História Maybe, just maybe || Jikook Abo - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~PandoraLee

Visualizações 171
Palavras 1.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa não ter att ontem, dnv, mais sabe como é.... Internet de padaria é foda -q? vdgsvshsbhsbshsbdh
Boa leitura... E desculpa os erros...

Capítulo 5 - Fiel amigo


Fanfic / Fanfiction Maybe, just maybe || Jikook Abo - Capítulo 5 - Fiel amigo

                   [Jimin POV's]


Eu havia saido de casa em disparada. Eu estava com raiva. Appa transando na cara dura, na minha frente?

Calma, talvez eu seja um pouco dramático! Mas isso é irrelevante!

Precisava afogar essas mágoas com alguém. Mais quem?

aah, já sei! Yoongi! Afinal ele é meu ficante a meses.

Já tive relações com ele? Já! E olha, ele não é de jogar fora não!

Andei um pouco até a esquina e peguei um táxi.

Você deve ta se perguntando, por que eu não chorei na frente de appa?! Porque eu não tinha oque chorar! Chora por ciúme? Ciúme de macho é oque eu nunca vou ter! Afinal, eles não merecem.

Passei o endereço pro beta que estava dirigindo e paguei. Não demorou nem cerca de trinta minutos

Parei em frente a casa do tal e agradeço ao motorista. Sua casa era de dois andares. Com dezenove anos na cara, yoongi já morava sozinho.

Bati três vezes na porta. E esperei calmamente. Este apareceu minutos depois.

Seu cabelo estava bagunçado de forma sexy. Ele estava sem camisa, sua barriga com pequenos gominhos a mostra. Usava uma calsa de moletom cinza - aqueles bem tumblr.

Ao me ver, o alfa sorriu malicioso. Mordeu o lábio inferior e proferiu as seguintes palavras

— A que devo a honra? - disse agarrando minha cintura e colando junto ao seu tronco.

— Apenas passar um dia com meu fiel Amigo. - dei ênfase nas últimas. Este apenas me puxou para dentro - com sua mão em minha cintura.

Yoongi não é de se apaixonar. Ele fica com uma, duas, três. E sempre é assim. Nunca vi este com uma aliança no dedo.

— Tudo bem então. Porque eu também queria a companhia de alguém! - disse me beijando calmo. E logo passou a ser afoito quando este inseriu o músculo molhado na minha cavidade bocal.

Separei em um selinho e então sentamos no sofá.

— Oque você ta' vendo? - disse tirando os tênis e colocando o pé no sofá me atracando a este. Passando a mão pelo seu tronco e descansando a cabeça em seu peito desnudo.

— Todo mundo em pânico 3! - disse enterrando a mão em meus fios e iniciando um carinho gostoso.

Seu carinho era tão bom que fazia me ronronar.

— Agora é serio. O que te trouxe aqui? - disse me fazendo suspirar. Yoongi era um tipo de melhor amigo. Na verdade ele era meu melhor amigo. Não tínhamos segredos.

Ele sabia de meus podres com appa. Que eu gostava do mesmo. E etc.

— Peguei appa transando com uma vadia qualquer. - disse revirando os olhos.

— Hm, ok! - disse sem interesse. Ou talvez não fazer eu me sentir pior.

Derrepente meu celular tocou. Na tela estava brilhando o nome "Appa".

— Oque eu faço? - perguntei meio desesperado.

— Atende ue! - disse dando de ombros. — Não, não! Já sei. Você disse que você pegou ele transando né? - perguntou e eu apenas assenti — Então porque não da o troco? - fiz uma cara de interrogação. Este revirou os olhos — Atende e finge ta gemendo meu nome! Finge tá' numa transa nervosa. - este gargalhou após proferir suas próprias palavras.

Sorrimos sinico e eu atendi.

Alô? Jimin?! - pude sentir seu tom desesperado. Tomei coragem e ditei as seguintes palavras

— Ahh, yoongi... Mais rápido! - disse rindo baixo e ofengando.

— tão apertadinho baby! - agora foi a vez do outro. Appa ainda se encontrava na linha.

— Tão grosso e grande daddy! - dei ênfase de provocação e vi a ligação cair. Rimos alto.

— Porra jimin! Daddy? Agora eu to com um problema lá em baixo! - disse me fazer sorri travesso e morder os lábios.

Este estava massageando seu pênis por cima da roupa. Agarrei firme com a mão fazendo este tirar a sua.

— tá, mais apenas um boquete Okay? - disse e este sorriu malicioso e assentiu freneticamente com a cabeça.


XxX


Já era hora de ir e eu estava na frente da casa de yoongi. MANCANDO!

— Porra yoongi. Era só um boquete! - disse fazendo o outro agarrar minha cintura e beijar meus lábios. Chupando o inferior com vontade.

— Mais você não quis parar nenhum segundo! - disse fazendo eu bater em seu braço. E puxar o mesmo pra outro beijo.

Sim. Eu e yoongi transamos. Eu estava lá de boa chupando ele. E quando ele ia gozar na minha boca, me tirou de baixo dele e tirou minhas roupas. Fim!

Separei daquele ósculo quando o Uber buzinou no nosso ouvido.

— Tenho que ir amor! - disse me afastando. Mais antes esse apertou minha bunda. Me fazendo rir baixinho.

Segui para o carro e adentro lembrando do que aconteceu - com appa no telefone. Rindo baixo.


Ao chegar em casa

Tento andar direito. Abro a porta e vejo appa sem camisa na cozinha. Deixo os tênis no hall de entrada e sento-me no sofá.

— Onde estava? - disse vindo na minha direção furioso.

— Na casa do yoongi. - disse dando os ombros e dando um sorriso travesso de canto. Que não passou dispercebido pelo alfa lúpus na minha frente.

Este apenas bufou e voltou pra cozinha. sorri travesso - novamente. E segui para cozinha.

Provocar appa, modo on! - pensei rindo leve.

— Appa, me desculpe eu já te perdoei! - disse manhoso, abraçando a cintura deste que estava de costas pra mim. Vamos dizer que é uma "mania".

— Não tem como ficar chateado com você né! - disse bufando e eu me aconcheguei mais em suas costa desnuda. Fiquei na pontinha do pé e beijei sua nuca. Vendo os pelos dali se eriçarem.

— Obrigado appa! - disse ainda manhoso. Este virou para mim me abraçando.

Meus pés saíram do chão, então aproveitei e enlasei minhas pernas em volta de si.

— Vamos ver um filme? - convidou appa e eu apenas assento. — Oque quer ver meu amor? - disse me fazendo ficar pensativo.

— qualquer coisa! - disse rente aos seus ouvidos. Afinal, eu estava com a cabeça deitada em seus ombros.

Este foi até o sofá sentando comigo no colo e pegou o controle. Vi este tentar me tirar de seu colo e apenas remexi em cima de seu membro.

Pude sentir este dispertar e breve crescer uma ereção.

Continuei sentando ali enquanto passava qualquer merda na televisão. Sem mesmo querer, adormeço ali mesmo.


Só lembro de ter sido carregado para meu quarto e ser posto na cama. Ganhei um beijinho no topo da cabeça e um " boa noite ajinho".


Notas Finais


Paçoca pra todo mundo que sabia que era k.o isso do telefone vshsbusbdhdbdubd
Agora é sério, vocês estão gostando da fic? Porque assim, eu tou um pouco insegura com ela, eu sempre fui com esse negócio de fanfic, e sempre serei. Mais essa eu tenho um carinho especial, então comentem oque vocês estão achando. Eu PRECISO saber!
Muito obrigada pelos favoritos e comentários, eu amo cada um de vocês, mesmo sendo fantasminha ╥﹏╥
Até a proxima~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...