História Mayor Seductor - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~Laissjiu

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Romance
Exibições 42
Palavras 458
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiii gente, olha eu aqui!
Meus amores, leiam, é importante!
Então, eu e a Pamzi, estamos em época de avaliação e tal, e digamos que nós temos uma certa dificuldade com coisas chamadas "português e matemática". Por isso estamos tentando o máximo dar o nosso melhor pros estudos, mas como eu estou devendo mais capítulos, eu vou postar mais esse. As minhas outras fanfics assim como as dela não precisam de tanto desenvolvimento na história e etc e tal. Por isso eu vou postar esse até dezembro. Sim, vamos ficar sem postar até o fim das provas. Lá pelo dia 10 de dezembro postaremos sem falta mais capítulos! Espero que entendam a nossa posição, mas como as férias estão chegando e eu não vou fazer absolutamente nada (eu acho).
Beijos de luz meus e da Pamzi Senmãe 💖💖💖💖

Capítulo 9 - Me desculpa, eu preciso de você!


Fanfic / Fanfiction Mayor Seductor - Capítulo 9 - Me desculpa, eu preciso de você!

Sra Tanako sai do quarto e eu só consigo pensar em uma coisa, mais precisamente uma pessoa.

Kim Taehyung.

Ele teve uma atitude, meio que, ousada na noite passada o que me fez ficar confusa em relação aos seus sentimentos. Será que ele queria só amizade? Ou amor? Ou apenas me levar pra cama e depois me descartar? 

Esses pensamentos estavam enchendo minha cabeça de uma forma que estava me dando dor de cabeça! Eu não conseguia mais permanecer naquele quarto então resolvi sair.

Verifico se tinha alguém em casa para não ter nenhum encontro desagradável e vou ao meu quarto para trocar de roupa, mas sou surpreendida por alguém segurando meu braço.

-Hui... Por favor. Me deixe falar com você. -Jin acabara de entrar no meu quarto, ele estava com uma cara inchada como se tivesse chorado a noite toda.

-Fala logo. -Disse seca. Não estava afim de ouvir suas desculpas esfarrapadas mas seria injusto da minha parte de não ouví-las.

-Me... Me desculpe. Eu realmente não devia ter feito aquilo ontem. Suas palavras mexeram comigo, nunca havia sentido isso por alguém. -As palavras fluiam de sua boca com sinceridade, porém minha mente não estava aceitando. 

-Como... Como assim? 

-Eu preciso de você Hui, por favor me desculpa! -Ele me abraça e eu não hesito em retribuir, suas lágrimas molhavam meu pescoço e eu o apertava mais ainda, numa tentativa frustrada de fazê-lo parar de chorar.

-Eu te desculpo sim... Mas a dor maior não foi a external mas sim a sentimental. Eu me machuquei muito depois de você ter feito aquilo. Perdoe-me mas não irei conseguir te desculpar assim, de uma hora pra outra, entende? Eu preciso de um tempo. Eu não consegui processar tudo isso ainda. -Ele se solta do abraço e me olha frustrado. -Não Jin, não entenda mal... Eu te perdoo mas não completamente. -Ele assente com a cabeça, ele ia sair do quarto mas antes parou pra dizer algo. 

-Espero que saiba Hui, que vou fazer de tudo pra você me perdoar! -Ele diz saindo do quarto e bate a porta. Será que ele ia cumprir isso, mas depois voltar a ser o grosso e egocêntrico de sempre?

Eu não queria, mas estava confiando em suas palavras. Não sabia se ele estava me engodando com mentiras vãs, ou se era sério mesmo. 

Bem, mas nesse momento eu só conseguia pensar na possibilidade de estarmos bem denovo. Acho que eu sou meio trouxa, não, não acho. Tenho certeza! Eu consigo amar um homem que me bateu como se eu fosse um animal selvagem sem sentimentos, mas eu ainda o amava. 

Espera, eu o amava? 

Meus sentimentos estavam completamente confusos, num turbulento furacão de emoções que eu não conseguia controlar.

Eu estava deveras confusa. Primeiro Jin, depois Taehyung. Eu gostava de quem, afinal? 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...