certo, não me assuste.
- Eu sei, você tem razão. Mas é nosso primeiro filho... então eu meio que-
- Vem aqui. - Ela me puxou para mais perto dela, a abracei me aconchegando. - Vamos ter um filho. Está pronta para me ver dando piti por causa de comida?
- E quando você não dá? - Rimos. - Estou. - A beijei. - Eu te amo.
- Eu também.
--
Camz estava deitada em uma cama hospitalar. A doutora já tinha nos explicado como seria o método de inseminação.
Eu obviamente estava junto.
- Meninas, para dar tudo perfeitamente certo Camila precisa estar em condições que alguém pronto para receber uma criança estaria. - Ela nos olhou por um estante e saiu. - Vou deixar vocês sozinhas por um tempo.
Camz me olhou sorrindo maliciosamente.
- Ela acabou de sugerir que eu te faça um oral?
Ela riu.
- Então vai logo. - Ela começou a puxar para cima aquela roupa hospitalar horrível que estava vestida.
- Espera... Sério?
- Por favor? - Ela fez uma carinha de pidona.
Muito manhosa essa minha esposa.
- Não faça essa cara de filhote pra mim. - Abaixei minha cabeça por debaixo daquele vestido.
Acontece que ela já estava excitada, então tudo o que fiz foi chupa-la um pouco até sentir que estava ofegante o suficiente.
Antes que ficasse mais animado era melhor parar.
- Hã? - Ela levantou a cabeça e me olhou em choque.
- Eu vou chamar a doutora, espere um pouquinho Mommy. - Pisquei.
- ...
Ri de sua cara.
A doutora estava no computador observando como os espermatozoides se comportavam.
Claro, eles estavam agitados.
- Doutora, tudo pronto.
Ela sorriu ao me ver, veio até mim e segurou em meus ombros.
- Pronta para ser mãe?
Meu coração iria sair pela boca...
- Estou.
-6 MESES ANTES-
- Camz não joga o Xbox em mim isso dói!
Os primeiros meses, junto com uma barriga crescendo e desejos quais eu tinha que invocar até satã para satisfazer estavam sendo ok.
Mas alguns dias... como hoje, não eram fáceis.
- Não foi isso que eu pedi!
- Eu tentei mas já havia tudo sido vendido Camz!
Ela estava na geladeira comendo alguma coisa.
- Camz?
Ela veio até mim segurando a caixinha de leite condensado.
- Eu... eu vou ligar para um amigo, ele deve saber quem tem. O-ok?
Antes mesmo de chegar até mim ela se virou e voltou para a cozinha.
Suspirei.
- Eu pedi um filho não a TPM...- Disse baixinho. Mas senti o controle remoto roçar minha bochecha no segundo seguinte.
Saí correndo de casa.
Liguei pra Dinah em seguida e contei o que tinha acontecido. Ela gargalhou.
[Sua tonta]
- Não ri DJ! A situação é emergencial!
[Deveria ter ligado mais cedo, por sorte no mercadinho ao lado estão vendendo algumas jacas.]
- Você vai trazer?
[Você não vem?]
- Não vou deixar a Camz sozinha. Ela pensa que eu saí, mas na verdade estou escondida nos arbustos de casa.
Escutei ela e Normani rindo do outro lado.
- Okay honey, já já chegamos aí.
Graças as deusas!
--
Acabou!
Mentira!
Mas sério, vai ter uma parte 2, relaxa.
Só não sei quando rs
Depois de todo esse tempo e algumas cobranças enfim eu postei esse capítulo. Na verdade eu estava escrevendo desde o ano passado, mas sempre acabava apagando ou editando algo. No fim fiz várias notas aleatórias e juntei algumas.
Sabe quando você tem uma ideia sobre o que colocar na historia e simplesmente escreve no primeiro lugar que pensa? Pois é, meu bloco de notas no celular está cheio.
Mas sim, ainda assim enrolei. Não estava certa se postaria ou não.
Ainda por cima aconteceu um falecimento na família, logo no começo do ano quando eu estava começando a me motivar. Isso desestabilizou todo mundo e eu apenas continuei postando algumas historias que tenho ativa.
Então, é o seguinte, não sei quantos especiais vão sair. Talvez mais um ou dois, esse no caso foi só pra animar vocês.
Tem algumas coisas na historia quais eu queria concertar depois de todos esses anos (falando na historia pura que acontece entre 2009/2010, e que foi postada também nesse tempo... Sim, pra você que diz que a fic é velha... Vocês não usaram MSN e Orkut então caladinhos rs)
Outra coisa (outra autora?) Pois é, até hoje eu não falei com a autora original. Nunca recebi um e-mail, nem nada no twitter por exemplo. Na verdade isso é foda, alguns autores depois de um tempo somem por falta de tempo, ou por constituírem família etc. Simplesmente deixam de escrever historias para focar em outras coisas. Eu por exemplo não sei se estarei nisso em 2 anos ou 3...
Vamos aproveitar por enquanto não é?
Prometo voltar...
Enquanto eu não volto tem outras historias camren que eu insisto em postar mas porque eu amo mesmo xD
Sayonara!
-The Clube: My Wrong Story Of Romantic Comedy-
-A Different World: Camila a Zero-
-Adeus Piano Sonata-


Notas Finais


Bom, como eu disse lá em cima, é isso xD espero que tenham gostado <3
Sorry qualquer erro e até a próxima? Com certeza!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...