História Maybe one Day - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Personagens Originais
Exibições 157
Palavras 756
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Colegial, Crossover, Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gnt desculpa a demora. Notas finais eu explico. Esse cap ta meio parado sem nada de mais, agr o próximo vai esquentar.

Capítulo 43 - "Porra"


         "Porra"

[•••]

Acordei, toda suada e pegenta. Acho que foi porque eu quase tive uma foda muito loka com o Bieber e não tomei banho depois, fui logo durmi de tão cansada que eu tava.

Então levantei e fui direto pro banheiro, preciso muito de um banho, eu to com cheiro de sexo, ou melhor quase sexo.

[•••]

Tomei banho e um banho daqueles viu. Vesti uma blusa regata branca ( que era meio transparente na parte dos peitos ) calça preta colada e meu adidas hoje eu tô afim de usar o adidas todo branco, então coloquei ele.

Desci tomei café, esperei minha mãe ficar pronta pra poder sair, não tava afim de ir sozinha hoje.

[•••] [•••]

Cheguei na escola mais uma vez atrasada, se eu chegar denovo, vou ter que voltar pra casa, essa já é a segunda vez do mês, três eu tomo no cu. Tenho que esperar da 8:15 agora para eu poder entrar na sala.

Pelo menos uma coisa foi boa, Justin hoje não chegou atrasado também, porque da vez anterior ele também chegou e ficou no meu juízo, resumindo, enchendo meu saco.

O engraçado era que todo mundo tava olhando pra mim é fazendo cara de chocado, até minha mãe fez quando me viu hoje de manhã, só não entendo o porque. Aff bando de filhos da puta.

Quando eu entrei na sala aí sim foi que todo mundo olhou pra mim, com cara de chocados, nossa oque tem em mim de tão chocante? Só uma pessoa olhou com um sorrisinho cafajeste no rosto, adivinha quem? Se você pensou Justin, acertou. Parabéns.

Revirei os olhos, e passei o olho em volta do sala para ver se tinha algum lugar vazio, e tinha mas era bem de lado daquele filho da puta, gostoso, beija bem, tem pegada...... - Hã velho oque que eu to falando? Para Barbara. Para. - meu inconsciente tava falando comigo

Respirei fundo e caminhei até a cadeira ao lado dele pelo menos do outro lado tava Agatha, mas o lado que mais chama atenção e o dele. Aff

Quando o professor virou pra escrever no quadro ficando de costas pra sala, Justin encostou sua boca no meu ouvido e sussurrou.

- posse saber quem deu esse chupão aí? - hã do que ele tava falando?.... Há caralho ele deu um chupão no meu peito ontem, mas tipo como ele sabia que tinha ficado roxo pra caralho?...... Não. Não. Não. mentira. Mentira que dava pra ver pela minha blusa. Não podia ser vey.

- professor posso ir ao banheiro? - falei um pouco desesperada.

- pode - assim que ele respondeu eu sair correndo direto pro banheiro, assim que entrei e me encarei no espelho, choquei, porra vey tava pra ver tipo muito, logo hoje que eu não trouxe casaco, e o pior é que acho que ninguém trouxe também, hoje ta fazendo no calor. O jeito é perguntar tem gente que nem tira da bolsa mesmo. Borá la ne.

Sair do banheiro com os braços cruzados tentando esconder o máximo o chupão, e corri pra sala de aula.

Assim que eu entrei Justin olhou pra mim é riu, aff porque o sorriso dele tem que ser tão lindo?

Cheguei perto do professor pra perguntar.

- com licença professor, eu posso perguntar uma coisa pra sala toda aqui rapidinho? - perguntei

- pode, se for rápido mesmo. - acenti

- gente, alguém aí ta com casaco pra me emprestar? - falei um pouco com vergonha, eu vi todo mundo olhando e negando com a cabeça. Aff sério que eu vou ter que passar o dia todo com todo mundo me olhando?

- eu tenho - não para, mentira que logo quem trouxe foi ele? Para vey, Justin Bieber.

- valeu - tive que aceitar, era melhor do que passar o dia todo com todo mundo me olhando.

Fui até Justin e peguei o casaco da mão dele, ja me sentando na cadeira. Coloquei o casaco, sentindo o cheiro dele, já ta difícil de esquecer ontem à noite, imagine agora sentindo o cheiro dele o dia inteiro.

- cuidado pra não gamar no meu casaco. - ele disse bem no pé do meu ouvido. Me arrepiando toda.

- já gamei - respondi baixinho no ouvido dele também, percebendo que ele também ficou arrepiado. Gente quem não ia gamer naquele casaco, ele era cinza claro, com a folha do Canadá no peito do lado direito. Porra era muito lindo.

[•••] [•••]

Depois de passar o dia todo sentindo o cheiro daquele idiota em mim, assim que larguei corri pra casa. Não falei com ninguém.


Notas Finais


Gnt, meu cel tava no concerto pq o display quebrou, ent eu só peguei ele semana passada e tava sem cabeça pra escrever, mais eu prometo que amanhã eu posto dois caps, eu imagino que vcs tenham achado que eu desisti da fic mas não isso aqui é minha vida não vou desistir. Bjs era isso espero que tenham gostado.

COMENTEM
FAVORITEM
NÃO SEJAM LEITORAS FANTASMAS POR FAVOR

ME SIGAM LA NO INSTA: Laysa_valeria13


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...