História Maybe It's... Love!? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Hetero, Romance, Yaoi, Yuri
Exibições 16
Palavras 2.364
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Ecchi, Escolar, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Primeiro cap... meio bosta sorry, mas espero que gostem! é necessário pro desenrolar da história.
Aceito críticas, e sugestões também! =3
Boa leitura. ^-^

Capítulo 2 - Amazing day!


POV ~Saki

 

Eu estava nervosa, era meu primeiro dia em uma escola nova após ter mudado de casa e enquanto eu tomava meu banho para me arrumar pra escola um sentimento de ansiedade misturado com medo e animação tomavam conta de mim... A água quente passando pelo meu corpo devia me relaxar e tranquilizar, mas pelo contrário, eu estava tão elétrica e ansiosa que tudo que passava em minha mente era:

"Será que vou fazer amigos!?",

"Será que ninguém vai gostar de mim!?",

"O que vão pensar de mim!?",

"Será que serei a garota invisível novamente... Ou será que farei boas amizades...?"

Vários pensamentos bons e ruins vagavam em minha mente, até que me dei conta que já tinha passado tempo de mais no banho, só pensando em bobagens!

Desliguei o chuveiro com calma, peguei a toalha fui me secando enquanto saia do banheiro em direção a minha cama onde minha roupa já estava separada, vesti uma calça jeans preta rasgada com uma camiseta roxa e tênis branco e lilás... Nem preciso contar que roxo/lilás é minha cor favorita não é mesmo!? (Autora: ~Imagina Saki ninguém notou! =3)

Depois de me vestir, ouvi minha mãe chamar pro café, desci as escadas e fui até a cozinha.

– Bom dia filha! - disse ela com um sorriso me entregando em seguida um prato com um sanduíche e um copo de suco de morango pro meu café da manhã.

– Bom dia mãe. - falo com um sorriso nervoso e ela percebe.

– Você está bem ansiosa hein!? Fique tranquila minha flor de cerejeira, vai ser um ótimo dia! - ela pisca pra mim e sorri.

– É espero que sim... - termino meu café, e já pego minha mochila ainda nas nuvens sem conseguir parar de pensar em como vai ser o dia de hoje.

– Já vai? - pergunta minha mãe já sabendo a resposta.

– Sim, até mais tarde mãe! - dou uma abraço nela e me despeço rapidamente enquanto vou abrindo a porta.

No caminho pra escola (que por sinal não é longe), fiquei imaginando possibilidades de como seria tudo... Os professores, a escola e principalmente os alunos. Será que vou me encaixar!? Saki para de pensar nisso... É só o primeiro dia de aula! As vezes eu exagero... (Autora: ~As vezes...!?) Estava tão distraída que acabei esbarrando em alguém e caí em por cima da pessoa sem nem ao menos ver quem era.

– Au, Aii... Des... - Abri os olhos, e vi que tinha caído em cima de uma jovem e assim que olhei fiquei encantada... Que garota linda! Seus cabelos são rosa, fico hipnotizada com sua beleza dela e tenho a sensação de corar levemente.

Ainda estou caída por cima dela, enquanto a olho sem ter palavras ela esfrega a mão na cabeça e abre os olhos... Nosso olhar se encontra... Seus olhos são tão... Lindos e são rosas também! Eu quero quebrar o silêncio mais fico sem ter o que dizer ainda a contemplando, até que saio do transe e volto logo a realidade.

– Oh me desculpe, você se machucou!? Eu estava distraída, perdão! - Saio de cima dela e levanto apressada e a ajudo a fazer o mesmo.

– Ah não tudo bem, não foi nada! Eu também estava distraída, desculpe! - ela cora um pouco... Que fofa... Pera o que!?

– Imagine, eu que fui uma idiota, tenho que prestar mais atenção nas coisas ao meu redor... Tem certeza que não se machucou!? - olho sem graça ainda um pouco envergonhada.

– Não eu estou bem, não se preocupe! - ela diz num tom doce.

– Ok... - um silêncio prevalece e eu o quebro.

– B-bom... Eu vou indo! Até! - digo me despedindo sem jeito e continuando meu caminho pra escola com passos rápidos, já estou atrasada!

No caminho fico pensando na garota com quem esbarrei, eu nem ao menos me lembrei de perguntar seu nome! Affe Saki, por que tão esquecida!?

Ela era... Tão linda... E que olhar... Hm... Eu devia parar de pensar nisso... É só uma garota aleatória... Talvez nós nunca mais nos encontremos. Saio de meus pensamentos quando vejo que cheguei na escola, estou ansiosa e apreensiva, vejo que cheguei a tempo felizmente, entro e começo a andar pelos corredores procurando em que sala vou ficar.

– Hm... Sala 26, 1° andar! - digo olhando a lista de nomes num mural no corredor. Que escola grande!

Caminho a procura da minha sala até que a encontro. Bati na porta, pedi licença à professora e me sentei num lugar livre perto de dois garotos um de cabelo vermelho e outro de cabelo preto, e ao olhar pro lado quase não acreditei! A garota com quem esbarrei está aqui! Ela é da mesma sala que eu!! E parece que ela também notou minha presença me lançando um sorriso e eu sorrio de volta. Pelo menos terei a chance de lhe perguntar seu nome dessa vez eu acho...

 

POV ~Pinku

 

Já na escola, me sentei e logo de cara já encontrei Kuro e Aka, eles se sentam próximo a mim, e antes de começar a aula conversamos um pouco, nosso grupinho de amigos é pequeno mas, pelo menos é uma amizade verdadeira... O restante do nosso quinteto senta mais a frente, Mizu(Mizuiro) e Mih (Midori)... Aqueles dois ainda vão namorar um dia, eles não se desgrudam!

Em meio aos meus pensamentos, nem percebo a chegada da professora que já estava fazendo a chamada!

– Pinku!? - fala a professora já pela 3° vez quase me dando falta.

– Eu! Aqui! Presente! - Falo toda atrapalhada e Kuro e Aka riem de mim... ;-;

– Seus bobões! - reviro os olhos e eles riem mais, só que disfarçadamente pra professora não notar.

A professora estava prestes a começar a aula até que foi interrompida por alguém batendo na porta da sala, eu não acreditei quando vi, era a garota com quem trombei hoje de manhã! Ela é da minha sala! Uma aluna nova... Vou dar um "Oi" pra ela depois... Ela parece legal, e não deve conhecer a escola direito.

 

***

 

Chegou a hora do intervalo... Bom momento pra dar um Oi eu acho, não!? E a garota esta indo em direção a porta, vou até ela antes que a perca de vista! Corre Pinku!

 

POV ~Saki

 

Era hora do intervalo... Não conhecia ninguém... E nem fazia a mínima ideia de onde ficava o pátio ou o refeitório, o melhor a fazer era seguir o pessoal...

Quando eu estava prestes a sair da sala, senti uma mão no meu ombro...

– Espera! - me viro e vejo que é a garota de hoje mais cedo, nos encaramos... De novo eu fico diante daqueles olhos... Porque eu fico sem graça com isso! Ela é só uma garota bonita que acabei de conhecer. Fica fria Saki!

– Oi sou eu... Ér de novo... A propósito, meu nome é Pinku! E qual o seu? Eu esqueci de perguntar hoje de manhã. - ela diz sorridente.

– Meu nome é Murasaki, mas meus amigos me chamam de Saki... Pode me chamar assim se quiser. - digo um pouco tímida, mas bem feliz por dentro.

– Ah okay, ótimo! Bem vinda Saki! Bom imagino que você não conheça muito por aqui, quer que eu lhe mostre a escola!? - Pinku me propõe, ela está realmente animada.

– Claro, obrigada! eu não sei onde fica absolutamente nada, então muito obrigada mesmo Pinku! - dou um sorriso, até que o dia está indo bem melhor do que eu esperava...

Pinku me puxa pelo braço e me mostra tudo o possível, até que vamos pro pátio comer algo antes que acabe o tempo de intervalo, apesar de que ela não parece muito preocupada com isso.

– Acho que te mostrei tudo! Bom vamos lanchar com meus amigos, assim aproveito e te apresento eles Saki! - ela pega na minha mão e me guia até a mesa dos seus amigos... Sua mão e quente e macia, ela é bem delicada, que fofa... Pera por que diabos to pensando nisso!?

Na mesa tem 4 pessoas, ela me disse seus nomes...

O de cabelo vermelho se chama Aka, o de cabelo preto é o Kuro, o de cabelo Azul é o Mizuiro, e a Midori a de cabelo verde!

Espero guardar esses nomes em mente.

Todos foram simpáticos, e ficamos conversando um pouco, e logo voltamos pra sala...

– Saki, espera! - Pinku me chamou enquanto todos subiam e o refeitório ia ficando vazio.

– Que foi Pinku!? - perguntei curiosa.

– Ér... Bom é que, hoje depois da escola, eu o Kuro e o Aka íamos na sorveteria. E eu me perguntei se... Bom... Você não quer vir conosco? - ela estava um pouco tímida e retraída.

– Bom... Eu não tenho nada pra fazer depois daqui, então, acho que tudo bem! - dou um sorriso e ela se anima.

– Sério!? Ótimo, então na saída é só esperar por nós! - ela diz sorridente, até que notamos que todos já subiram.

Saímos correndo e tentamos dar uma desculpa à professora que felizmente não brigou conosco, sentamos no nosso lugar e a aula continuou.

 

***

 

No fim das aulas logo liguei pra minha mãe avisando onde iria e ela consentiu. Em seguida fiquei esperando por Pinku, Kuro e Aka, e saímos todos juntos da escola em direção a sorveteria, até que em meio a conversa pergunto:

– Ér... Pessoal, eu não conheço tudo por aqui, então... Essa sorveteria fica muito longe?

– Relaxa Saki, é perto. Logo você já vai ter decorado o caminho de tanto que vamos lá! - diz Aka e da uma risada.

– Okay... - digo e sorrio, e continuamos a conversar.

Em minutos chegamos e pedimos nossos sorvetes e sentamos numa mesa.

– Então... Por que a Midori e o Mizu não vieram? - pergunto puxando assunto.

– Ah eles ficaram na escola na biblioteca para estudar. Eles são um pouco nerds, mais são bem legais. - Aka me responde.

– Você ainda vai ter a chance conhece-los melhor, ainda vamos sair nós todos qualquer dia... - Kuro complementa.

– Mas se prepare pois nós todos juntos sempre vira bagunça Saki! - Pinku brinca.

Continuamos conversando até que Kuro e Aka começam a fazer palhaçadas um com o outro, em meio a isso Aka esbarra na Pinku e ela acaba derrubando sorvete em mim.

– Oops... - Aka fala meio sem graça.

– Aka!!!! - Pinku fala brava. Até brava consegue ser fofa... Ah que diabos estou falando!?

– Saki desculpe! Eu... - ela fala arrependida e envergonhada, Aka e Kuro ficam sem reação.

– Pinku calma, não foi nada. - falo interrompendo ela, e dou um sorriso.

– Foi sim, vem vamos no banheiro limpar isso! - ela me puxa até o banheiro da sorveteria.

Entramos e ela acende a luz.

– Pinku não se preocupa... - insisto e vejo que ela está um pouco corada, será que é vergonha pelo que aconteceu!? Mas não foi nada de mais... Que estranho.

Ela pega um pouco de papel e umedece e começa a limpar minha camiseta. Eu tento ajudar até que me dou conta que estamos bem próximas, ela está tão concentrada que nem nota, ela passa o papel pelos meus seios (Autora: ~Por cima da blusa óbvio não pensem bobagens!! =P ) pra limpar o sorvete, até que ela olha pra mim...

Nossos olhos se encontram... De novo... Eu sinto que estou ficando vermelha igual um morango, minhas bochechas queimam, mais que diabos! Por que isso?

Até que noto que ela está corada também.

Ficamos uns segundos nos encarando, estáticas. Eu fico praticamente hipnotizada por ela... Por que!? Acabei de conhece-la não faz sentido... Droga!

Até que desvio o olhar para baixo, me desvencilhando de seus olhos, e vejo que ela ainda está com as mãos nos meus seios... Ela percebe e fica mais vermelha ainda!

– Des... Desculpe Saki! Eu... Estava limpando... Eu não... - ela se afasta e tenta se explicar envergonhada.

– Ta t-tudo bem... Deixa isso pra lá... Ér.. Já ta limpo mesmo, v-vamos os meninos estão esperando a gente! - tento mudar de assunto, indo em direção a porta, ela vem comigo e voltamos pra mesa.

Wow... Que tensão... Que vergonha... O que acabou de acontecer!? E por que!?

Sentamos na mesa e fingimos que nada aconteceu, mais ainda estamos um pouco coradas e os meninos percebem.

– Vocês estão... Bem!? - Kuro pergunta, e Aka dá uma cotovelada nele e sussurra pra calar a boca mais eu ouço e eu e Pinku ficamos sem graça.

– Ér... O que o Kuro quis dizer é que na verdade devemos desculpas pra você Saki e pra Pinku também, então... Sorry pela nossa brincadeira. - diz Aka e dá um sorriso brincalhão.

– Ah bobagem... Ta tudo bem já disse, não foi nada bobos! - digo e sorrio pros dois.

Conversamos mais um pouco e fomos embora. Aka e Kuro foram juntos e Pinku quis me acompanhar até onde pudesse pra eu não me perder, e ficamos em silêncio. Acho que ambas ainda se recordam do que ouve no banheiro...

Fomos indo e finalmente chegamos na minha rua, minha casa estava próxima, e Pinku resolveu quebrar o silêncio.

– Saki... Você mora nesta rua!?

– Moro aqui sim, logo a frente naquela casa branca... Me mudei a pouco, por que? - respondi sem entender muito bem.

– Eu moro nessa rua também! Numa casa azul... Pouco depois da sua, moramos bem próximo! - Ela disse contente.

– Sério!? Nossa... Legal. Dava pra irmos juntas pra escola! - Sorri e ela retribuiu o sorriso.

– Sim! Vou começar a passar aqui e te esperar pra irmos juntas o que acha!? - Pinku fala animada com a ideia.

– Claro, boa ideia, te espero me chamar amanhã então! - paro já em frente minha casa, e me despeço de Pinku.

Entro e vejo minha mãe, dou um breve “Oi”, mais como estou cansada subo pro quarto, ela compreende. Jogo a mochila num canto. É fim de tarde, olho pela janela e penso, que dia! Foi bem melhor do que eu esperava realmente... Eu fiz amigos, gostei dos professores, e ainda no fim fui a sorveteria. Apesar que... rolaram umas coisas estranhas também. Ah não foi nada... Vou esquecer isso alguma hora! Enquanto penso, caminho até o banheiro pra tomar meu banho e jantar, já chega por hoje, não!?


Notas Finais


Obrigada por ler!
Bjineos de morango. Até o próximo cap. ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...